Mirante do Paranapanema

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Mirante do Paranapanema
"Capital do Pontal e da Reforma Agrária"
Bandeira de Mirante do Paranapanema
Brasão de Mirante do Paranapanema
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 29 de novembro
Fundação 29 de novembro de 1953 (60 anos)
Emancipação 30 de dezembro de 1953 (60 anos)
Gentílico mirantense
Prefeito(a) Carlos Alberto Vieira (PTB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Mirante do Paranapanema
Localização de Mirante do Paranapanema em São Paulo
Mirante do Paranapanema está localizado em: Brasil
Mirante do Paranapanema
Localização de Mirante do Paranapanema no Brasil
22° 17' 31" S 51° 54' 21" O22° 17' 31" S 51° 54' 21" O
Unidade federativa  São Paulo
Mesorregião Presidente Prudente IBGE/2008[1]
Microrregião Presidente Prudente IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Presidente Bernardes, Marabá Paulista, Teodoro Sampaio, Sandovalina e Santo Anastácio
Distância até a capital 616 km[2]
Características geográficas
Área 1 237,847 km² (SP: 19º)[3]
População 17 064 hab. Censo IBGE/2010[4]
Densidade 13,79 hab./km²
Altitude 448 m
Clima Tropical de Altitude Cwa
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,735 alto PNUD/2000[5]
PIB R$ 110 812,095 mil IBGE/2008[6]
PIB per capita R$ 6 167,53 IBGE/2008[6]
Página oficial

Mirante do Paranapanema é um município brasileiro do estado de São Paulo. Fundado em 29 de novembro de 1953, Localiza-se a uma latitude 22º17'31" sul e a uma longitude 51º54'23" oeste, estando a uma altitude de 448 metros. Sua população estimada em 2008 era de 17.798 habitantes. É o município que mais tem mais estradas rurais em extensão da região de Presidente Prudente. Com economia baseada no comércio, e agricultura.

História[editar | editar código-fonte]

Chega em 1918, Labieno da Costa Machado de Sousa, nas proximidades do distrito, chegou afirmando para todos que as terras pertenciam a seus pais. Procurou estabelecer colonização das terras da "Fazenda Vale do Paranapanema", da qual afirmava ter herdado de seu pai, José da Costa Machado de Sousa, afirmava ter escritura pública da área lavrada em 15 de maio de 1887.

Em 1921, teve início a chegada dos primeiros imigrantes europeus também nas proximidades de Costa Machado. Chegavam com suas famílias principalmente espanhóis e italianos, também vieram húngaros, romenos, tchecos, lituanos, libaneses, portugueses e alemães. Esse primeiro processo migratório se estendeu até o início da década de 30.

O primeiro comprador de terras foi Robert Boshammer, no ano de 1921, no bairro "Colônia Branca".

Em 1938 chegam a Costa Machado os imigrantes nordestinos e japoneses, irmãos Takeo e Iraku Okubo, personagens de extraordinária importância na fundação e emancipação deste município.

Em meados de 1946, os irmãos japoneses Iraku e Takeo Okubo, resolveram lotear parte dos 250 alqueires de terras que haviam adquirido, exatamente onde hoje se localiza o município de Mirante do Paranapanema. Uma área de 40 alqueires foi loteada e logo se transformou num Patrimônio. O primeiro comprador de um lote de terra foi Manuel Rodrigues.O progresso do município que ia se formando era tão grande que assustava, principalmente os jornalistas japoneses, que por ser o município fundado por seus patrícios, despertava um grande interesse. Um deles chega a escrever que o município, aos domingos parecia um "formigueiro", em função do grande número de pessoas transitando pelas ruas de terra. Na rua Alberto Shiguero Tanabe, quase não podiam passar carros, em função de tanta gente e animais. Em 1949 surge a sede provisória da Colônia Japonesa e em 1952 se constrói a definitiva. Segundo os jornais japoneses, em 1947 custavam dois contos cruzeiros um alqueire de terra no sítio e dois mil cruzeiros um lote no município, em 1953, um lote no município já estava custando cinquenta mil cruzeiros.

Em 1951/52 foi, nesse período, os anos que apresentaram o maior progresso do bairro, muita lavoura e o comércio aberto direto, sábado e domingo.

Em 1953 o movimento da Estrada de Ferro Sorocabana na estação de Santo Anastácio, só perdeu para Avaré, quase tudo do Bairro Palmital. Naquele ano, das 70 mil sacas de semente de algodão plantadas em todo o município de Santo Anastácio, 50 mil foram no Bairro Palmital. Foram plantados naquele ano cerca de 12.000 ha de algodão no Município, cerca de 70% no Bairro Palmital.[carece de fontes?]

Esse período se estende até 1953 quando ocorre a emancipação. O grande marco desse período foi a chegada do contingente de migrantes nordestinos, povo que tanto contribuiu e marcou a história deste Município..

Segundo o "Jornal de São Paulo" de 30 de maio de 1953, destinado aos imigrantes japoneses, em 1953 existiam 5 mil famílias no bairro Palmital das quais 110 eram de imigrantes japoneses. A Algodoeira Mirante do Paranapanema Ltda., começou a beneficiar algodão em 25 de maio de 1953, neste ano beneficiou 300 mil arrobas. Em 1953 foi criado o Kaikan; a Estrada de Ferro Sorocabana abriu um depósito para algodão para embarque em Santo Anastácio.[carece de fontes?]

Cuiabá Paulista e Costa Machado são distritos pertencentes ao município, sendo o último mais populoso.

Possui uma área de 1.237,847 km².

Demografia[editar | editar código-fonte]

Dados do Censo - 2000

População total: 16.213

  • Urbana: 9.833
  • Rural: 6.380
  • Homens: 8.272
  • Mulheres: 7.941

Densidade demográfica (hab./km²): 13,10

Mortalidade infantil até 1 ano (por mil): 20,95

Expectativa de vida (anos): 68,71

Taxa de fecundidade (filhos por mulher): 2,29

Taxa de alfabetização: 83,30%

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,735

  • IDH-M Renda: 0,653
  • IDH-M Longevidade: 0,729
  • IDH-M Educação: 0,824

(Fonte: IPEADATA)

Cuiabá Paulista[editar | editar código-fonte]

Cuiabá Paulista fica a aproximadamente 630km da capital paulista, situada no extremo oeste do estado de São Paulo pertencente a Prefeitura de Mirante do Paranapanema, como área distrital.

A população estimada é de 3 mil habitantes, segundo o censo 2004.

A atividade é baseada na agricultura (feijão, algodão, milho, cana de açúcar) e pecuária.

Costa Machado[editar | editar código-fonte]

Costa Machado, denominado Costa Machado em homenagem a um grande proprietário de terras da região.

A principal atividade econômica é a pecuária, Costa Machado tem muitos lotes de terras ocupados por canaviais.

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

Há vários córregos e alguns rios.

Rodovias[editar | editar código-fonte]

  • SP-272- Rodovia Olímpio Ferreira da Silva

Governo[editar | editar código-fonte]

Prefeitos[editar | editar código-fonte]

Nome início do mandato fim do mandato
1 José Quirino Cavalcante 1955 1958
2 João Augusto de Almeida 1959 1962
3 Francisco Farias 1963 1966
4 José Marcolino Sobrinho 1967 1970
5 Justino de Souza Trindade 1970 1973
6 Francisco Cândido Marcolino 1973 1977
7 João Augusto de Almeida 1977 1983
8 Cecílio Manoel de Lira 1983 1988
9 João Augusto de Almeida 1989 1992
10 Núbio Pinto de Medeiros 1993 1996
11 João Tadeu Saab 1997 1999 (O Prefeito João Tadeu Saab foi cassado em 10 de maio de 1999)
12 Celso de Sá 1999 2000 (O Vice-Prefeito Celso de Sá assume a Prefeitura em 11 de maio de 1999)
13

Carlos Siqueira Ribeiro (Kalu)]]

2001 2004
14

Eduardo Quesada Piazzalunga]]

2005 2012
15

Carlos Alberto Vieira (Carlinhos)

2013 2016

Entidades[editar | editar código-fonte]

  • Mirante Futebol Clube
  • Esporte Clube Banespa
  • Rotary Clube de Mirante do Paranapanema
  • Lions Clube de Mirante do Paranapanema
  • Loja Maçônica Noboru Kasae
  • Casa da Criança
  • Associação de Moradores do Costa Machado
  • Associação de Moradores de Cuiabá Paulista
  • Associação de Moradores do Novo Mirante
  • Centro Comercial Nicolas Saab
  • Associação Comercial Empresarial de Mirante do Paranapanema

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. Distâncias entre a cidade de São Paulo e todas as cidades do interior paulista. Página visitada em 26 de janeiro de 2011.
  3. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  4. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  5. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  6. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]