Isabel Soveral

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Isabel Abranches de Soveral (1961, Porto) é uma compositora Portuguesa de Música Clássica contemporânea. Formou-se no Conservatório Nacional de Lisboa, onde foi discípula de Jorge Peixinho e Joly Braga Santos, e doutorou-se em Composição em Nova Iorque, onde estudou com Daria Semegen e Būlent Arel. Faz parte de um importante grupo de jovens compositores portugueses que apareceu nos anos 80 do século passado. Suas primeiras obras estavam impregnadas de lirismo musical, na linha de seu mestre Jorge Peixinho. Depois preocupou-se especialmente com os aspectos técnicos da produção sonora e da sua projecção no tempo e no espaço, que acabam por encaminhar a compositora para uma estética progressivamente mais abstracta.

Vida e obra[editar | editar código-fonte]

Isabel Soveral é professora da Universidade de Aveiro e bolseira da Fundação Calouste Gulbenkian. Em 1988, foi assistente da Universidade Estadual de Nova Iorque, em Stony Brook, onde estudou com Daria Semegen e Būlent Arel, com o apoio da Fundação Gulbenkian, da Fundação Luso-Americana e do Programa Fulbright, e fez o mestrado e doutoramento (PhD) em Composição.

Durante os estudos em Stony Brook (Nova Iorque), começou a trabalhar com material electrónico no seu ciclo Metamorphoses, que inclui o trabalho Quadramorphosis para quatro percussionistas e electrónica, e as séries Anamorphoses, que inclui um conjunto de peças com sistema eletrónico. A sua música tem sido realizada em Portugal, Espanha, França, Itália, Hungria, Áustria, Suíça, Polônia, Hong Kong, Macau, Argentina, Brasil, Cuba e Estados Unidos da América.

E está editada em mais de uma dezena de CD's, pelas editoras Portugalsom e Strauss, EMI Classics, New Music, Capella, Deux-Elles e Numérica. Editaram algumas das suas partituras as editoras Musicoteca, Fermata, Cecilia Honegger e o Centro de Investigação & Informação da Música Portuguesa.

Desde 1995 é professora de Composição, Teoria e Análise Musical no Departamento de Comunicação e Arte da Universidade de Aveiro. É membro do Conselho Científico do Centro de Investigação & Informação da Música Portuguesa. É membro da Unidade de Investigação em Música e Musicologia da Universidade de Évora.

Principais obras:

  • Quarteto, 1984.
  • Fragmentos, 1985.
  • Contornos I, 1987.
  • Un soir j'ai assis la Beauté sur mes genoux - Et je l'ai trouvée amère, 1998.
  • Inscriptions sur une Peinture, 1998.
  • Anamorphoses III, 1999.
  • Image I, solo marimba, 2000.
  • Anamorphoses Cycle, 2002.
  • Anamorphoses VII, 2002.
  • Mémoires d’Automne Cycle, 2003.
  • Trama, 2005.
  • Paradeisoi, 2007.
  • Le Navigateur du Soleil Incandescent Cycle, 2005-2009: Première Lettre, viola and piano; Deuxième Lettre, counter-tenor, chorus and orchestra; Troisième Lettre, solo voice, orchestra and electronics; Quatrième Lettre.
  • Cycle Shakespeare for soprano and electronics, 2007-2009: “Since Brass nor stone...”; “...Why write I still all one, ever the same, and keep invention in a noted weed”.
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.