Nuno Severiano Teixeira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nuno Severiano Teixeira
Nuno Severiano Teixeira
Ministro(a) de Portugal Portugal
Mandato XIV Governo Constitucional
  • Ministro da Administração Interna
  • De 14 de setembro de 2000 a 8 de abril de 2002

XVII Governo Constitucional de Portugal

  • Ministro da Defesa Nacional
  • De 12 de março de 2005 a 26 de outubro de 2009
Vida
Nascimento 5 de novembro de 1957 (56 anos)
Bissau, Guiné Portuguesa
Dados pessoais
Partido Partido Socialista
Profissão Professor universitário

Henrique Nuno Pires Severiano Teixeira GCIH (Bissau, Guiné Portuguesa, 5 de novembro de 1957) é um professor e governante português.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Licenciado em História, pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (1981), e doutorado em História das Relações Internacionais Contemporâneas, pelo Instituto Universitário Europeu (1994), é professor catedrático da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Leccionou também na Escola de Ciências Sociais da Universidade de Évora (1982–1994), na Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Católica Portuguesa (1998–2003), no Departamento de História do Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa (2002–2006); foi professor visitante no Departamento de Estudos Governamentais da Universidade de Georgetown (2000) e no Centro de Estudos Europeus da Universidade de Berkeley (2003–2004) e do Robert Schuman Centre for Advanced Studies do Instituto Universitário Europeu — Florença (2010).

Exerceu funções como director do Instituto da Defesa Nacional (1996–2000) e do Instituto Português de Relações Internacionais (2003–2006). É autor do livro O Poder e a Guerra 1914–1918: objectivos nacionais e estratégias e políticas na entrada de Portugal na Grande Guerra (1996) e co-autor, com António Costa Pinto, de Portugal e a Integração Europeia. 1945–1986 (2005), The International Politics of Democratization (2008) e, também com António Costa Pinto, The Europeanization of Portuguese Democracy (2012).

Ocupou os cargos de Ministro da Administração Interna no XIV Governo Constitucional, o segundo de António Guterres, e de Ministro da Defesa Nacional no XVII Governo Constitucional, o primeiro de José Sócrates.

A 30 de Janeiro de 2006 foi agraciado com a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique.[1]

Funções governamentais exercidas[editar | editar código-fonte]

Referências


Precedido por
Fernando Gomes
Ministro da Administração Interna
XIV Governo Constitucional
Sucedido por
António Figueiredo Lopes
Precedido por
Luís Amado
Ministro da Defesa Nacional
XVII Governo Constitucional de Portugal
Sucedido por
Augusto Santos Silva


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.