This Is America

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"This Is America"
Single de Childish Gambino
Lançamento 5 de maio de 2018 (2018-05-05)
Formato(s) Download digital
Gênero(s)
Duração 3:45
Gravadora(s) RCA
Composição
Produção
  • Glover
  • Göransson
Cronologia de singles de Childish Gambino
"Terrified"
(2017)

"This Is America" é uma canção do rapper americano Childish Gambino. Escrita e produzida por Glover e Ludwig Göransson, seu lançamento ocorreu em 5 de maio de 2018 no Saturday Night Live. A canção contém vocais de apoio dos rappers Young Thug, Slim Jxmmi, BlocBoy JB, 21 Savage e Quavo.[3][4] O videoclipe foi dirigido pelo cineasta Hiro Murai.[5][6][7] De acordo com a RCA Records, a canção não é o single principal do próximo álbum de estúdio do artista.[8][9]

Composição[editar | editar código-fonte]

A canção contém um coro gospel e contribuições de vocal de apoio de vários artistas. Young Thug, Slim Jxmmi, BlocBoy JB, 21 Savage e Quavo criam ad libitum durante a canção;[6][10] Young Thug retorna para concluir a canção.[4] A letra da faixa retrata a violência policial de negros nos Estados Unidos e a violência com armas de fogo no país.[11]

Recepção crítica[editar | editar código-fonte]

No vídeo, Gambino assume um papel similar ao personagem Jim Crow.

De modo geral, a canção teve ampla recepção da crítica musical. Stephen Kearse, da revista Pitchfork, classificou a canção como "Best New Track" e salientou: "a canção "This Is America" é um reinício. Na obra, utiliza a recepção ambivalente da arte negra para representar a problemática de ser negro na América. Construída com base no contraste melódico e no sincretismo cadente, a música mostra Childish Gambino de modo confiante e cortante. Os vocais de fundo embelezam ambos os ambientes da canção, evocando gritos em êxtase e murmurações angelicais, apoiados por 21 Savage, Young Thug, Quavo, Slim Jxmmi e BlocBoy JB. [...] O vídeo de "This Is America", dirigido pelo colaborador frequente de Glover, Hiro Murai, transforma a tensão contextual em sátira. Despido e alegre, Glover atravessa um depósito dançando e atirando nas pessoas; transição esta que é escondida atrás de um sorriso. A ambivalência presente na música e no videoclipe delineiam a situação negra nos Estados Unidos."[12]

Israel Daramola, da revista Spin, afirma que "[This Is America] serve para lembrar o quanto a morte de pessoas negras — seja pela captura em câmeras ou em vídeos de celulares — torna-se viral em nossa cultura a ponto de cercear a sensibilidade popular. Nem o videoclipe nem a canção estão cientes do escopo. Em primazia, a canção lida com o choque e com a violência para distraí-lo, capitalizando a crescente dormência cultural em ver pessoas negras sendo assassinadas. Glover, portanto, retrata a violência negra de forma detalhada e explícita – em um momento, faz alusão ao massacre da igreja de Charleston em 2015 – enquanto fala sobre o rap e a ostentação relacionada.[13] A justaposição reflete o seu argumento contra o tratamento de morte de negros como insensível e inconsequente, fazendo, desse modo, uma descrição insensível e inconsequente."[14]

Indran P., da revista alemã Juice, afirma que "[This Is America] não é uma canção calma. [...] Os sons são ameaçadores, mas bem arrojados. Neste momento em que não há apenas insensibilidade pela violência, há a busca ativa pelo entretenimento que consumimos. Não é necessário acompanhar o videoclipe para tanger a raiva de Gambino sobre hierarquias, ideologias e instituições responsáveis pelo molde do contexto trabalhado para as massas. O hip hop existia como uma expressão transcendente da cultura afro-americana, mas tornou-se popular. A cada momento em que as armas são mostradas, a batida muda. A redenção do cenário é mais sombria do que o normal: os improvisos dos rappers simbolizam a modorrenta vida de moradores de rua, tidos corriqueiramente como não importantes quanto o resto."[15]

Videoclipe[editar | editar código-fonte]

Dirigido por Hiro Murai, o videoclipe foi lançado durante a performance da canção no Saturday Night Live.[16][17] Lançado no YouTube, o vídeo conta com Gambino dançando em um galpão e interagido em cenários caóticos no fundo do estúdio.[18] Coreografado pro Sherrie Silver, Gambino e a sua equipe de jovens dançarinos performam diversos passos virais, incluindo a dança sul-africana Gwara Gwara, popularizada por BlcBoy JB.[10][19] Em um certo momento do clipe, Gambino atira na cabeça de um homem negro com uma pistola, enquanto performa comicamente. Em outro momento, utiliza uma arma automática para atirar no coro da igreja.[20] A cantora americana SZA faz uma aparição rápida no final do vídeo.[21]

Após 24 horas do lançamento, o vídeo recebeu 12,9 milhões de visualizações,[22] e, até 13 de julho, continha mais de 300 milhões de visualizações.[23] O primeiro personagem do videoclipe, um guitarrista que acompanha Gambino durante a cena, foi o músico Calvin the Second. Inicialmente, acreditou-se erroneamente que se tratava do pai do jovem assassinado Trayvon Martin.[24]

Créditos[editar | editar código-fonte]

As informações de créditos foram adaptadas do Tidal.[25]

  • Donald Glover – vocais principais, composição e produção
  • Ludwig Göransson – composição e produção
  • Young Thug – vocais de apoio
  • Slim Jxmmi – vocais de apoio
  • Quavo – vocais de apoio
  • 21 Savage – vocais de apoio
  • BlocBoy JB – vocais de apoio
  • Riley Mackin – engenharia de gravação
  • Alex Tumay – engenharia de gravação
  • Derek "MixedbyAli" Ali – engenharia de mixagem
  • Mike Bozzi – engenharia de masterização

Desempenho nas tabelas musicais[editar | editar código-fonte]

Histórico de lançamento[editar | editar código-fonte]

Região Data Formato Gravadora Ref.
Mundo 5 de maio de 2018 Download digital
  • mcDJ
  • RCA
  • Wolf + Rothstein
[55][56]
 Estados Unidos 15 de maio de 2018 Rhythmic contemporary radio [57]

Referências

  1. Cornish, Audie (7 de maio de 2018). «Donald Glover's 'This Is America' Holds Ugly Truths To Be Self-Evident». NPR. Consultado em 2 de fevereiro de 2019 
  2. Jenkins, Craig (17 de maio de 2018). «The Internet Has Already Devoured 'This Is America'». Vulture. Consultado em 2 de fevereiro de 2019. The same night he dropped off the video for "This Is America," a combination trap and afrobeat banger with a beguiling message about race and gun violence. 
  3. Arcand, Rob (6 de maio de 2018). «Childish Gambino Debuts Politically-Charged New Song "This is America" on SNL: Watch». Spin. Consultado em 7 de maio de 2018 
  4. a b Guan, Frank (7 de maio de 2018). «What It Means When Childish Gambino Says 'This Is America'». Vulture (em inglês). Consultado em 7 de maio de 2018 
  5. Mitchell, Peters (6 de maio de 2018). «Childish Gambino 'This Is America' Reactions: The Good, The Bad & The Kanye Bashing». Billboard. Consultado em 7 de maio de 2018 
  6. a b Kornhaber, Spencer (7 de maio de 2018). «Donald Glover Is Watching You Watch Him». The Atlantic (em inglês). Consultado em 7 de maio de 2018 
  7. Lefevre, Jules (7 de maio de 2018). «Hello, Childish Gambino Just Dropped The Music Video Of The Year». Junkee (em inglês). Consultado em 7 de maio de 2018 
  8. «Childish Gambino Releases New Song And Video "This Is America" - RCA Records». RCA Records. 6 de maio de 2018. Consultado em 7 de maio de 2018 
  9. Russell, Scott (6 de maio de 2018). «Childish Gambino Makes His Triumphant Return with "This Is America," "Saturday"». Paste Magazine. Consultado em 7 de maio de 2018 
  10. a b Espinoza, Joshua (6 de maio de 2018). «Here Are the Rappers Who Contributed to Childish Gambino's "This Is America"». Complex (em inglês). Consultado em 8 de maio de 2018 
  11. Tesema, Martha (6 de maio de 2018). «Donald Glover tackles gun violence in powerful video for 'This Is America,' his new single». Mashable. Consultado em 7 de maio de 2018 
  12. Stephen Kearse (7 de maio de 2018). «Review: "This Is America" by Childish Gambino». Pitchfork. Consultado em 8 de maio de 2018 
  13. Rao, Sonia (7 de maio de 2018). «'This Is America': Breaking down Childish Gambino's powerful new music video». The Washington Post. Consultado em 23 de maio de 2018 
  14. Israel Daramola (8 de maio de 2018). «The Cynism of Childish Gambino's "This Is America"». Spin. Consultado em 8 de maio de 2018 
  15. Indran P. (7 de maio de 2018). «Review: Childish Gambino's "This Is America" is a revolution». Juice. Consultado em 8 de maio de 2018 
  16. Skelton, Eric (6 de maio de 2018). «Childish Gambino Returns With Video For New Song "This Is America"». PigeonsandPlanes. Complex Media. Consultado em 7 de maio de 2018 
  17. Félix, Doreen St (8 de maio de 2018). «The Carnage and Chaos of Childish Gambino's "This Is America"». The New Yorker (em inglês). ISSN 0028-792X. Consultado em 8 de maio de 2018 
  18. «Childish Gambino releases surprise track». BBC News. 6 de maio de 2018. Consultado em 7 de maio de 2018 
  19. Thompson, Desire (7 de maio de 2018). «Childish Gambino 'This Is America' Video: 9 Cultural References Explained». Vibe. Consultado em 8 de maio de 2018 
  20. Rao, Sonia (7 de maio de 2018). «'This Is America': Breaking down Childish Gambino's powerful new music video». The Washington Post 
  21. France, Lisa Respers (7 de maio de 2018). «'This Is America': The Childish Gambino video explained». CNN. Consultado em 8 de maio de 2018 
  22. Penrose, Nerisha (9 de maio de 2018). «Childish Gambino's Record-Breaking 'This Is America' Video Hits 50 Million Views in Mere Days». Billboard. Consultado em 10 de maio de 2018 
  23. Glover, Donald (5 de maio de 2018). «Childish Gambino - This Is America (Official Video)». YouTube. Consultado em 10 de maio de 2018 
  24. France, Lisa Respers (8 de maio de 2018). «That's not Trayvon Martin's dad in 'This Is America'». CNN. Consultado em 9 de maio de 2018 
  25. «This Is America / Childish Gambino». Tidal. Consultado em 7 de maio de 2018 
  26. «Childish Gambino - This Is America» (em alemão). Charts.de. Media Control. Consultado em 18 de maio de 2018.
  27. «ARIA Australian Top 50 Singles». Australian Recording Industry Association. 21 de maio de 2018. Consultado em 23 de maio de 2018 
  28. «Childish Gambino – This Is America Austriancharts.at» (em alemão). Ö3 Austria Top 40. Hung Medien. Consultado em 23 de maio de 2018.
  29. «Ultratop.be – Childish Gambino – This Is America» (em neerlandês). Ultratop 50. Ultratop & Hung Medien / hitparade.ch. Consultado em 18 de maio de 2018.
  30. «Ultratop.be – Childish Gambino – This Is America» (em francês). Ultratip. ULTRATOP & Hung Medien / hitparade.ch. Consultado em 18 de maio de 2018.
  31. «Childish Gambino Album & Song Chart History» (em inglês). Canadian Hot 100 para Childish Gambino. Consultado em 15 de maio de 2018.
  32. «ČNS IFPI» (em tcheco). Hitparáda – Digital Top 100 Oficiální. IFPI República Checa. Nota: inserir 201820 na pesquisa. Consultado em 21 de maio de 2018.
  33. «Track Top-40 Uge 20, 2018». Hitlisten. Consultado em 23 de maio de 2018 
  34. «Top 100 Canciones – Semana 20: del 11.05.2018 al 17.05.2018» (PDF) (em espanhol). Productores de Música de España. Consultado em 23 de maio de 2018 
  35. «Childish Gambino Album & Song Chart History» (em inglês). Billboard Hot 100 para Childish Gambino. Consultado em 15 de maio de 2018.
  36. «Childish Gambino Album & Song Chart History» (em inglês). Billboard R&B/Hip-Hop Songs para Childish Gambino. Consultado em 15 de maio de 2018.
  37. «Childish Gambino Album & Song Chart History» (em inglês). Billboard Rhythmic Songs para Childish Gambino. Consultado em 22 de maio de 2018.
  38. «Lescharts.com – Childish Gambino – This Is America» (em francês). Les classement single. Hung Medien. Consultado em 19 de maio de 2018.
  39. «Archívum – Slágerlisták – MAHASZ» (em húngaro). Stream Top 40 slágerlista. Magyar Hanglemezkiadók Szövetsége. Consultado em 20 de maio de 2018.
  40. «IRMA – Irish Charts». Irish Recorded Music Association. Consultado em 19 de maio de 2018 
  41. «Japanses Top Music». Billboard. Consultado em 19 de maio de 2018 
  42. «Top Singoli – Classifica settimanale WK 20» (em italiano). Federazione Industria Musicale Italiana. Consultado em 19 de maio de 2018 
  43. «Nederlandse Top 40 – week 20, 2018» (em neerlandês). Dutch Top 40 Stichting Nederlandse Top 40. Consultado em 19 de maio de 2018.
  44. «Dutchcharts.nl – Childish Gambino – This Is America» (em neerlandês). Mega Single Top 100. Hung Medien / hitparade.ch. Consultado em 18 de maio de 2018.
  45. «NZ Top 40 Singles Chart». Recorded Music NZ. 21 de maio de 2018. Consultado em 23 de maio de 2018 
  46. «VG-lista – Topp 20 Single uke 20, 2018». VG-lista. Consultado em 19 de maio de 2018 
  47. «Archive Chart» (em inglês). Scottish Singles Top 40. Consultado em 12 de maio de 2018.
  48. «SNS IFPI» (em eslovaco). Hitparáda – Singles Digital Top 100 Oficiálna. IFPI República Checa. Nota: inserir 201820 na pesquisa. Consultado em 21 de maio de 2018.
  49. «Sverigetopplistan – Sveriges Officiella Topplista». Sverigetopplistan. Consultado em 18 de maio de 2018 
  50. «Childish Gambino – This Is America swisscharts.com» (em inglês). Swiss Singles Chart. Hung Medien. Consultado em 21 de maio de 2018.
  51. «Top 40 Official UK Singles Archive» (em inglês). UK Singles Chart. Consultado em 19 de maio de 2018.
  52. «ARIA Australian Top 50 Singles». Australian Recording Industry Association. Consultado em 30 de junho de 2018 
  53. «Childish Gambino's 'This Is America' Has Already Been Certified Platinum». Forbes. Consultado em 30 de junho de 2018 
  54. «New Zealand single certifications – Childish Gambino – This Is America». Recorded Music NZ. Consultado em 30 de junho de 2018 
  55. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome RCA
  56. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome Paste
  57. «Top 40/Rhythmic». All Access Music Group