Rito ambrosiano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O rito ambrosiano ou rito milanês é um dos ritos litúrgicos latinos, ou seja, um dos ritos litúrgicos ocidentais da Igreja Católica. Atribuído ao bispo Santo Ambrósio, é utilizado, atualmente, pelos católicos romanos da Arquidiocese de Milão (Archidioecesis Mediolanensis), região eclesiástica da Lombardia -- excetuando as comunas de Monza, Treviglio e Trezzo sull'Adda, as paróquias de Civate e Varenna --, das paróquias de Cannobio e Cannero Riviera, do cantão de Tessino e, na Diocese de Lodi (Dioecesis Laudensis), das paróquias de Colturano, Riozzo e Balbiano: cerca de 5 milhões de fiéis.

Diferenças em relação ao Rito Romano[editar | editar código-fonte]

Missa[editar | editar código-fonte]

As principais diferenças entre os ritos milanês e romano são:[1]

  • O principal celebrante não abençoa só o diácono mas todos os leitores (primeira e segunda leitura e salmo responsorial, inclusive).
  • Entre o Evangelho e a Homilia, há uma curta antífona.
  • As preces da comunidade seguem diretamente a Homilia, antes da Profissão de Fé.
  • O Rito da Paz, i.e., a Paz de Cristo, dá-se ao início da Liturgia Eucarística, precedente ao Ofertório.
  • A Profissão de Fé, i.e., o Credo, segue o Ofertório e precede, imediatamente, a Oração sobre as Oferendas.
  • Há diferenças entre o Cânon Romano e a Oração Eucarística I ambrosiana, mas as Orações Eucarísticas II, III e IV são as mesmas. Acrescenta-se duas Orações próprias ao Rito Ambrosiano, principalmente utilizadas na Páscoa e na Quinta-feira Santa.
  • O sacerdote parte a Sacríssima Espécie e A acrescenta ao Cálice antes do Pai Nosso -- no Rito Romano dá-se o contrário --, enquanto se recita uma Antífona.
  • Não se diz o Agnus Dei.
  • Antes da Bênção Final, a Assembléia clama três vezes Kyrie eleison (Senhor, tende piedade de nós), sem o Christe eleison (Cristo, tende piedade de nós).
  • O Ciclo de Leituras é próprio ao Rito.
  • Grande parte das Orações do Sacerdote são peculiares e há grande variedade de antífonas.

Ano Litúrgico[editar | editar código-fonte]

As principais diferenças são:

  • O Advento Ambrosiano tem seis semanas, não quatro.
  • A Quaresma Ambrosiana começa quatro dias depois da Romana, logo não tem a Quarta-feira de Cinzas e o Carnaval continua até o sábado, chamado Sabato Grasso ("Sábado Gordo") e que corresponde à Terça-feira Gorda.
  • Nas Sextas-feiras da Quaresma não se diz Missa e, com raras exceções, a Comunhão Eucarística não é distribuida.
  • A cor litúrgica do Tempo Comum não é o verde mas o vermelho; há, ainda, outras diferenças de cores litúrgicas no decorrer do ano.

Outras[editar | editar código-fonte]

Catedral Milanesa.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Rito Ambrosiano (em Italiano)
  2. Liturgia das Horas
  3. Breviarium Ambrosianum
  4. A forma do turíbulo e a maneira de girar podem ser vistas neste video

Bibliografia[editar | editar código-fonte]