Jaime Gama

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jaime Gama
Jaime Gama
Ministro(a) de Flag of Portugal.svg Portugal
Período de governo II Governo Constitucional
  • Ministro da Administração Interna

IX Governo Constitucional

  • Ministro dos Negócios Estrangeiros

XIII Governo Constitucional

  • Ministro dos Negócios Estrangeiros
  • Ministro da Defesa Nacional

XIV Governo Constitucional

  • Ministro dos Negócios Estrangeiros
  • Ministro de Estado
  • Presidente da Assembleia da República
Vida
Nascimento 8 de junho de 1947 (67 anos)
Ponta Delgada, Fajã de Baixo
Dados pessoais
Partido Partido Socialista
Profissão Professor e Jornalista

Jaime José Matos da Gama GCCGCIHGCL (Fajã de Baixo, Ponta Delgada, 8 de junho de 1947) é um professor, jornalista e político português. Atualmente, assume as funções de Presidente do Conselho de Administração do Novo Banco dos Açores.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho do Tenente-Coronel Jaime da Rosa Ferreira da Gama (Horta, Matriz, Janeiro de 1914 - Lisboa, 29 de Julho de 2003), Cavaleiro da Ordem Militar de Avis (28 de Dezembro de 1953) e Oficial da Ordem Militar de Avis (4 de Julho de 1973),[1] e de sua mulher Lucília Vaz do Rego de Matos (Ponta Delgada, São Sebastião, 12 de Setembro de 1916 - Lisboa, Estrela, Hospital Militar da Estrela, 21 de Setembro de 1987).

Frequentou o Liceu Nacional Antero de Quental, em Ponta Delgada, licenciou-se em Filosofia e terminou o Curso Complementar de Ciências Pedagógicas, pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Foi professor do ensino secundário e do ensino superior, além de se ter dedicado ao jornalismo.

Militante e dirigente do Partido Socialista foi várias vezes eleito deputado à Assembleia da República, a partir de 1975, pelo círculo eleitoral dos Açores e, a partir de 1983, pelo círculo de Lisboa. No Parlamento, presidiu à Comissão dos Assuntos das Regiões Autónomas da Assembleia Constituinte (1975 - 1976), às comissões parlamentares dos Negócios Estrangeiros (1976 - 1978), de Defesa Nacional (1985 - 1991) e de Assuntos Europeus e Política Externa (2002 - 2005). Exerceu funções governativas, como ministro da Administração Interna (1978), ministro dos Negócios Estrangeiros (1983 - 1985 e 1995 - 2002) e ministro de Estado (1999 - 2002). Foi presidente da Assembleia da República e membro, por inerência, do Conselho de Estado (2005 - 2011).

Publicou Política Externa Portuguesa (1983 - 1985, 1995 - 1999, 1999 - 2002).

A 19 de Abril de 1986 foi agraciado com a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique, a 2 de Junho de 1987 com a Grã-Cruz da Ordem Militar de Cristo e a 4 de Outubro de 2004 com a Grã-Cruz da Ordem da Liberdade.[2]

Casou em Lisboa a 18 de Setembro de 1971 com Alda Taborda, de quem tem um filho, João Taborda da Gama, Licenciado em Direito, variante de Direito Financeiro e Fiscal, pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, onde foi Professor Assistente, transferindo-se depois para a Faculdade de Direito da Universidade Católica de Lisboa, advogado, casado.

Condecorações[3] [editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
António Figueiredo Lopes
Ministro da Defesa Nacional
XIII Governo Constitucional
Sucedido por
Rui Pena
Precedido por
Alberto Oliveira e Silva
Ministro da Administração Interna
II Governo Constitucional
Sucedido por
António Gonçalves Ribeiro
Precedido por
Vasco Futscher Pereira
Ministro dos Negócios Estrangeiros
IX Governo Constitucional
Sucedido por
Pedro Pires de Miranda
Precedido por
José Manuel Durão Barroso
Ministro dos Negócios Estrangeiros
XIII e XIV Governo Constitucional
Sucedido por
António Martins da Cruz
Precedido por
Tarja Halonen
Finlândia
Presidente do Conselho da União Europeia
Janeiro de 2000 - Junho de 2000
Sucedido por
Hubert Védrine
França
Precedido por
Mota Amaral
Presidente da Assembleia da República
2005 - 2011
Sucedido por
Assunção Esteves