Wallyson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wallyson
Informações pessoais
Nome completo Wallyson Ricardo Maciel Monteiro
Data de nasc. 17 de outubro de 1988 (25 anos)
Local de nasc. Macaíba (RN), Brasil
Nacionalidade Brasil Brasileiro
Altura 1,79 m
Destro
Informações profissionais
Clube atual Brasil Botafogo
Número 17
Posição Atacante
Clubes de juventude
2003
2004
Brasil São Gonçalo
Brasil Potiguar
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
2005–2007
2008–2010
2010–2012
2013–
2013
2014–
Brasil ABC
Brasil Atlético Paranaense
Brasil Cruzeiro
Brasil São Paulo
Brasil Bahia (emp.)
Brasil Botafogo (emp.)
0049 000(26)
0050 000(11)
0084 000(27)
0011 0000(0)
0028 0000(4)
0029 0000(5)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 14 de setembro de 2014.

Wallyson Ricardo Maciel Monteiro (Macaíba, 17 de outubro de 1988) é um futebolista brasileiro que atua como atacante. Atualmente, joga pelo Botafogo.

Carreira[editar | editar código-fonte]

ABC[editar | editar código-fonte]

Wallyson começou sua carreira no ABC, e ficou marcado no clube ao fazer quatro gols na final do Campeonato Potiguar de 2007, na vitória do ABC sobre seu maior rival, o América, por 5 a 2. O ABC foi campeão, conquistou o 49º campeonato estadual da história e, de quebra, o jogador terminou como o artilheiro da competição com 10 gols.

Wallyson também foi um dos principais responsáveis pelo acesso do ABC à Série B de 2008, fazendo 16 gols na Série C de 2007, um deles, o gol de desempate na última partida do ABC na competição, contra o Bragantino, que garantiu o acesso da equipe. Foi considerado um dos principais destaques desta competição.

Atlético PR[editar | editar código-fonte]

Em 2008, foi negociado para o Atlético Paranaense, não teve um bom começo em Curitiba recuperado da pubalgia que o atormentou, precisava ganhar massa muscular e ficava longe da bola até que começou a ter chances no time titular ate finalmente conseguir a titularidade no campeonato paranaense de 2009 devido a boas atuações foi eleito revelação do campeonato. Em 2010 teve outra contusão afastando o jogador dos gramados.

Cruzeiro[editar | editar código-fonte]

Em 29 de julho de 2010, o jogador foi apresentado como reforço do Cruzeiro.[1] . O diretor de futebol Dimas Fonseca apresentou Wallyson e detalhou a operação feita por investidores que viabilizou a contratação, o Cruzeiro não precisou pagar nada para a contratação dele. O jogador assinou contrato de dois anos e o clube terá direito a 30% dos direitos econômicos em caso de negociação futura. A sua estreia pela equipe mineira aconteceu no dia 22 de agosto, na derrota por 1 a 0 para o Vitória, em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro.[2] No dia 15 de setembro, marcou o seu primeiro gol pela equipe, na vitória por 4 a 2 sobre o Guarani.[3]

No começo de 2011 rapidamente garantiu sua vaga entre os titulares graças às boas atuações no Campeonato Mineiro. Posteriormente, o jogador destacou-se ainda mais na Copa Libertadores da América, marcando dois gols nos dois primeiros jogos e rapidamente assumindo a liderança na artilharia da competição.[4] [5] A equipe, embora tenha se classificado na fase de grupos com a melhor campanha da competição, foi eliminada nas oitavas-de-final. Wallyson finalizou o torneio como artilheiro, ao lado de Roberto Nanni do Cerro Porteño, com sete gols cada.

No dia 7 de agosto de 2011 Wallyson sofreu uma fratura no tornozelo durante a partida entre Cruzeiro e Internacional, válida pelo Campeonato Brasileiro.[6] No dia seguinte, o jogador passou por uma cirurgia de aproximadamente duas horas.[7]

Após um longo processo de recuperação e treinamento, o atacante voltou a atuar em um jogo oficial em 2012, contra o Guarani-MG, pelo Campeonato Mineiro.[8] O jogador voltou a marcar gol na vitória do Cruzeiro contra o Nacional, por 4 a 2, ao converter o pênalti sofrido por Montillo.[9]

Em dezembro de 2012, contudo, o Cruzeiro desistiu de renovar o contrato de Wallyson, que, a partir do dia 31, fica livre para acertar com algum clube interessado.[10]

São Paulo[editar | editar código-fonte]

No dia 11 de janeiro de 2013, foi anunciando como novo reforço do São Paulo.[11] Em 10 de maio, no entanto, apenas quatro meses depois, Wallyson foi afastado do elenco tricolor, após as eliminações do clube na Libertadores e no Campeonato Paulista. O jogador teve poucas chances na equipe comandada pelo técnico Ney Franco por conta do seu mau rendimento nos treinos.[12]

Bahia[editar | editar código-fonte]

Em Julho de 2013, Wallyson acertou com o time de Salvador o Bahia, até o final do ano.[13] No dia 31 de julho Wallyson fez o seu primeiro gol com a camisa do Bahia diante do Flamengo.

Botafogo[editar | editar código-fonte]

No dia 22 de Janeiro de 2014, Wallyson acertou com o time carioca por empréstimo até o fim do ano.[14] Estreou pelo Botafogo contra o Deportivo Quito, em que o time perdeu por 1 a 0, em jogo de ida pela primeira fase da Libertadores. No jogo da volta, Wallyson jogou como titular, sendo decisivo ao fazer três gols e classificando o Botafogo para a fase de grupos da competição.[15] .

Títulos[editar | editar código-fonte]

ABC
Atlético Paranaense
Cruzeiro

Artilharia[editar | editar código-fonte]

Referências