Flor de Lis da Zona Sul

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Flor de Liz Zona Sul
Fundação 13 de maio de 1976 (45 anos)
Cores
Símbolo Flor-de-lis
Bairro Jabaquara
Presidente Rodisley Pereira de Oliveira
Desfile de 2022
Enredo Flor de Liz conta, canta e encanta os amores de Xangô

Flor de Liz é uma escola de samba da cidade de São Paulo. Foi fundada em 13 de maio de 1976, como Bloco. Teve uma passagem marcante, de muito sucesso e repleta de orgulho no seu período enquanto bloco carnavalesco. Quando ascendeu à escola de samba, o bloco continuou, porém, passou a se chamar GRBC Tirando Onda e se extinguiu com o tempo. Hoje, em seu lugar, existe o GRCB Kacike da Vila.

História[editar | editar código-fonte]

Em 13 de maio de 1976 reuniram-se alguns sambistas para comemorar os 12 anos de um dos filhos de Athaide de Oliveira. Durante a madrugada após vários "aperitivos", surgiu a ideia de se fundar uma escola de samba para toda comunidade. Assim fundaram a Sociedade Recreativa Cultural São Paulo Zona Sul, cujos fundadores são: Athaide de Oliveira, Dona Dinha, Daniel, Mazico, Marião, Dona Berenice entre outros.

Em 1979 a escola passou por uma crise interna, pedindo licença por tempo indeterminado, ficando até 1985 sem exercer atividades carnavalescas; quando em 1986, solicitou junto a UESP o seu direito de desfile. A escola voltou à passarela enquanto que, o Bloco, retornou no grupo de Blocos Pleiteantes. No ano seguinte (1987), com a alteração do esquema de grupos, dividiu-se os blocos entre Blocos - Grupo Especial e, Blocos - Grupo 2, a qual a Flor de Liz deu o seu brado de CAMPEÃ pela primeira vez.

Ascendendo ao Grupo Especial de Blocos, em 1989, a Flor de Liz foi campeã já na sua estreia no grupo especial, fato que se repetiu por mais 5 vezes até ascender à Escola de Samba através da fusão com a escola de samba São Paulo da Zona Sul.

A FUSÃO:

Em 2002, após o carnaval, a direção atende a cobrança da comunidade que desfilava pelo antigo Bloco Flor de Liz (considerado um dos maiores e mais tradicionais blocos da cidade de São Paulo e localizada na mesma região da Escola de Samba São Paulo Zona Sul); e, em fusão com a Escola de Samba São Paulo da Zona Sul, passa-se então a ter como razão social Escola de Samba Flor de Liz da Zona Sul.

A São Paulo da Zona Sul, que tinha ao centro de sua bandeira uma Cruz de Malta ladeada por leões em seus dois lados, tinha como cores: vermelho azul, verde e branco. Após a fusão, a Cruz de Malta cedeu o seu lugar ao símbolo medieval "Flor de Liz" permanecendo os leões em seu pavilhão; ostentando [após a fusão] apenas as cores azul-anil e branco em alternância. Atualmente, os dois leões foram abolidos do pavilhão oficial, mas permanecem nos demais pavilhões. A escola de Samba passou a se chamar Associação Recreativa Cultural Flor De Liz.

Em 2003, Flor de Liz desfila como escola de samba no Grupo 1 da UESP, ficando com a 3ª colocação.

OS BLOCOS:

Após a mudança de razão social e a transformação em escola de samba, os foliões da Zona Sul não perderam o seu bloco. Ele se transformou no GRCB Tirando Onda no ano de 2003. O seu primeiro desfile teve a frente o presidente Rodisley Oliveira que, através do carnavalesco Paulinho, trouxe para a avenida o enredo: "Só ganha quem aposta", ficando com o primeiro lugar e mantendo a tradição de belos carnavais. O bloco desfilou até 2007, quando ficou em último lugar no desfile do grupo 1 (ou grupo de espera), sendo assim desclassificado. Seu último enredo foi: "Pierrô + Arlequim = Colombina".

O estandarte do "Tirando Onda" era de predomínio da cor preta, tendo o seu nome e o seu simbolo, uma coroa, em dourados, com franjas na mesma cor.

Após 5 anos da extinção do "Tirando Onda", um dos descendentes do Sr. Athayde Oliveira, funda o "Kacike da Vila", tendo como enredo: "Athayde de Oliveira, o Kacike da Vila", numa alusão ao homem que deu início ao São Paulo da Zona Sul e Flor de Liz. Uma justa homenagem.

O estandarte do "KaciKe da Vila" tem o predomínio da cor branca contornado pelas cores: preto, laranja, amarelo e vermelho e o perfil de um cacique com o sei cocar ao centro com o seu nome em azul acima da cabeça.

Segmentos[editar | editar código-fonte]

Presidentes[editar | editar código-fonte]

Nome Mandato Ref.
Luiz Carlos Cruz ? - ? [1]
Rodisley Pereira de Oliveira ?-atualidade [2]

Diretores[editar | editar código-fonte]

Diretor de Carnaval Diretor de harmonia Mestre de bateria Ref.
2003 [1]
2015 Rodrigo Atração Alex Souza e Paulo África [2]

Coreógrafo[editar | editar código-fonte]

Ano Nome Ref.
2015 Ricardo Reis [2]
2016
2017
2018
2019
2020 Diego Galiano Costa

Casal de mestre-sala e porta-bandeira[editar | editar código-fonte]

Ano nome Ref.
2003 Emerson e Ellen [1]
2010-2011 Emerson Nunes e Jacqueline Ribeiro
2014 Jacqueline Ribeiro
2015 Erick Sorriso e Jacqueline Ribeiro [2]
2016-atualidade Rodrigo Antonio e Marina Oliveira

Corte de bateria[editar | editar código-fonte]

Ano Rainha Madrinha Rei Princesa Musa Ref.
2010 Renata Frisson Henrique Luna [3]
2015 Isabela [2]
2016
2017
2018
2019 Ana Souza Henrique Luna
2020 Ana Souza


Carnavais[editar | editar código-fonte]

Flor de Liz Zona Sul
Ano Colocação Grupo Enredo Carnavalesco Ref.
1986 7º lugar Blocos - Pleiteantes Realeza de uma Flor
1987 Campeã Blocos - Grupo 2 Olinda, teus cantos e encantos

Composição de: Edson e Silvinho

1988 2º lugar Blocos - Especial Flor de Liz e o Rei do Picadeiro

Composição de: Silvinho/Edson/Douglinhas

1989 Campeã Blocos - Especial O Doce País Dos Sonhos

Composição de: Dorinho Marques/Márcio Madrugada

1990 3º lugar Blocos - Especial A sagração da primavera - Nossa vida, nossa flor

Composição de: Lagrila/Ideval/Zelão/Carlinhos

1991 3º lugar Blocos - Especial Abracadabra

Composição de: Iderval e Lagrila

1992 Campeã Blocos - Especial Maracutaia, um jeitinho brasileiro

Composição de: Maurinho da Mazzei/Gete/Lico/Rubens

1993 2º lugar Bloco Sete Notas Musicais

Composição de: Silvinho/Turko/Douglinhas

Intérprete: Luizinho Trovão

Tito Arantes Filho
1994 Campeã Blocos - Especial E o mar se agita...

Composição de: Wagner Santos/Turko/Wilson Cavallo

1995 Campeã Blocos - Especial O Caminho dos Sonhos - 10 Anos de Luta

Autor de enredo: Benê

Composição de: Silvinho/Turko/Edson Liz/W. Cavallo

1996 3º lugar Blocos - Especial Amor, Fonte da Vida

Autor de Enredo: Ivo Pereira Composição de: Silvinho/Turko/Edson Liz

Intérpretes: Luizinho Trovão/Tuca/Edson Liz/Silvão

1997 2º lugar Blocos - Especial Alô Mundo, do Grunhido ao satélite

Sinopse de: Geraldo Azevedo e Ivo Pereira

Composição de: Caio/Silvio/Dudu/Tubarão/Marreco

1998 5º lugar Blocos - Especial Parabéns a você!

Composição de: Álvaro/Isaías/Paquera/Luizinho/Nunes Paulão

Intérpretes: Luizinho Trovão/Silvão/Kaio

Hermínia Paiva
1999 3º lugar Blocos - Especial Okê Arô, Raízes em Azul e Branco

Sinopse de Enredo: "Paquera"

Composição de: Silvinho/Turko/Didi/M. Lombardo/Edson Liz

2000 3º lugar Blocos - Especial Alegria, Alegria, Chegou o sorvete!

Composição de: Turko/Silvinho/Didi

Jerônimo Guimarães
2001 2º lugar Blocos - Especial Dança Comigo

Composição de: Zeca/Zé Carlinhos/Gilsinho/Caio

Intérpretes: Edson Liz/Jaime/Álvaro/Caio

Tito Arantes
2002 4º lugar Blocos- Especial A Lenda do Uirapuru - Prelúdio da Passarela

Composição de: Sônia Galvão/Edson/Tuka do Cavaco

Intérpretes: Jaime/Álvaro/Rodrigo/ Leandro

Marco Aurélio Ruffin
2003 3º lugar 1-UESP Água Nossa de Cada Dia

Compositores:Rodrigo Atração, Serginho e Álvaro

Erson Paulo Pereira (Paulinho) [1]
2004 4º lugar 1-UESP Essa Gente Paulistana Anselmo Brito
2005 9º lugar 1-UESP A Luta do Santo Guerreiro Contra o Dragão da Maldade Anselmo Brito
2006 Campeã 1-UESP A Rainha da Bahia - Ivete Sangalo Anderson Paulino
2007 10ºlugar Acesso Vai Brasil festeiro, dançando o ano inteiro, revivendo o folclore brasileiro

Composição de: Rodrigo Atração/Tuquinha/Teco Zambauê/Alex Oliveira/Fred Viana/Edson Liz

Intérpretes: Rodrigo Atração/Camila/Alex/Jaime/Adilson

Rosivaldo Reis
2008 7º lugar 1-UESP Martinho das Vilas, do Brasil e do mundo Dionísio Schiaranda
2009 Vice-campeã 1-UESP Das noites de luar ao esplendor do astro-rei Mauro Xuxa
2010 8º lugar Acesso 7-Sete Paulinho Trindade e Bill Oliveira
2011 9º lugar 1-UESP A Voz da Cidade...100 Anos de Adoniran Eduardo Caetano
2012 11º lugar 1-UESP Da ciência á comunhão dos deuses,fé:O vasto oceano da verdade Renan Ribeiro e Diego Motta
2013 4º Lugar 2-UESP Uma viagem ao mundo do circo... Sorria! Renan Ribeiro e Diego Motta
2014 4º lugar 2-UESP Vila que te quero Vila " A águia voa da leste para á sul... e o samba fica azul Robson Silva [4]
2015 5º lugar 2-UESP De zero a cem, eu sou criança também Comissão de carnaval [2]
2016 Vice-campeã 2-UESP Água nossa de cada dia Comissão de carnaval [5]
2017 11º lugar 1-UESP Encantos, mistérios e magia! Cores - Um universo de realidade! Comissão de Carnaval
(Nonny DU Glamont, Henrick e Augusto Murilo)
2018 5º lugar 2-UESP Viagem pitoresca de um rei da terra do Mandacaru Comissão de Carnaval
(Nonny DU Glamont, Henrick e Augusto Murilo)
[6]
2019 12º Lugar 2-UESP Raízes, De Onde vim para Onde vou. O Planeta Clama por Paz Sidinho Ramos [7]
2020 10º Lugar Acesso 1 de Bairros Quem foi rei nunca perde a majestade Comissão de Carnaval [8]
Inicialmente adiados para o mês de julho, os desfiles do Carnaval 2021 foram cancelados devido a pandemia de Covid-19. [9]
2022 Acesso 1 de Bairros Flor de Liz conta, canta e encanta os amores de Xangô
Samba-enredo: Xandinho Nocera, Fredy Vianna e Marcelo Casa Nossa
J. Sane Malagutti [10]
Ilustração artística do enredo para o ano.


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons


Referências

  1. a b c d [1]
  2. a b c d e f [2]
  3. G1 (8 de fevereiro de 2010). «Mulher Melão é coroada rainha de bateria em São Paulo» 
  4. http://www.sasp.com.br/a_escola_carnaval_samba.asp?rg_carnaval=23455
  5. [3]
  6. «Grupo 2». UESP. Consultado em 25 de janeiro de 2018 
  7. «Central do Carnaval 2019». SASP. Consultado em 25 de janeiro de 2019 
  8. «Central do Carnaval 2020». SASP. Consultado em 17 de fevereiro de 2020 
  9. Santiago, Tatiana (12 de fevereiro de 2021). «Após adiar carnaval em 2021, Prefeitura de SP anuncia cancelamento da festa neste ano». G1. Consultado em 28 de abril de 2021 
  10. https://sasp.com.br/carnaval-2021/  Em falta ou vazio |título= (ajuda)