Votoraty Futebol Clube

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Votoraty
Logotipo oficial.
Nome
Alcunhas Tigre de Concreto
Mascote Tigre
Fundação 12 de maio de 2005
Estádio Domenico Paolo Metidieri
Capacidade 10 034
Localização Votorantim (SP)
São Paulo A2 2010
Brasil CB 2010
9º colocado
31º colocado
São Paulo A3 2009
São Paulo CP 2009
Campeão (acesso)
Campeão
Kit left arm.png Kit body vot2010t.png Kit right arm.png
Kit shorts.png
Kit socks.png
Uniforme
titular
Kit left arm.png Kit body vot2010r.png Kit right arm.png
Kit shorts.png
Kit socks.png
Uniforme
alternativo
editar

Votoraty Futebol Clube é uma agremiação esportiva da cidade de Votorantim, no interior do Estado de São Paulo, fundada a 12 de maio de 2005.

História[editar | editar código-fonte]

A idéia do nome Votoraty remete à história de Votorantim, já que, em Tupi-Guarani, Votoraty significa cascata branca, símbolo que deu origem ao nome da cidade. A cidade de Votorantim sempre foi tradicional neste esporte. Diz a história que o futebol no Brasil iniciou-se com o Savóia, que era o time da cidade de Votorantim ainda no início do século XX, formado dentro das indústrias têxteis de origem inglesa. Depois veio o Clube Atlético Votorantim que em muitas oportunidades travou grande duelos com o São Bento de Sorocaba/SP.

Em 2005, um grupo de empresários da empresa Cascadura decide montar um time na cidade de Votorantim, nascia então o Votoraty. Um ano depois de seu nascimento, a equipe conseguiu o acesso a série A3 do Campeonato Paulista de Futebol profissional. Nos dois anos seguintes a equipe bateu na trave e não conseguiu garantir o acesso para a série A2 no último jogo do campeonato.

Após grave crise que assolava a equipe devido aos reflexos da crise econômica mundial no patrocinador, o clube e a vaga na Série A3 foram compradas por um grupo empresarial de Ribeirão Preto, que também mantinha posse do Olé Brasil Futebol Clube.

Depois da tempestade, o clube conseguiu se estruturar bem e, mesmo montando o elenco para disputa da série A3 de 2009 a dez dias do início da competição, sob o comando de Fernando Diniz a equipe conseguiu disputar a final do campeonato, se sagrando campeã e trazendo junto com o caneco, o inédito acesso a série A2.
No segundo semestre, para completar o ano a equipe ainda conseguiu chegar à final da Copa Paulista, vencendo o Paulista de Jundiaí por 5x1 em Votorantim, e garantindo vaga a Copa do Brasil de 2010.

Em 2010 o Votoraty, quase se classificou para o quadrangular final do série A2, saindo do mesmo na última rodada, o Tigre ficou em 9°. Na Copa do Brasil, o Votoraty conseguiu passar pelo Treze-PB, mas foi eliminado na segunda fase pelo Grêmio no Olímpico ao perder por 3x0[1] , jogo esse que seria o último da história grená.

Em 9 de abril de 2010, foi publicado na imprensa que a sede do Votoraty estaria de mudança para a cidade de Ribeirão Preto [2] , em São Paulo, e que, a partir daquele momento, o Votoraty passaria a se chamar Ribeirão Futebol Clube[3] . A notícia, informava que a transferência se dava pelo fato de que o Votoraty foi comprado no início de 2009 pela holding Manoel Leão S/A, que é sediada em Ribeirão Preto.

Em 18 de junho do mesmo ano, a Lacerda Sports, empresa que administrava o Comercial, clube que amargava a Série A3 do paulistão, fez uma parceria com holding detentora do Votoraty para comprar a vaga pertencente a equipe grená, usando como artificio uma fusão entre as duas equipes. [4]

O artifício para subir uma divisão no futebol paulista fora de campo foi votado no conselho deliberativo do Comercial, onde a proposta foi vencedora, com 42 votos a favor e somente 2 votos contra.[5]

Apesar de aprovado, os donos do Votoraty preferiram licenciar a equipe para abrir mais uma vaga na Série A2[6] , já que a equipe do Comercial tinha terminado o campeonato da Série A3 na quinta posição o time de Ribeirão Preto herdou então o acesso sem outros tramites necessários[7] , desta forma a fusão entre os dois clubes jamais aconteceu. Atualmente o Votoraty continua normalmente filiado a FPF.[8]


Último plantel[editar | editar código-fonte]

Goleiros
Jogador Pos.
Alex G
Marcelo Moreira G
Renato G
Defensores
Jogador Pos.
Alemão Z
Anderson Z
Beto Z
Ednei Z
Henrique Z
João Paulo Z
Leonardo Z
Marco Aurélio LD
Raul LD
Carlos Magno LE
Rodolfo LE
Meio-campistas
Jogador Pos.
Jonatas V
Moisés V
Motta V
Alex Henrique M
Bruno Reis M
Felipinho M
Hélder M
Neizinho M
Sidnei M
Thiago Baiano M
Tiago Treichel M
Ygor Yan M
Atacantes
Jogador Pos.
Anderson Santos A
Francis A
Marciano A
Marcos Dias A
Paulo Krauss A
Victor Santana A
Treinador
Fernando Diniz TEC


Títulos[editar | editar código-fonte]

Estaduais[editar | editar código-fonte]

Final da Copa Paulista 2009. À direita, a estátua em homenagem a um antigo jogador do Savóia.

Categorias de base[editar | editar código-fonte]

Sub-20[editar | editar código-fonte]

Sub-17[editar | editar código-fonte]

  • São Paulo Taça Paranapanema: 2005
  • São Paulo Taça Itapetininga (categorias 89 e 90): 2006

Ranking da CBF[editar | editar código-fonte]

Ranking atualizado em 20 de dezembro e divulgado em 21 de dezembro de 2012 [9]

  • Posição: 137º
  • Pontuação: 300 pontos

Ranking criado pela Confederação Brasileira de Futebol que pontua todos os times do Brasil.

Referências


Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre clubes brasileiros de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.