Luiz Otávio da Silva Santos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Luiz Otávio
Informações pessoais
Nome completo Luiz Otávio da Silva Santos
Data de nasc. 9 de outubro de 1992 (28 anos)
Local de nasc. Japeri (RJ), Brasil
Altura 1,94 m
destro
Informações profissionais
Período em atividade 2012–presente (8 anos)
Clube atual Chapecoense
Número 3
Posição zagueiro
Clubes de juventude
2009
2010
2011
2011–2012
Fluminense
Ferroviário
São Cristóvão
Bangu
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2012–2014
2013–2014
2015–2017
2017
2018–
2019
2020
Bangu
Bonsucesso (emp.)
Luverdense
Chapecoense (emp.)
Chapecoense
Botafogo-SP (emp.)
Mirassol (emp.)
003 00000(1)
0032 0000(1)
0070 0000(4)
0026 0000(3)
0039 0000(3)
0029 0000(1)
0010 0000(1)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 3 de novembro de 2020.

Luiz Otávio da Silva Santos, mais conhecido como Luiz Otávio (Japeri, 9 de outubro de 1992), é um futebolista brasileiro que atua como zagueiro. Atualmente joga pela Chapecoense.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Nasceu em uma infância pobre na cidade de Japeri, no Rio de Janeiro. Teve que trabalhar em um lixão para sobreviver a pobreza e o abandono, bem antes de começar a jogar futebol. Luiz Otávio começou a carreira nas categorias de base do Fluminense, mas foi dispensado após apenas três meses no clube. Em 2010, aos 17 anos, ingressou no Ferroviário, mas nunca jogou pelo clube.[1]

Bangu[editar | editar código-fonte]

Luiz Otávio posteriormente representou São Cristóvão e o Bangu nas bases, jogando inicialmente como atacante.[2] Em 22 de setembro de 2012, fez sua estreia no Bangu entrando como substituto e marcando o gol de empate para o Bangu em 1 a 1 da Copa Rio de 2012 fora de casa contra o Boavista.[3]

Bonsucesso[editar | editar código-fonte]

De volta à posição de zagueiro, foi posteriormente emprestado ao Bonsucesso em 26 de julho de 2013, conseguindo o vice-campeonato da Série B do Carioca de 2013.[4]

Luverdense[editar | editar código-fonte]

Em 12 de fevereiro de 2015, após deixar o Bangu por meio de uma disputa judicial, Luiz Otávio foi contratado pelo Luverdense.[5] Ele fez sua estreia pelo clube mato-grossense em 11 de julho do mesmo ano, entrando em um empate em 0 a 0 fora de casa contra o CRB.[6] Luiz Otávio marcou seu primeiro gol em 24 de outubro de 2015, marcando o primeiro gol de seu time em uma derrota por 3 a 2 contra o Bragantino.[7]

Chapecoense[editar | editar código-fonte]

Um titular indiscutível durante os seus anos no Luverdense, foi anunciado o seu empréstimo à Chapecoense em um contrato de de um ano em 5 de janeiro de 2017. Sendo assim, um dos reforços anunciados depois da tragédia do Voo LaMia 2933, no qual matou praticamente boa parte do time.[8] Em 4 de abril de 2017, Luiz Otávio marcou o seu primeiro gol pela Chapecoense na vitória pela primeira partida das finais da Recopa Sul-Americana de 2017, dando uma vantagem de 2 a 1 contra o Atlético Nacional.[9]

Foi protagonista de uma das maiores polêmicas da história da Chapecoense, no qual o clube foi punido na Libertadores de 2017 pela CONMEBOL pela escalação irregular de Luiz Otávio em 23 de maio de 2017. Toda confusão teve início minutos antes da partida em Buenos Aires, em 17 de maio de 2017, quando o delegado da partida informou que Luiz Otávio (O mesmo acabou marcando o gol da vitória por 2 a 1) não poderia atuar por sofrer suspensão de três jogos pela expulsão diante do Nacional. Ele cumpriu a primeira suspensão na final da Recopa, contra o Atlético Nacional. A Chapecoense alegou não ter sido informada oficialmente da punição e manteve a escalação na partida contra o Lanús, pela quinta rodada do Grupo 7 da Libertadores.[10]

Após ser monitorado por vários clubes do Brasil devido às suas boas atuações, foi anunciado em 31 de maio de 2017 que a Chapecoense comprou os direitos de Luiz Otávio, o clube catarinense adquiriu os 70% dos direitos do atleta e o Luverdense ficou com os outros 30%.[11]

Botafogo-SP[editar | editar código-fonte]

Em 8 de abril de 2019, foi anunciado o seu empréstimo ao Botafogo-SP, com um contrato até dezembro.[12] Entrou em uma partida contra o São Bento, em 9 de maio, no qual o Botafogo-SP ganhou por 1 a 0 fora de casa.[13] Marcou seu primeiro e único gol pelo clube em uma vitória contra o Oeste por 3 a 2, em 2 de agosto.[14]

Mirassol[editar | editar código-fonte]

Em 12 de janeiro de 2020, o Mirassol confirmou de forma oficial o empréstimo de Luiz Otávio, com um contrato até o fim do Paulistão de 2020.[15] Fez sua estreia pelo Leão em 23 de janeiro, contra a Ferroviária aonde empatou por 1 a 1.[16] Fez seu primeiro gol pelo clube no dia 30 de janeiro, marcando um gol em um empate contra o Guarani por 1 a 1.[17]

Retorno à Chapecoense[editar | editar código-fonte]

Apesar do estadual ter sido paralisado em plena pandemia do novo coronavírus, o contrato de empréstimo ao Mirassol expirou e retornou à Chapecoense em 8 de maio de 2020.[18] O seu retorno teve atuação segura e ainda marcou um gol e deu assistência, na vitória da Chapecoense por 2 a 0 contra o Avaí, em 8 de julho, pela primeira partida das quartas de final do Catarinense de 2020.[19]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Até 3 de novembro de 2020.

Clube Temporada Campeonato
nacional
Copa
nacional[a]
Competições
continentais[b]
Outros
torneios[c]
Total
Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols
Bangu 2012 3 1 3 1
Total 3 1 3 1
Bonsucesso 2013 20 0 20 0
2014 12 1 12 1
Total 32 1 32 1
Luverdense 2015 25 1 0 0 8 0 33 1
2016 20 1 17 2 37 3
Total 45 2 0 0 25 2 70 4
Chapecoense 2017 12 1 1 1 4 1 9 2 26 5
2018 4 0 0 0 0 0 1 0 5 0
2019 0 0 1 0 0 0 8 0 9 0
Total 16 1 2 1 4 1 18 2 40 5
Botafogo-SP 2019 29 1 29 1
Total 29 1 29 1
Mirassol 2020 10 1 10 1
Total 10 1 10 1
Chapecoense 2020 19 1 6 2 25 3
Total 19 1 6 2 25 3
Total 109 4 2 1 4 1 96 11 209 17

Títulos[editar | editar código-fonte]

Bonsucesso
Luverdense
Chapecoense

Referências

  1. «Herói da Chape trabalhou em lixão e comeu pão mofado antes de brilhar no futebol». ESPN Brasil. 6 de abril de 2017. Consultado em 3 de novembro de 2020 
  2. «"Relembrei meus dias de atacante", revela Luiz Otávio». FutRio. 25 de julho de 2013. Consultado em 3 de novembro de 2020 
  3. «Em jogo tenso, Boavista e Bangu empatam no Luso Brasileiro». FutRio. 22 de setembro de 2012. Consultado em 3 de novembro de 2020 
  4. «Bonsucesso próximo de acerto com Vinícius e Luiz Otávio». FutRio. 26 de julho de 2013. Consultado em 3 de novembro de 2020 
  5. «Luverdense anuncia reforço na zaga para esta temporada». ESPN Brasil. 12 de fevereiro de 2012. Consultado em 3 de novembro de 2020 
  6. «Em jogo fraco, CRB e Luverdense empatam sem gols pela Série B do Brasileiro». O Estado de S. Paulo. 11 de julho de 2015. Consultado em 3 de novembro de 2020 
  7. «Bragantino acaba com embalo do Luverdense e mantém caça ao G-4». Globo Esporte. 24 de outubro de 2015. Consultado em 3 de novembro de 2020 
  8. «Não para de chegar reforço! Osman e Luiz Otávio são novidades na Chape». Globo Esporte. 5 de janeiro de 2017. Consultado em 3 de novembro de 2020 
  9. «Autor do gol da vitória histórica da Chape sobre o Atlético Nacional, zagueiro celebra: 'Não tem preço'». Lance!. 5 de abril de 2017. Consultado em 3 de novembro de 2020 
  10. «Por escalação irregular, Chape é punida pela Conmebol e está fora da Libertadores». Globo Esporte. 23 de maio de 2017. Consultado em 3 de novembro de 2020 
  11. «Com interesse do São Paulo, Luiz Otávio é comprado pela Chapecoense». ESPN Brasil. 31 de maio de 2017. Consultado em 3 de novembro de 2020 
  12. «Chapecoense acerta empréstimo de Luiz Otávio ao Botafogo-SP». Futebol Interior. 8 de abril de 2019. Consultado em 3 de novembro de 2020 
  13. «"Lei do ex" entra em ação, Botafogo-SP vence o São Bento e segue na liderança da Série B». Globo Esporte. 9 de maio de 2019. Consultado em 3 de novembro de 2020 
  14. «Em jogo de duas viradas, Botafogo-SP vence Oeste por 3 a 2 na Série B». Globo Esporte. 2 de agosto de 2019. Consultado em 3 de novembro de 2020 
  15. «Ex-Chapecoense, zagueiro é apresentado no Mirassol para 2020». Lance!. 12 de janeiro de 2020. Consultado em 3 de novembro de 2020 
  16. «Sob chuva, Ferroviária e Mirassol protagonizam o primeiro empate do Paulistão». Globo Esporte. 23 de janeiro de 2020. Consultado em 3 de novembro de 2020 
  17. «Mirassol marca no fim e arranca empate com o Guarani pelo Paulistão». Globo Esporte. 30 de janeiro de 2020. Consultado em 3 de novembro de 2020 
  18. «Luiz Otávio e Busanello voltam de empréstimo e participam dos treinos individuais da Chape». DiChapecó. 8 de maio de 2020. Consultado em 3 de novembro de 2020 
  19. «Zagueiro comemora reestreia com gol pela Chapecoense em clássico». Terra. 9 de julho de 2020. Consultado em 3 de novembro de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço relacionado ao projeto desporto. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.