Mário Travassos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Mário Travassos ComTE (Rio de Janeiro, 189120 de julho de 1973) foi um militar brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Participou da Força Expedicionária Brasileira na Segunda Guerra Mundial, construiu e foi o primeiro comandante da Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN). Também participou da comissão que demarcou Brasília.

Foi autor de Projeção Continental do Brasil, um dos primeiros estudos sobre geopolítica feitos no Brasil.

Foi o primeiro presidente da Sociedade Pró-Livro-Espírita em Braille (SPLEB).

A 5 de setembro de 1945 foi feito Comendador da Ordem Militar da Torre e Espada, do Valor, Lealdade e Mérito de Portugal, sendo então Coronel.[1]

Referências

  1. «Cidadãos Estrangeiros Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "Mário Travassos". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 16 de abril de 2015 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Precedido por
-
AMAM.JPG
Comandante da AMAN

1944 — 1945
Sucedido por
Aristóteles de Sousa Dantas