Eurico Carrapatoso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde março de 2014)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.

Eurico Carrapatoso ComIH (Alvites, Mirandela, 15 de Fevereiro de 1962), é um compositor português.

É licenciado em História pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto.

Iniciou os seus estudos musicais em 1985, tendo sido sucessivamente aluno de composição de José Luís Borges Coelho, Fernando Lapa, Cândido Lima e Constança Capdeville.

Concluiu, em 1993, o Curso Superior de Composição no Conservatório Nacional de Lisboa com Jorge Peixinho.

Foi assistente de História Económica e Social na Universidade Portucalense.

Leccionou na área da composição em várias instituições, nomeadamente na Escola Superior de Música de Lisboa e na Academia Nacional Superior de Orquestra.

Desde 1989 é professor de Composição na Academia de Amadores de Música e no Conservatório Nacional, sendo professor do quadro desta última instituição.

Recebe regularmente encomendas das principais instituições culturais portuguesas e a sua música tem vindo a ser executada, editada e difundida desde 1987, não só na Europa como a nível mundial.

Obras principais[editar | editar código-fonte]

Música de câmara
  • Sweet rústica (cor, pn)
  • Cinco elegias (fl, ob, cl, fag, cor)
  • Le tombeau de Germaine Tailleferre (fl, pn)
  • Epigramas a Francisco de Lacerda (vla, cb, pn)
  • Cinco miniaturas (fl, ob, cl, fag, cor)
  • Cinco aforismos (fl, ob, cl, fag, cor, pn)
  • In illo tempore (2 vl, vla, vc)
  • O espelho da alma (vl, vla, vc, pn)
Música de câmara com voz
  • Cinco melodias em forma de Montemel (sop, cor, pn)
  • Sete melodias em forma de bruma (sop, cor, pn)
  • Duas porcelanas musicais (sop, cor, pn)
  • Magnificat em talha dourada (sop, ssaattbb, 2 fl bisel, 2 vl, vla, vc, cb, cr)
  • Horto sereníssimo (sop, satb, fl bisel, cr)
  • Poemário de Lamolinairie de Campos (sop, fl, cl, hp, pn, vl, vla, vc)
  • Poemário erótico, ericsatírico e burlesco (bar, pn)
  • Três poemas eróticos (sop, pn)
  • Eu... (sop, pn)
  • Díptico Mariano (satb, org)
  • Stabat Mater (bar solo, ssaattbb, fl, ob, cl, fag, tr, cor, 1 perc, hp, pn, 2 vl, vla, vc, cb)
Ensembles
  • La rue du chat qui pêche - serenata onírica a Constança Capdeville (fl, ob, cl, fag, cor, tr, trbn, 1 perc, pn, 2 vl, vla, vc, cb)
  • Da loucura, do grotesco e da morte em Peer Gynt (fl, ob, cl, fag, cor, 2 perc, pn, 2 vl, vla, vc, cb)
  • Cinco peças livres como um pássaro (3 fl, cl, cl bx, sax, 1 perc, hp, pn, cb)
Música sinfónica
  • Das Ewig-Weibliche (cordas)
  • Deploração sobre a morte de Jorge Peixinho (grande orquestra)
  • Modos de Expressão Ilimitada (cordas)
  • Modos de Expressão Ilimitada II (grande orquestra)
  • Aver-o-Mar (orquestra)
  • Música praxitélica para dois deuses do Olimpo (orquestra)
  • Tempus fugit (grande orquestra)
  • Como peixe português na água tropical (orquestra)
Música concertante
  • Suite d'aquém e d'além mar (marimba, cordas)
  • Sete peças em forma de boomerang (saxofone, cordas)
  • Três pastiches de Belém (eufónio, cordas)
  • Stigmata (viola, cordas)
  • Vocalizos para Catarina e arcos (violoncelo, cordas)
  • Cinco peças de carácter (corne inglês, cordas)
  • Três peças decadentes (clarinete de bassetto, cordas)
  • Pequena suite italiana (bandolim, cordas)
Música cénica
  • Mentes, Peer!, para a peça Peer Gynt de Ibsen (fl, ob, cl, fag, cor, 2 perc, pn, 2 vl, vla, vc, cb)
  • Abcesso de loucura, para a peça Der narr und seine frau heute abend in Pancomedia de Botho Strauss
  • O lobo Diogo e o mosquito Valentim, sobre texto de António Manuel Pires Cabral (sop, bar, narr, coro inf, orquestra)
  • A Cidade, sobre textos de Aristófanes (cl, tr, tb, 1 perc)
Música cénica - adaptações
  • Ba-ta-clan de Jacques Offenbach (fl, cl, vl, vla, vc, pn)
  • As madamas do Bolhão de Jacques Offenbach (original Mesdames de la Halle) (fl, cl, vl, vla, vc, pn)
Ópera
Música vocal-sinfónica
  • Dez vocalizos para Leonor e arcos (sop, cordas)
  • O meu poemário infantil, sobre texto de Violeta Figueiredo (sop ou ten, orquestra)
  • Um pequeno conto musical, sobre o texto inédito A arca do tesouro de Alice Vieira (narr, orquestra)
Música coral-sinfónica
  • In paradisum (ttbb soli, satb, cordas)
  • Salmo CL (satb, cordas)
  • Requiem à memória de Passos Manuel (bar, coro, 4 cor, hp, cordas)
  • Aver-a-Ria (sop, satb, coro inf, orquestra)
Música a-cappella sacra
  • Ciclo de Natal
  • Motetes para um tempo de Paixão
  • Missa Sine Nomine
  • Motetes para um tempo de Alegria (Cónego José Alegria in memoriam)
Música a-cappella profana
  • Drei lieder ohne worte
  • Ay que dolor!
  • Pequeno poemário de Sophia
  • Marília
Harmonizações a-cappella
  • Quatro canções populares portuguesas
  • Ó meu Menino
  • O que me diz o vento de Serpa
  • O que me diz o vento vento mirandês
  • O que me diz o vento d'Óbidos
  • O que me diz o vento tropical

Encomendas principais[editar | editar código-fonte]

  • Teatro Nacional de São Carlos
  • Teatro Nacional de São João
  • Teatro Municipal de São Luiz
  • Teatro Aberto
  • Teatro da Cornucópia
  • Casa da Música do Porto
  • Radiodifusão Portuguesa e Radiotelevisão Portuguesa
  • Centro Cultural de Belém
  • Orquestras: Orquestra Nacional do Porto, Orquestra Sinfónica Portuguesa, Orquestra Metropolitana, Grupo de Música Contemporânea de Lisboa, Ensemble Darcos
  • Festivais de Música: Festival Internacional de Música de Macau, Festival Internacional de Música de Mafra, Festival Internacional de Música da Póvoa de Varzim, Festival de Música “Concertos de Primavera”, Festival “Cantar Liberdade”, Festival de Música Sacra de Viana do Castelo, Festival Internacional de Música do Estoril, Temporada Darcos, Festival Internacional de Música de Espinho
  • Instituições públicas: Ministério da Cultura (Instituto Português do Património Arquitectónico), Governo Regional dos Açores, Casa Pia de Lisboa, Academia de Música de Viana do Castelo, Câmara Municipal de Matosinhos, Câmara Municipal de Torres Novas, Câmara Municipal de Torres Vedras, Câmara Municipal de Aveiro, Delegação Regional da Cultura do Norte, Reitoria da Universidade de Lisboa, Secretaria Regional do Ambiente e do Mar da Região Autónoma dos Açores
  • Instituições culturais: Associação Ricercare, Associação Norte Cultural, Fundação Oriente, Fundação Serralves, Fundação Luso-Brasileira, Fundação Passos Canavarro, Fundação João Jacinto de Magalhães, Eborae Mvsica
  • Instituições culturais estrangeiras: Governo do Estado do Rio de Janeiro (Secretaria de Estado da Cultura), The University of Michigan

Intérpretes principais[editar | editar código-fonte]

Orquestras

Orquestra Nacional do Porto, Orquestra Sinfónica Portuguesa, Orquestra Sinfonietta de Lisboa, Orquestra Gulbenkian, Orquestra Metropolitana, Orquestra do Algarve, Orquestra Filarmonia das Beiras, Orquestra do Norte, Orquestra Clássica do Centro, Orquestra de Câmara do Minho, Orchestre des Pays de Savoie, Orquestra de Câmara da Deutsche Oper de Berlim, Orquestra de Câmara da Hamburgische Staatsoper, Cyprus State Orchestra, Lithuanian Chamber Orchestra, Orquestra do College-Conservatory of Music of Cincinnati, Orquestra Sinfônica Brasileira, Chamber Orchestra Kremlin, Landesjugendorchester Nordrhein-Westfalen, Orquestra Sinfónica Kapella de São Petersburgo, Sinfonia Finlandia Jyväskylä

Ensembles

Remix–Ensemble, OrchestrUtopica, Grupo de Música Contemporânea de Lisboa, Opus Ensemble, Trio Vocalizos, Quarteto Lacerda, Quinteto de Sopros da Orquestra Gulbenkian, Quarteto Saxofínia, Moscow Piano Quartet, Ensemble Darcos, Quarteto de Cordas de Matosinhos, Galliard Ensemble, Chilingirian String Quartet, Third Chair Chamber Players, New Zaeland String Quartet, Finnish Uusinta Kamariorkesteri, Ensemble Mediterrain, Sonor Ensemble

Coros

The University of Michigan Men's Glee Club (Eugene Rogers), Coro de la Comunidad de Madrid (Pedro Teixeira), Coro Infantil da Universidade de Lisboa (Erica Mandillo), Coro do Teatro Nacional de São Carlos (Giovanni Andreoli), Estonian Philharmonic Chamber Choir (Daniel Reuss), Coro Gulbenkian (Joana Carneiro), Coro de la Fundación Príncipe de Asturias (José Esteban García Miranda), Coro Casa da Música (Simon Carrington), Coro da Academia de Música de Viana do Castelo (Vítor Lima), Coro Ricercare (Paulo Lourenço e Pedro Teixeira), Coro de Câmara de Lisboa (Teresita G. Marques), Coro Syntagma Musicum (Vasco Azevedo e Jorge Alves), Coro Olisipo (Armando Possante), Coral de Letras da Universidade do Porto (José Luís Borges Coelho), Coro Infantil do Círculo Portuense de Ópera (Palmira Troufa), Coro Sinfónico Lisboa Cantat (Jorge Alves), Coro de Câmara Lisboa Cantat (Jorge Alves), Coro Officium (Pedro Teixeira), Grupo Coral de Lagos (Vera Batista), Chamber Choir College Conservatory University of Cincinnati e University of Cincinnati Chorale (Paulo Lourenço), University of North Florida Chorale e University of North Florida Chamber Singers (Cara Tasher), Lindsay Singers, Helios Voices (Sérgio Fontão), Coro Clássico do Orfeão Universitário do Porto (António Sérgio)

Maestros

Stefan Asbury, Vasco Azevedo, Joana Carneiro, Pedro Carneiro, Virgílio Caseiro, Nuno Côrte-Real, Cesário Costa, Osvaldo Ferreira, Flávio Florence, Mark Foster, Patrick Gallois, Miguel Graça-Moura, Pablo Heras-Casado, Lee Kesselman, António Lourenço, Paulo Lourenço, Vytautas Lukocius, Luís Machado, Paulo Martins, Wojciech Michniewski, Pedro Oliveira Neves, Artur Pinho, Misha Rachlevsky, Donato Renzetti, João Paulo Santos, Ernst Schelle, Brian Schembri, Nils Schweckendiek, Marc Tardue, Cara Tasher, Roberto Tibiriçá, Tapio Tuomela, Maciej Zoltowski

Salas e espaços principais[editar | editar código-fonte]

  • Grande Auditório da Casa da Música do Porto (concertos monográficos)
  • Grande Auditório da Centro Cultural de Belém
  • Grande Auditório da Fundação Calouste Gulbenkian
  • Grande Auditório da Culturgest
  • Teatro Nacional de São Carlos
  • Teatro Nacional de São João (concertos monográficos)
  • Coliseu do Porto
  • Mosteiro de São Bento da Vitória (concertos monográficos)
  • Pequeno Auditório da Centro Cultural de Belém (concertos monográficos)
  • Pequeno Auditório da Fundação Calouste Gulbenkian
  • Auditório ACARTE da Fundação Calouste Gulbenkian
  • Teatro Aberto (cerimónia de inauguração)
  • Teatro Municipal de São Luiz (concertos monográficos)
  • Teatro Municipal de Bragança (cerimónia de inauguração e concertos monográficos)
  • Teatro Municipal de Vila Real
  • Teatro da Cerca, Coimbra
  • Teatro Viriato, Viseu (concertos monográficos)
  • Teatro Aveirense (concertos monográficos)
  • Teatro José Lúcio da Silva, Leiria (concerto monográfico)
  • Teatro Constantino Nery, Matosinhos
  • Paço dos Duques de Bragança, Guimarães
  • Centro Cultural de Vila Flor, Guimarães
  • Salão Medieval da Reitoria da Universidade do Minho, Braga
  • Palácio da Ajuda
  • Biblioteca do Palácio de Mafra
  • Basílica de Mafra
  • Mosteiro de Alcobaça
  • Igreja de São Roque, Lisboa (concertos monográficos)
  • Instituto de São Pedro d'Alcântara
  • Basílica dos Mártires, Lisboa (concertos monográficos)
  • Igreja da Madre de Deus, Lisboa
  • Igreja da Graça, Santarém
  • Sé de Lisboa
  • Sé Velha de Coimbra
  • Sé Nova de Coimbra
  • Sé de Évora
  • Sé de Elvas
  • Sé de Santarém
  • Igreja de São Francisco, Évora
  • Convento dos Remédios, Évora
  • Mosteiro de Tibães
  • Purcell Room (South Bank Centre), Londres
  • Southwark Cathedral, Londres
  • RadioKulturhaus, Viena
  • Grande Sala Bulgária, Sófia
  • Viitasaari Church, Finlândia
  • Sala Glinka da Filarmónica de São Petersburgo
  • Sala Cecília Meireles, Rio de Janeiro
  • Sala Rachmaninov, Moscovo
  • Deutsch Oper Berlin
  • Hamburgische Staatsoper
  • Funkhaus Wallrafplatz, WDR, Köln
  • Alfried Krupp Saal, Philharmonie Essen
  • Hill Auditorium, Ann Arbor, Michigan, EUA

Edições[editar | editar código-fonte]

Partituras
  • Boosey & Hawkes
  • Edições BIM
  • Edições Carus-Verlag Stuttgart

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • Vocalizos (1997) - CD Movieplay, MOV.3-11050(13 faixas)[1]
  • Solistas de Lisboa (1997) - CD Numerica, NUM 1068
  • Canções populares portuguesas (1997) - CD Numerica, NUM 1073
  • Natal a-cappella do Coro de Câmara de Lisboa (1998) - CD Numérica, NUM 1082 ("Ó Bento airoso", "José embala o menino" e "Ó meu menino")[2]
  • Música coral portuguesa do Séc. XX do Coro de Câmara de Lisboa (1998) - CD Numerica, NUM 1083 ("Coral A.", "Luz polar" e "Coral B.")[3]
  • Encontro - Música Portuguesa per a Flauta i Piano (2000) - CD La mà de Guido, LMG 2042
  • Música Portuguesa (2000) - CD Numerica, NUM 1093
  • Música Portuguesa para flauta e piano no Séc.XX (2001) - CD Musicália, M.01.02.005
  • Contemporary Portuguese Music (2001) - CD Strauss, SP 4339
  • Opus Ensemble plays Contemporary Portuguese Music (2001) - CD Strauss, SP 4350
  • Opus number zoo (2002) - CD Deux-Elles, DXL 1025
  • Light - Distance (2003) - CD Deux-Elles, DXL 1084
  • Festival Internacional de Música da Póvoa de Varzim (2003) - CD Numerica, NUM 1108
  • Peças Portuguesas e Japonesas para piano solo] (2006) - CD Numerica, NUM 1140
  • Canções Lunares (2006) - CD Afinaudio, IRFC.04.072
  • Música para piano portuguesa, Vol. 2 (2007) - CD Numerica, NUM 1147
  • Um breve olhar sobre a poesia de Florbela Espanca (2007) - CD Numerica, NUM 86
  • Contrastes (2007) - CD CPA 01 - 07
  • Compositores portugueses XX-XXI (2007) - CD Numerica, NUM 1159

Álbuns monográficos[editar | editar código-fonte]

  • Leonoreta (2001) - CD La mà de Guido, LMG 2047
  • A Cappella (2005) - CD Numérica, NUM 1135 [4]
  • Magnificat em talha dourada (2005) - CD Dargil, D100004 2
  • Requiem à memória de Passos Manuel (2007) - CD Numérica, NUM 1155 [5]
  • Um pequeno conto musical (2010) - CD Leya|Ed.Caminho (sobre o texto inédito de Alice Vieira A arca do tesouro)

Prémios e distinções[editar | editar código-fonte]

  • Prémio Árvore da Vida (Maio de 2011)
  • Representou Portugal na Tribuna Internacional de Compositores da UNESCO em Paris, com O meu poemário infantil, para tenor e orquestra (Paris - 2006)
  • Comendador da Ordem do Infante D. Henrique (9 de Junho de 2004)[6]
  • Prémio da Identidade Nacional (Sociedade Histórica da Independência de Portugal - 2001)
  • Prémio de Composição Francisco de Lacerda (Primeira edição - 1999)
  • Prémio de Composição Lopes Graça da Cidade de Tomar (Primeira edição - 1999)
  • Representou Portugal na Tribuna Internacional de Compositores da UNESCO em Paris, com Deploração sobre a morte de Jorge Peixinho, para grande orquestra (Paris - 1999)
  • Representou Portugal na Tribuna Internacional de Compositores da UNESCO em Paris, com Cinco melodias em forma de Montemel, para soprano, trompa e piano (Paris - 1998)

Referências

  1. Catálogo - Detalhes do registo de "Vocalizos...; música portuguesa do séc. XX = 20th century portuguese music". Fonoteca Municipal de Lisboa. Página visitada em 2014-03-05.
  2. Catálogo - Detalhes do registo de "Natal a cappella". Fonoteca Municipal de Lisboa. Página visitada em 2014-03-05.
  3. Catálogo - Detalhes do registo de "Música coral portuguesa do século XX". Fonoteca Municipal de Lisboa. Página visitada em 2014-03-05.
  4. Catálogo - Detalhes do registo de "A cappella". Fonoteca Municipal de Lisboa. Página visitada em 2014-03-05.
  5. Catálogo - Detalhes do registo de "Requiem à memória de Passos Manuel". Fonoteca Municipal de Lisboa. Página visitada em 2014-03-05.
  6. Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Portuguesas. Presidência da República Portuguesa. Página visitada em 2014-03-05. "Resultado da busca de "Eurico Carrapatoso"."

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Accordrelativo20060224.png Este artigo sobre um(a) músico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.