Spin-½

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Física
\nabla \cdot \mathbf{B} = 0

\nabla \times \mathbf{E} = -\frac{\partial \mathbf{B}} {\partial t}

\nabla \cdot \mathbf{E} = \rho

\nabla \times \mathbf{B} = \frac{\partial \mathbf{E}} {\partial t} + \mathbf{J}
As Equações de Maxwell
Física
História da Física
Filosofia da Física

Na mecânica quântica, o spin é uma propriedade intrínseca de todas as partículas elementares[1] . Os férmions, as partículas que constituem matéria comum, tem meio-spin inteiro. Partículas de spin-½ constituem um subconjunto importante de tais férmions. Todos os férmions elementares conhecidos têm uma rotação de ½[2] . O estado quântico de uma partícula de spin-½ pode ser descrito por um vetor de valores complexos com dois componentes chamados de spinores[3] .

Referências

  1. K. Ziegler (20-Out-2004). Spin-1/2 fermions Universitat Augsburg. Página visitada em Jan. de 2014.
  2. Henry R. Glyde (March 13, 2010). Fermi Systems Department of Physics & Astronomy of the University of Delaware. Página visitada em Jan. de 2014.
  3. A. Steane (2010). Spinors Oxford University. Página visitada em Janeiro 2014.
Ícone de esboço Este artigo sobre física é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.