TV Interativa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura o conceito, veja Televisão interativa.
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde setembro de 2016). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
TV Interativa
Sociedade Campograndense de Televisão Ltda.
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Brasil
Tipo Empresa privada
Canais
13 VHF analógico
21 UHF e 13.1 Virtual digital
Outros canais 19 (NET)
28 (Blue TV)
ver mais
Sede Bandeira de Campo Grande - MS.png Campo Grande, MS
Avenida Eduardo Elias Zahran, 2644 - Jardim São Lourenço
MAPA
Slogan A TV que interage com você
Rede Rede Bandeirantes
Fundador José Elias Moreira
Jovir Perondi
Pertence a Fundação Internacional de Comunicação
Proprietário R. R. Soares
Antigo proprietário José Elias Moreira (1989-1995)
Jovir Perondi (1989-1996)
José Barbosa Rodrigues (1996-2002)
Administração Maurício Picarelli
Presidente R. R. Soares
Fundação 13 de outubro de 1989 (26 anos)
CNPJ 15.929.060/0001-60
Prefixo ZYP 200
Nome(s) anteriore(s) TV Guanandi (1989-2016)
Cobertura Estado do Mato Grosso do Sul
Coord. do transmissor 20° 28' 36.3" S 54° 35' 25.4" O
Potência 10 kW
Página oficial tvims.com.br

TV Interativa (também chamada de TVi) é uma emissora de televisão brasileira sediada em Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul. Opera nos canais 13 VHF e 21 UHF digital, e é afiliada à Rede Bandeirantes. Foi fundada como TV Guanandi em 1989, e em 2016 ganhou sua nomenclatura atual. Pertence a Fundação Internacional de Comunicação, grupo de comunicação da Igreja Internacional da Graça de Deus, do missionário R. R. Soares.

História[editar | editar código-fonte]

TV Guanandi (1989-2016)[editar | editar código-fonte]

Logotipo da TV Guanandi, usado até setembro de 2016

A emissora foi fundada como TV Guanandi em 13 de outubro de 1989 pelo político José Elias Moreira, proprietário da TV Caiuás de Dourados, e pelo empresário Jovir Perondi, proprietário do Grupo Matosul. O nome da emissora era uma referência ao Guanandi, árvore nativa da região. Inicialmente, a emissora não possuía programas locais, e retransmitia apenas o sinal da Rede Bandeirantes. Sua primeira produção local foi o telejornal Guanandi Notícias, apresentado por Mário Bernobic, que foi ao ar a partir do dia 23 de janeiro de 1990.[1]

Em 1995, enfrentando dificuldades financeiras, José Elias Moreira vende sua parte na emissora e também a TV Caiuás para o Grupo Matosul, que passa a ter 100% do controle acionário da emissora. No ano seguinte, as duas emissoras foram novamente vendidas, desta vez para o Correio do Estado, também proprietário da TV Campo Grande.[1]

Nesta época, a TV Guanandi ampliou sua programação local, porém, a falta de recursos publicitários fez a direção da emissora reduzir drasticamente o número de programas e de funcionários no início dos anos 2000. Em 2002, o Grupo Correio do Estado negociou a sua venda com o líder da Igreja Internacional da Graça de Deus, R. R. Soares, que adquiriu também a TV Dourados.[1] A emissora passou então a fazer parte da Fundação Internacional de Comunicação, órgão vinculado a IIGD, mas ao contrário da emissora de Dourados, que passou a ser geradora da Rede Internacional de Televisão, a TV Guanandi continuou afiliada à Band.

TV Interativa (2016-presente)[editar | editar código-fonte]

Em julho de 2016, o deputado Maurício Picarelli assumiu a gerência da TV Guanandi, enquanto seu filho assumiu a direção geral.[2] A partir disso, o canal passou por diversas reformulações e corte de programas locais.[3] Em agosto, o canal passou a fazer expectativa para sua nova grade de programação e seu novo nome, e em 5 de setembro, a emissora passou a se chamar TV Interativa.[4]

Sinal digital[editar | editar código-fonte]

Canal virtual Canal digital Proporção de tela Programação
13.1 21 UHF 480i Widescreen Programação principal da TV Interativa / Band

A emissora iniciou suas transmissões digitais em 24 de abril de 2015, através do canal 21 UHF. Sua programação local e a da Rede Bandeirantes ainda não é transmitida em alta definição.

Retransmissoras[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c Soares, Marcelo (2006). «História do Telejornalismo em Mato Groso do Sul». UFRGS. Consultado em 05-09-2016. 
  2. Rosa, Reinaldo (29-07-2016). «Poderes agem se provocados por emissoras de MS». Campo Grande News. Consultado em 02-09-2016. 
  3. Rosa, Reinaldo (01-08-2016). «Globo esconderá realidade carioca durante a Rio-16». Campo Grande News. Consultado em 02-09-2016. 
  4. «Página da TV Interativa». TV Interativa. Arquivado desde o original em 2 de setembro de 2016. Consultado em 2 de setembro de 2016. 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Televisão no Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.