Bela Vista Futebol Clube (Minas Gerais)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bela Vista FC
Escbv.png.png
Nome Bela Vista Futebol Clube
Alcunhas BV
Torcedor/Adepto Belavistano
Mascote Periquito
Fundação 21 de abril de 1930 (87 anos)
Estádio Estadio Santa Luzia
Capacidade 3.000
Localização Sete Lagoas,Minas GeraisMinas Gerais
Presidente Brasil José Carlos da Silva (Neca)
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

Bela Vista Futebol Clube é um clube brasileiro de futebol, com sede na cidade de Sete Lagoas, no estado de Minas Gerais. Seu mascote é o periquito.Suas cores o verde e branco.

História[editar | editar código-fonte]

O Bela Vista FC foi fundado em 21 de abril de 1930 por três sete-lagoanos. Os pioneiros Feruca, Juvenal Estanislau de Souza e Natal Lanza. Posteriormente muitos outros se juntaram a eles, mas como não foi possível montar um time completo, eles uniram-se ao extinto Vera Cruz, na época comandado por Geraldo Cândido, para formar a primeira equipe do Bela Vista, ou BV, como é carinhosamente chamado por sua torcida.

Equipe Campeã Regional 1944

O Gigante da Colina, como era conhecido, disputava com o Democrata um dos maiores clássicos do futebol mineiro nas décadas de 40 e 50 conhecido como o "Clássico do Sertão". Esta rivalidade era tanta que em 1958, por segurança, uma partida entre as duas equipes foi transferida para o estádio Independência em Belo Horizonte.

A equipe disputou o Campeonato Mineiro de Futebol entre os anos de 1958 e 1962. Nesse período derrotou o Atlético em dois jogos oficiais, um deles em Belo Horizonte, em 1961 (3x2) e o outro em Sete Lagoas, em 1962 (3x1).

O ano de 1958, marcante para os brasileiros pois o Brasil sagrava-se campeão da Copa do Mundo na Suécia, marcou também a história do BV. O clube disputou seu 1º Campeonato como equipe profissional e fez o que era comum para os grandes times do futebol brasileiro da época: foi excursionar pela Europa.

Uma das maiores referências do futebol do clube é o ex-jogador Genuíno, um atacante que chegou a ser comparado com Pelé. Ele fez parte da equipe que foi à Europa, ao seu lado ex-jogadores como Edésio, Délio, Gaya, Marinho, Jorginho e o ex-treinador Orlando Rodrigues.

Equipe Juvenil Campeã Regional de 1963

Após deixar a elite do futebol mineiro, em 1962, o BV voltou a dedicar-se ao futebol amador e as categorias de base. Em 35 anos de futebol amador, a equipe sagrou-se campeã 10 vezes, sendo um pentacampeonato e um tricampeonato. No fim da década de 80 o time retornou aos campeonatos profissionais, participando do Campeonato Mineiro da Terceira Divisão e conquistando o acesso à Segunda Divisão. As dificuldades financeiras inviabilizaram a continuidade no futebol profissional.

Atualmente o Bela Vista FC dedica-se exclusivamente às categorias de base sendo referência na formação de atletas. O clube já revelou, dentre outros, o zagueiro Thiago Heleno, atualmente no Atlético Paranaense, o lateral direito Marcos Rocha, atualmente no Palmeiras e o zagueiro Gabriel, atualmente no Clube Atlético Mineiro.

Excursão pela Europa[editar | editar código-fonte]

Assim como hoje, os empresários já atuavam no futebol. Aproveitando-se da distancia com o continente europeu e da precariedade de comunicação da época, um empresário de sobrenome Fauszlinger, que a maioria supunha ser alemão e desconhecia o primeiro nome, apresentou o BV como campeão brasileiro e acertou 30 jogos para o Bela Vista na Europa contra os principais clubes do continente europeu como o poderoso Real Madrid de Di Stéfano, Puskas, Gento, Kopa, Santamaria e Rial, considerado o melhor time do mundo na época.

Foto oficial embarque da delegação 1598

Alheios a tudo isso, em Agosto de 1958, os jogadores do Bela Vista FC partiram para sua aventura no velho continente. Na excursão pela Europa o primeiro adversário foi justamente o galáctico Real Madrid . Em uma tarde fria do outono espanhol o Gigante da Colina encarou os galácticos espanhóis carregando uma multidão de aproximadamente 100 mil pessoas para o estádio Santiago Bernabéu, e em um jogo disputado, perdeu pelo placar de 2x1 sofrendo o gol da derrota aos 46 min do segundo tempo, de pênalti.

Foto partida contra o Real Madrid 1958

Após o bom desempenho frente aos espanhóis, o time seguiu para a França, onde os problemas da delegação na Europa começaram. Os jogadores Assis e Marinho, emprestados pelo Vasco, desertaram da delegação na França apos a partida contra o Olympique de Marselha, seduzidos por propostas de clubes europeus. Os dirigentes, que preferiam frequentar hipódromos franceses a tomar conta do time, e o próprio técnico Orlando Rodrigues também abandonaram o clube.

Flâmula recebida do Real Madrid em 1958

A equipe ainda tinha jogos marcados na Itália, Suíça, Alemanha Ocidental, Alemanha Oriental, Holanda, Dinamarca e Inglaterra. E cumpriu a maioria deles, mesmo com baixas no elenco. Na Inglaterra, já com o veterano jogador Gaia fazendo as vezes de técnico, enfrentou o Newcastle, diante de 25 mil pessoas.

Em sua odisseia na Europa o Bela Vista realizou 24 partidas. Várias equipes tradicionais do futebol mundial como Real Madrid, Newcastle United, Tottenham Hotspur, Middlesbrough, Birmingham City, Werder Bremen, Hamburgo, Bologna e Olympique de Marseille foram adversárias do time setelagoano.

Ao fim da aventura em solo europeu o BV retornou ao Brasil no final de Outubro de 1958. Na chegada a Sete Lagoas, uma grande surpresa. Como heróis, a delegação do Bela Vista foi recebida com festa. Uma multidão tomou conta das ruas da cidade para ovacionar o time, com direito a desfile de caminhão e foguetório. Uma faixa resumiu todo o sentimento dos apaixonados torcedores belavistanos: “Falem mal, mas falem do Bela Vista."

Chegada da excursão a Europa

Abaixo as partidas do Bela Vista FC pela Europa [1] [2]

Placar Adversário Local
1 - 3 França Olympique de Marseille França Marselha
1 - 2 Espanha Real Madrid Espanha Madri
1 - 2 Alemanha Alemannia Aachen França Évian
3 - 1 Suíça Lausanne  Alemanha
0 - 2 Alemanha Fortuna Düsseldorf Alemanha Düsseldorf
0 - 2 Alemanha Lübeck Alemanha Lübeck
1 - 0 Alemanha Heider Alemanha Heide
11 - 1 Suíça Basiléia XI Suíça Basiléia
1 - 1 Suíça Grasshopper Suíça Zurique
2 - 3 Itália Bologna Itália Bolonha
1 - 1 Alemanha Lokomotive Leipzig Alemanha Leipzig
1 - 4 Alemanha Tennis Borussia Alemanha Berlim
1 - 2 Dinamarca Stævnet Dinamarca Copenhague
3 - 5 Alemanha Holstein Kiel Alemanha Kiel
0 - 3 Alemanha Werder Bremen Alemanha Bremen
0 - 1 Alemanha Hamburgo Alemanha Hamburgo
0 - 2 Alemanha Eintracht Braunschweig Alemanha Braunschweig
0 - 5 Países Baixos Blauw-Wit Amsterdam Países Baixos Amsterdã
0 - 5 Inglaterra Birmingham City Inglaterra Birmingham
1 - 12 Inglaterra Newcastle United Inglaterra Newcastle
0 - 4 Inglaterra Middlesbrough Inglaterra Middlesbrough
0 - 4 Inglaterra Sheffield United Inglaterra Sheffield
0 - 6 Inglaterra Luton Town Inglaterra Luton
1 - 3 Inglaterra Tottenham Hotspur Inglaterra Londres
Desempenho
Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols Pró Gols Contra
24 3 2 19 29 74

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre clubes brasileiros de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


  1. «Bela Vista FC, de Sete Lagoas (MG): A Excursão de 1958». História do Futebol 
  2. «Excursão do Bella Vista a Europa em 1958». História do Futebol