Wiccano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wiccano
8f428c980ee5c1530fdcf1c0e00f1.com
Dados da publicação
Publicado por Marvel Comics
Primeira aparição Young Avengers #1 (Abril, 2005)
Criado por Allan Heinberg
Jim Cheung
Características do personagem
Alter ego William "Billy" Kaplan
Espécie Humano Mutante
Afiliações Jovens Vingadores
Vingadores Secretos
Codinomes conhecidos Asgardiano

Wiccano

Habilidades
  • Feiticeiro
  • Teletransporte
  • Encantamentos
  • Conjuração De Raios
  • Voo e Levitação
  • Telecinese
  • Magia
  • Magia do Caos
  • Asgardiano
Projecto Banda desenhada  · Portal da Banda desenhada
198.png.jpg

Wiccano (William "Billy" Kaplan) é um personagem fictício do Universo Marvel.  Ele é um mutante, e sua aparência é modelada a partir de dois super-heróis da Marvel proeminentes, Thor (como Asgardiano) e da Feiticeira Escarlate (como Wiccano)  ambos os quais são membros dos Vingadores.

História[editar | editar código-fonte]

Billy foi um dos três primeiros a serem recrutados pelo Rapaz de Ferro para compor a equipe de Jovens Vingadores. Quando entrou para a equipe, adotou o nome de Asgardiano.

Ele entrou para a equipe e foi o primeiro a descobrir que o Patriota não tinha poderes de super soldado. Ele sempre conjurou feitiços que aprendeu a fazer sem saber como. Ele também se espelhava muito em sua heroína favorita: a Feiticeira Escarlate

Origem[editar | editar código-fonte]

Billy Kaplan é o filho mais velho do casal Jeff e Rebecca Kaplan. Porém, sua alma tem origem anterior. Antes mesmo dele nascer, a Feiticeira Escarlate e o Visão tiveram dois filhos, Thomas e William.

Entretanto, as crianças eram apenas fruto da imaginação da Feiticeira e que haviam ganhado vida ao serem incorporadas por fragmentos da alma de Mefisto. Quando o demônio "engoliu" de volta esses pedaços, as crianças deixaram de viver e a Feiticeira ficou desolada. Entretanto, as duas almas reencarnaram nos corpos de Billy Kaplan e Thomas Sheperd.

Billy sempre sofreu na escola devido a sua sexualidade e ao seu gosto por super-heróis. Uma vez, envergonhado, ele acabou se encontrando com a própria Feiticeira Escarlate, ainda sem saber que esta era sua "mãe". Ela lhe encorajou a demonstrar a pessoa que era por dentro e enfrentar seus medos.

E foi isso que Billy fez. Ao confrontar um dos valentões de sua escola, Billy acabou manifestando seus poderes elétricos, quase matando o rapaz. Ele continuou usando seus poderes, desesperado por ajuda. Ao correr atrás dos Vingadores, ele descobriu que a equipe havia debandado (A Queda). Entretanto, ele logo seria chamado pelo Rapaz de Ferro. Juntos, ele, Hulkling, Patriota e o já mencionado Rapaz de Ferro iriam constituir a base dos Jovens Vingadores.[1]

Família[editar | editar código-fonte]

Na batalha contra o Super-Skrull, Billy descobriu que ele e Célere são irmãos e que seus pais são, na verdade, a Feiticeira Escarlate e o Visão[2] . Ele foram criados a partir dos poderes de Wanda e de fragmentos de Mephisto.

Guerra civil[editar | editar código-fonte]

Na Guerra Civil, Billy foi capturado e preso pela SHIELD junto com seus amigos. Ele recebeu a ajuda do Capitão América e do Falcão e assim conseguiram fugir para o QG da resistência[3] .

Ao longo de toda a Guerra Civil, Billy e a equipe mantiveram-se do lado da resistência, tentando convencer os Fugitivos a se juntarem também, após quase perderem membros de ambas as equipas. Estes, no entanto, escolheram permanecer neutros, preferindo continuar a fugir e adiar o momento em que terão de crescer e tomar uma posição, o que segundo Nico os fará eventualmente perder a noção do Bem e do Mal.[4]

Ele ficou temeroso com o que podia acontecer a ele ou as pessoas ao seu redor após ver o clone do Thor matar o herói Golias pela sua resistência para não se registrar[5] . Logo depois Billy e os outros foram presos[6] .

A princípio acreditava-se que Wicanno, assim como Hulkling e o resto da equipe, haviam se registrado na iniciativa [7] . Veio-se no entanto a descobrir que os responsáveis por isso foram as suas versões alternativas na Terra-721 (Terra-A). Os verdadeiros Jovens Vingadores permanecem não-registrados [8]

Relacionamentos[editar | editar código-fonte]

Homossexual, Billy tem um relacionamento com Hulkling, seu colega de equipe. Estão atualmente noivos.

Sobre Wiccano[editar | editar código-fonte]

Personalidade[editar | editar código-fonte]

Billy talvez seja um dos mais sensatos e serenos heróis dos Jovens Vingadores. Mesmo nunca assumindo inteiramente a posição de líder, é ele quem bota a cara a tapa para salvar seus amigos e seu namorado quando necessário.

Mesmo assim, Billy perde um pouco da noção quando o assunto chega a ser muito pessoal para ele. Isso inclui invadir sozinho o castelo do Dr. Destino apenas para descobrir do paradeiro de sua "mãe", a Feiticeira Escarlate.

Poderes[editar | editar código-fonte]

Originalmente, os poderes de Billy eram baseados exclusivamente na geração e manipulação de eletricidade. Com o tempo, ele percebeu que isso fazia parte de um dom quase místico, e com isso, aprendeu a manipular as bases da magia.

Ou seja, Billy pode controlar o básico, invocando elementos da natureza, realizando teletransporte, voando, erguendo escudos e construtos sólidos, se curando e prevendo o futuro. Além disso, assim como Wanda, ele possui a habilidade de manipulação da realidade, o que significa que ele pode distorcer tudo que existe apenas com um pensamento.

Fraquezas[editar | editar código-fonte]

Apesar de ter um potencial gigantesco não explorado, Billy é limitado por um detalhe: ele ainda não aprendeu como se focar inteiramente em seus feitiços e invocações.

Isso significa que, para se focar, Billy tem de repetir suas conjurações (Por exemplo, se ele quer fogo, tem que repetir constantemente "fogofogofogo" ou "queimaqueimaqueima"). Isso o ajuda a se concentrar, mas ao mesmo tempo, dá aos inimigos a chance de descobrir o que irá acontecer e contra-atacar com vantagem.

Trajes[editar | editar código-fonte]

Em sua carreira, Billy possuiu dois trajes bem característicos. O primeiro, utilizado durante o primeiro volume da série e o arco Cruzada das Crianças, trata-se de um collant preto e dourado, com um cinto, uma bandana na cabeça e uma capa rasgada. Nessa época, ele usava o cajado e passou um tempo se chamando Asgardiano (só mudou para Wiccano pois, ao assumir seu relacionamento com Hulkling, Kate sugeriu que seu nome poderia ser motivo de chacotas - no original, Asgardian pode acabar soando como Ass Guardian)


Já no segundo volume, Billy adotou um traje quase divino. Ainda collant, sua roupa cinza traz, nas laterais e nos braços, detalhes azuis/pretos onde se pode ver o universo. Além disso, a capa vermelha continua, porém agora com um capuz e sem rasgos.

Referências

  1. «Arquivos Legionários: Guia Básico do Wiccano». Legião dos Heróis. Consultado em 2016-05-18. 
  2. Young Avengers #11
  3. Civil War #2
  4. Civil War: Young Avengers/Runaways
  5. Civil War #3
  6. Civil War #6
  7. Avengers: The Initiative #1
  8. She-Hulk vol. 3 #21
Jovens avangersf f.jpg