Bom Jardim (Pernambuco)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Bom Jardim
"Terra do Granito Marrom Imperial"

"Terra da Música"

Bandeira de Bom Jardim
Brasão desconhecido
Bandeira Brasão desconhecido
Hino
Aniversário 19 de julho
Fundação 29 de dezembro de 1757 (257 anos)
Emancipação 19 de julho de 1871 (144 anos)
Gentílico bonjardinense
Lema Novo Tempo, novos desafios!
Padroeiro(a) Santa Ana

Co-padroeiros: São Sebastião, São João, São José, Nossa Senhora da Conceição e Nossa Senhora do Carmo

Prefeito(a) Jonathas Miguel Arruda Barbosa (PP)
(2013–2016)
Localização
Localização de Bom Jardim
Localização de Bom Jardim em Pernambuco
Bom Jardim está localizado em: Brasil
Bom Jardim
Localização de Bom Jardim no Brasil
07° 47' 45" S 35° 35' 13" O07° 47' 45" S 35° 35' 13" O
Unidade federativa  Pernambuco
Mesorregião Agreste Pernambucano IBGE/2008[1]
Microrregião Médio Capibaribe IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes a norte: Orobó e Machados; a sul: João Alfredo; leste: Vicência e Limoeiro; oeste: Surubim e Casinhas.
Distância até a capital 104 km
Características geográficas
Área 222,883 km² [2]
População 38 871 hab. estatísticas IBGE/2014[3]
Densidade 174,4 hab./km²
Altitude 333 m
Clima Tropical As'
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,602 médio PNUD/2010[4]
PIB R$ 205 548 mil IBGE/2012[5]
PIB per capita R$ 5 416 42 IBGE/2012[5]
Página oficial

Bom Jardim é um município brasileiro do estado de Pernambuco. Localizado na Mesorregião do Agreste Pernambucano e na Microrregião do Médio Capibaribe. O município é formado pelo distrito sede, pelos distritos Umari, Bizarra e Tamboatá, e pelos povoados Encruzilhada, Freitas, Pindobinha e Lagoa Comprida.

História[editar | editar código-fonte]

O povoado desenvolveu-se no entorno de uma capela em homenagem a Santa Ana. Seus primeiros habitantes foram mercadores de algodão do sertão da Paraíba, com grande movimento de tropeiros que buscavam o algodão bruto em Campina Grande para beneficiá-lo no Recife.

A igreja matriz, em estilo toscano, foi construída por missionários capuchinhos em 1876.

Sobre o nome Bom Jardim há uma lenda, segundo a qual o primitivo proprietário das terras da região no início do século XVIII contratou um capelão para dar assistência religiosa à população local. O capelão foi habitar em uma elevação, em um lugar cheio de árvores frondosas e paus-d´arco, circundado por um riacho. Extasiado com a beleza do lugar, o capelão exclamou: "Este sim é um Bom Jardim!", a partir daí passou-se a chamar o curato do Bom Jardim.

Na época de sua criação o município de Bom Jardim tinha cerca de 2 268 quilômetros quadrados, incluindo os povoados de Queimadas (Atual Orobó), Surubim e Boa Vista (atual João Alfredo). Com o crescimento desses distritos, a lei estadual 1931, de 11 de setembro de 1928, Criou os municípios de Orobó e Surubim. Mas tarde cedeu terras para a criação dos municípios de João Alfredo, Macaparana e São Vicente Férrer. Também em 1963 perdeu o distrito de Machados, feito município.[6]

Cronologia municipal[editar | editar código-fonte]

O município, no entanto, só foi oficialmente constituído em 10 de julho de 1893, com base no art. 2º das disposições gerais da Lei 52 de 3 de agosto de 1892.[7] [6]

Hino[editar | editar código-fonte]

Torrão Natal, oh terra minha Te quero bem! te quero bem! És meu prazer! És meu anelo! Viver contigo, fazer-te bem! (2x)

Meu Bom Jardim de Panaroma Tão singular, tão singular! Encata a todos os viajeiros! Meu Bom Jardim, ei de te amar! (2x)

Autoria: Irmãs Beneditinas

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localiza-se a uma latitude 07º47'45" sul e a uma longitude 35º35'14" oeste. Sua população estimada em 2013 era de 38 871 habitantes.

O município está incluído na área geográfica de abrangência do semiárido brasileiro, definida pelo Ministério da Integração Nacional em 2005.[8] Esta delimitação tem como critérios o índice pluviométrico, o índice de aridez e o risco de seca.

Possui atualmente uma área de 208,39 km².

Bairros[editar | editar código-fonte]
  • Centro
  • Catolé
  • Alto do Paraíso
  • Alto do Derby
  • Alto São José
  • Vila Noelândia
  • Vila Itagiba
  • Cohab
Povoados e Distritos[editar | editar código-fonte]
  • Umari
  • Bizarra
  • Tamboatá
  • Córrego do Feijão
  • Gruta de Chuva
  • Quatuis
  • Pindoba
  • Torto
  • Pindobinha
  • Barroncos
  • Remenda
  • Encruzilhada
  • Lagoa Comprida
  • Sapucaia
  • Paquevira
  • Feijão I e II
  • Camará
  • Altos I e II
  • Lagoa da Casa I e II
  • Açudes
  • Balança
  • Freitas
  • Buraco do Tatu
  • Espera
  • Correntes
  • Chã do Arroz

Relevo[editar | editar código-fonte]

O município de Bom Jardim situa-se no Planalto da Borborema, formado por maciços e outeiros altos. A altitude varia de 650 a 1.000 metros. O relevo é geralmente movimentado, com vales profundos e estreitos dissecados. Os solos variam com a altitude:

  • Superfícies suave onduladas a onduladas: ocorrem os Planossolos, de profundidade média, ótima drenagem, ácidos a moderadamente ácidos e fertilidade natural média; ocorrem também os solos Podzólicos,profundos, argilosos, e de fertilidade natural média a alta.
  • Nas elevacões: ocorrem os solos Litólicos, rasos, argilosos e de fertilidade natural média.
  • Vales dos rios e riachos: ocorrem os Planossolos, de média profundidade, imperfeitamente drenados, textura média/argilosa, moderadamente ácidos, fertilidade natural alta e problemas de salinização.

Ocorrem ainda afloramentos de rochas. Está localizada em Bom Jardim a maior reserva de Granito Marrom Imperial do mundo.

Vegetação[editar | editar código-fonte]

A vegetação nativa é composta por Florestas Subcaducifólica e Caducifólica, próprias das áreas agrestes.

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

O município de Bom Jardim está situado nos domínios da bacia hidrográfica do Rio Goiana. Seus principais tributários são os rios Orobó, Tracunhaém e Caiai, além dos riachos: Cachoeirinha, Modo, Câmara, Pirauá, do Tanque, Grande, Canguangue, Altos e Aroeiras. Os principais cursos d´água são temporários. A Represa de Pedra Fina é o principal reservatório do múnicipio.

Aspectos sócio-econômicos[editar | editar código-fonte]

O Índice de Desenvolvimento Humano Municipal-IDH-M é de 0,618, o que situa o município em 94º no ranking estadual e em 4348º no nacional.

Fontes

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 dez. 2010.
  3. Estimativa Populacional 2014 Estimativa Populacional 2014 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (agosto de 2014). Visitado em 29 de agosto de 2014.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2010). Visitado em 01 de outubro de 2013.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2012 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 11 dez. 2014.
  6. a b Livros da Igreja Matriz/ Livro " Era assim meu Bom Jardim"
  7. Erro de citação: Tag <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas CEHM
  8. Ministério da Integração Nacional, 2005. Nova delimitação do semiárido brasileiro.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Pernambuco é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.