Economia do Irão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Economia do Irã
Banco Central do Irã.
Moeda rial iraniano
Ano fiscal 21 de março - 20 de março
Blocos comerciais OMC, (observador), ECO, OPEP
Banco Central Banco Central do Irã
Estatísticas
PIB 997,4 mil milhões (2012) (18º lugar)
Variação do PIB -0,9% (2012)
PIB per capita 13 100 (2012)
PIB por setor agricultura 11%, indústria 38,4%, comércio e serviços 50,6% (2012)
Inflação (IPC) 23,6% (2012)
População
abaixo da linha de pobreza
18,7% (2007)
Coeficiente de Gini 44,5 (2006)
Força de trabalho total 27,05 milhões (2012)
Força de trabalho
por ocupação
agricultura 25%, indústria 31%, serviços 45% (2007)
Desemprego 15,5% (2012)
Principais indústrias petróleo, petroquímica, fertilizantes, soda cáustica, têxteis, cimento e outros materiais de construção, alimentos (especialmente açúcar e óleos vegetais), materiais ferrosos e não-ferrosos, armamentos
Exterior
Exportações 66,37 mil milhões (2012)
Produtos exportados petróleo (80%), produtos químicos e petroquímicos, frutas e nozes, tapetes
Principais parceiros de exportação República Popular da China 21,4%, Japão 9,1%, Turquia 8,8%, Índia 8,1%, Coreia do Sul 8%, Itália 5,3% (2011)
Importações 66,97 mil milhões (2012)
Produtos importados matérias-primas e bens intermediários, bens de capital, alimentos e outros bens de consumo, serviços técnicos
Principais parceiros de importação Emirados Árabes Unidos 30,9%, República Popular da China 17,4%, Coreia do Sul 7,1%, Alemanha 4,8%, Turquia 4,2% (2011)
Dívida externa bruta 9 452 milhões (2012)
Finanças públicas
Receitas 131,2 mil milhões (2012)
Despesas 92,63 mil milhões (2012)
Fonte principal: [[1] CIA World Fact Book]
Salvo indicação contrária, os valores estão em US$

Com um PIB (PPP) de 842000 milhões de dólares (est. 2008), a economia do Irã é um misto de planejamento centralizado, propriedade estatal do petróleo e de outras grandes empresas, agricultura tradicional e comércio e serviços privados de pequeno porte[1] . De acordo com o Banco Mundial, seu produto nacional bruto em 2007 foi de 246 544 milhões de dólares, o que coloca o país na 29ª posição no mundo.[2] O atual governo continua a seguir os planos de reforma econômica do anterior, indicando que procurará diversificar uma economia dependente do petróleo (3,9 milhões de barris/dia). O governo iraniano vem tentando diversificá-la por meio de investimentos em outras áreas, como as indústrias automobilística, aeroespacial, de eletrônica ao consumidor, patroquímica e nuclear. O Irã também espera atrair bilhões de dólares em investimentos estrangeiros ao criar um ambiente econômico mais favorável, por meio de medidas tais como a redução de restrições e tarifas alfandegárias a importações e a criação de zonas de livre comércio de que são exemplos as de Chabahar e da ilha de Kish. O Irã moderno apresenta uma classe média sólida e uma economia em crescimento, mas continua a sofrer com altos índices de inflação e de desemprego.

Os déficits orçamentários têm sido um problema crônico, em parte devido aos grandes subsídios estatais, que somam algo como 7,25 bilhões de dólares ao ano, especialmente a produtos alimentícios e gasolina.

O Irã é o segundo maior produtor de petróleo da OPEP e possui 10% das reservas mundiais comprovadas. Também possui a segunda maior reserva de gás natural do mundo, após a Rússia.

O investimento estatal incentivou o setor agrícola, com a liberalização da produção e melhorias na embalagem e no marketing, que permitiram desenvolver novos mercados de exportação. O setor agrícola teve o maior crescimento relativo nos anos 1990, devido aos sistemas de irrigação em grande escala e à produção disseminada de produtos agrícolas de exportação como damascos, flores e pistachios. A agricultura continua a ser um dos maiores empregadores no país.

Os principais parceiros comerciais do Irã são a França, a Alemanha, a Itália, a Espanha, a Rússia, a República Popular da China, o Japão e a Coreia do Sul. A partir do fim dos anos 1990, o Irã tem aumentado a sua cooperação econômica com outros países em desenvolvimento, como a Síria, a Índia, Cuba, Venezuela e a África do Sul, e vem expandindo seus laços comerciais com a Turquia e o Paquistão, compartilhando com seus parceiros a idéia de criar um mercado comum na Ásia Ocidental e Central. Seus principais produtos de exportação são o petróleo (80%), produtos químicos e petroquímicos, frutas e nozes, tapetes e caviar. Desde 2005, o Irã tem status de observador na Organização Mundial do Comércio.

A moeda do Irã é o rial, dividido em cem dinares. O câmbio é flutuante desde 2002.

Referências

  1. a b The World Factbook. Consultado em 30 de março de 2013
  2. Título ainda não informado (favor adicionar).


Flag of Iran.svg Irão
História • Política • Subdivisões • Geografia • Economia • Demografia • Cultura • Turismo • Portal • Imagens