Economia do Laos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Economia do Laos
Mercado de rua em Luang Prabang.
Moeda Kip
Ano fiscal 1 de outubro - 30 de setembro
Blocos comerciais ASEAN, OMC
Estatísticas
PIB $19,16 mil milhões (2012)[1] (133º lugar)
Variação do PIB 8,3% (2012)
PIB per capita $3.000
Inflação (IPC) 7.6% (2011 est.)
População
abaixo da linha de pobreza
26% (2010 est.)
Coeficiente de Gini 36,7 (2008)
Força de trabalho total 3,69 milhões (2010 est.)
Força de trabalho
por ocupação
agricultura (75.1%), indústria + serviços (24,9%) (2010)
Desemprego 2.5% (2009 est.)
Principais indústrias mineração (cobre, estanho, ouro, gesso); madeira, eletricidade, processamento agrícola, construção civil, roupas, cimento, turismo
Exterior
Exportações 2 280 milhões (2012)
Produtos exportados produtos de madeira, café, eletricidade, estanho, cobre, ouro
Principais parceiros de exportação Tailândia 33%, República Popular da China 23,4%, Vietnã 13,4% (2011)
Importações 2 645 milhões (2012)
Produtos importados máquinas e equipamentos, veículos, combustíveis, bens de consumo
Principais parceiros de importação Tailândia 65,2%, República Popular da China 11,1%, Vietnã 6,5% (2011)
Dívida externa bruta 5 953 milhões (31 de dezembro de 2011)
Finanças públicas
Receitas $1 760 milhões (2011)
Despesas $1 957 milhões (2011)
Fonte principal: [[1] CIA World Fact Book]
Salvo indicação contrária, os valores estão em US$

O Laos é um dos poucos países comunistas que restam no mundo. O governo começou a descentralizar o controle e a promover a iniciativa privada em 1986.[1] Os resultados se fizeram sentir: o crescimento alcançou a média de 6% a.a. no período 1988-2008, exceto no curto período da crise asiática iniciada em 1997.[1] Entre 2008 e 2012 o crescimento superou os 7% ao ano, mas apesar disso o país permanece com uma infraestrutura pouco desenvolvida, particularmente nas áreas rurais.[1]

O país ainda depende enormemente de sua agricultura e possui uma infra-estrutura bastante deficiente. O país não possui ferrovias. As principais rodovias do país conectam os maiores centros urbanos, porém a maioria das pequenas vilas somente se liga a estas rodovias por pequenas estradas de terra, nem sempre transitáveis o ano inteiro. As telecomunicações internas e com o exterior também são limitadas.

No ano fiscal 2013-2014, que encerra em 30 de setembro, o Laos planeja gastar 17.830 bilhões kip, forçando o governo a recorrer a empréstimos junto a investidores internacionais (225 milhões de US dólares) e vender títulos para compradores locais e estrangeiros para enfrentar seu déficit orçamentário.[2] [3] Mais de 26% do seu orçamento é coberto por doações internacionais.[2]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b c d e The World Factbook. Página visitada em 7 de março de 2013.
  2. a b Vientiane Times (23 dezembro 2013). "Govt to borrow US$263 million to address budget deficit". (em en). telegraph.co.uk. Página visitada em 24 dezembro 2013.
  3. "Laos to borrow million dollars".. Bangkok Post (23 dezembro 2013). Página visitada em 23 dezembro 2013.


Flag-map of Laos.svg Laos
História • Política • Subdivisões • Geografia • Economia • Demografia • Cultura • Turismo • Bandeira • Portal • Imagens