Prova de Fogo (escola de samba)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Prova de Fogo
Fundação 16 de junho de 1974 (45 anos)
Escola-madrinha Camisa Verde e Branco[1]
Cores
Símbolo Chama de Fogo e casal de Mestre-Sala e Porta-Bandeira
Bairro Pirituba
Presidente Rosana Pinto
Presidente de honra Celso de Lima
Desfile de 2020

Grêmio Recreativo Social e Cultural Prova de Fogo é uma escola de samba da cidade de São Paulo. Seu nome é uma homenagem ao bloco Prova de Fogo, do Ceará.

História[editar | editar código-fonte]

A Prova de Fogo foi fundada no bairro da Vila Mangalot, em Pirituba. Tudo começou em um piquenique em Interlagos, no dia 21 de abril de 1974, reunindo jogadores e torcedores do Santista Futebol Clube. A ideia para a formação da escola de samba partiu de Akimilson de Oliveira Câmara, o Ceará, que sugeriu o nome Prova de Fogo, em homenagem a um bloco cearense homônimo ligado ao Corpo de Bombeiros.

A partir daí, aconteceram algumas reuniões na casa de Dona Valdevina, na Vila Mangalot, em Pirituba. Dois meses depois do piquenique foi plantada a primeira semente do samba em Pirituba, com a fundação do Grêmio Recreativo escola de Samba Prova de Fogo em 16 de junho de 1974. Ceará foi eleito o primeiro presidente da escola de samba.

Em 1975, a escola apresentou-se pela primeira vez no Grupo Pleiteante. O belo desfile na Rua 12 de Outubro, na Lapa, rendeu à agremiação o título de campeã e uma vaga no Grupo 3. Após a apresentação de 1980, com um enredo sobre histórias de caboclos, a escola passou a integrar o Grupo 2. Ao longo da sua história, a Prova de Fogo apresentou enredos marcantes, como Cabloco, Meninos de Rua, Circo, Magia Cigana, entre outros.

Em 2019, o enredo foi em homenagem às mulheres negras, intitulado "Rosas Negras o O Perfume da Flor Sou Eu", de autoria de Cesar Caetano e Felipe Cruz. A agremiação ficou em terceiro lugar pelo Grupo de Acesso de Bairros 1 (antigo Grupo 3 da Uesp). Essa foi a melhor colocação da Prova de Fogo na última década.

Conheça mais sobre a agremiação em www.provadefogo.com.br


Segmentos[editar | editar código-fonte]

Presidentes[editar | editar código-fonte]

Nome Mandato Ref.
Celso Lima 1983-2011 [2]
Ivan Renato de Lima 2012-2016 [3]
Tadeu Kaçula 2017-2018
Rosana Pinto 2018 até o momento

Diretores[editar | editar código-fonte]

Ano Diretor de Carnaval Diretor geral de harmonia Mestre de bateria Ref.
2014 Silvio Luis de Lima Renato Vinicius [4]
2016 Carlinhos Sebastian [3]
2017 Ricardo Americano Carlinhos Sebastian
2018 Paulinho
2019 André Marins João Batista (Dão) Vicente Trambolho e André Luiz

Coreógrafo[editar | editar código-fonte]

Ano Nome Ref.
2014 Solange Ferreira [4]
2016 Mafra [3]
2017
2018
2019 Solange Ferreira

Casal de Mestre-sala e Porta-bandeira[editar | editar código-fonte]

Ano Nome Ref.
2014 Ramon Lima e Vivian Alves [4]
2015 Tchaca e Vivian Alves [5]
2016 Everson Sena e Gisa Camilo [3]
2017
2018 Julio Cesar e Nicinha Simpatia
2019 Julio Cesar e Nicinha Simpatia

Corte de bateria[editar | editar código-fonte]

Ano Rainha Madrinha Musa Ref.
2014 Karen Ariane Lilian Santos Rosana Pretinhas [4]
2015 Karen Ariane Lilian Santos Rosana Pretinhas
2016 Karen Ariane Rosana Pretinhas
2017 Andréa Capitulino
2018
2019 Karen Ariane Gisele Alves

Carnavais[editar | editar código-fonte]

Prova de Fogo
Ano Colocação Grupo Enredo Carnavalesco Ref
1975 13º lugar 1-UESP Tempos de Pierrot e Colombina
1976 Desclassificada 1-UESP Verde Que te Quero Verde
1977 3º lugar 1-UESP Nostalgia do Carnaval
1978 5º lugar 1-UESP Vitória Régia
1979 5º lugar 1-UESP E o Vento Levou
1980 Vice-campeã 1-UESP Vida de Caboclo
1981 10º lugar Acesso As Quatro Estações do Ano
1982 Vice-campeã 1-UESP Mundo Encantado da Ilusão
1983 8º lugar Acesso Réquiem de um Canto Triste
1984 9º lugar Acesso O Sonho do Povo, A Magia do Carnaval
1985 Vice-campeã 1-UESP Oranian - o Criador da Terra
1986 9º lugar Acesso A Dança de Aruanda
1987 4º lugar 1-UESP O Barato, Marido da Barata
1988 3º lugar 1-UESP Cem Anos de um Canto Livre
1989 7º lugar 1-UESP Tributo à Pirituba
1990 10º lugar 1-UESP Luiz Gonzaga, "o Lua, Danado de Bom"
1991 3º lugar 1-UESP Bahia e Seus Encantos
1992 Vice-campeã 1-UESP Meninos de Rua
1993 9º lugar 1-UESP Juventude, Caminhos Abertos
1994 8º lugar Acesso Do Passado ao Presente, Um Futuro Reluzente: O Jeito é se Comunicar
1995 6º lugar 1-UESP Respeitável Público
1996 Campeã 1-UESP Eu Quero
1997 10º lugar Acesso Os Maiores Espetáculos da Terra Carlos Marques
1998 Campeã 1-UESP Doce Magia Cigana Gelson
1999 8º lugar Acesso Incas - Filhos do Império Sol Henry Domingues Filho e Wagner Colzatto
2000 6ºlugar 1-UESP Icamiabas Jeronimo Guimarães
2001 3º lugar 1-UESP A Saga Japonesa no Brasil Gil Rincon e José Carlos Lisboa
2002 Vice-campeã 1-UESP Uma Viagem ao Mundo do Carnaval Sidney Vaz
2003 8º lugar Acesso Prova de Fogo na Barca do Inferno Sidney Vaz
2004 6º lugar Acesso A Festa dos Povos no Portal do Mundo Arnaldo Motta
2005 4º lugar 1-UESP Dança: Expressão de Corpo e Alma Michael Smith e Fábio Sorriso
2006 7º lugar Acesso Da Essência à Fragrância: História e Evolução do Perfume Ancelmo Brito
2007 Vice-campeã 1-UESP Mulheres que Fizeram e Fazem a História do Nosso Brasil Leandro Lopes
2008 7º lugar Acesso Cem Anos de Imigração Japonesa, Prova de Fogo é Okinawa (a Terra da Cortesia) neste Carnaval Elizandro Alves (Chuchu)
2009 6º lugar 1-UESP Educação para a Liberdade

Compositores:Rogério Fogal, Gabriel Lima, Lucas Zangalli e Luccas Piccirillo

Eduardo Caetano [2]
2010 5º lugar 1-UESP Carnaval na Roça: O Caipira que Virou Cowboy! Bill de Oliveira
2011 6° lugar 1-UESP Da Segregação à Inclusão Social, Prova de Fogo é Refavela neste Carnaval

Compositores:Denny Gomes, sandro neves e Valquíria

Oziene Furttado [6]
2012 6° lugar 1-UESP Entre laços e fitas, a Prova de Fogo é festa nordestina nesse Carnaval Robson Goulart
2013 4º Lugar 1-UESP Prova de Fogo está em festa no quilombo de Pirituba ! Róbson Goulart
2014 7º lugar 1-UESP Do Sol ao Carnaval: a Prova de Fogo é a chama do samba que não se apaga! Diego Tadeu [4]
2015 8° lugar 1-UESP Grandes batalhas, são para grandes guerreiros Diego Tadeu [5]
2016 4º lugar 1-UESP Chacrinha continua balançando a massa! Cláudio Cebola [3]
2017 12º Lugar 1-UESP Tambores e batuques, festas e tradições no interior paulista Amarildo de Mello
2018 11ºlugar 2-UESP Chiquinha Gonzaga a matriarca da música popular brasileira Amarildo de Mello [7]
2019 3º Lugar Acesso 1 de Bairros (antigo Grupo 3) Rosas Negras – O Perfume da Flor Sou Eu Cezar Caetano e Felipe Cruz [8]
2020 Acesso 1 de Bairros [9]

Referências

  1. http://www.sasp.com.br/a_escola_dados.asp?rg_escola=24
  2. a b [1]
  3. a b c d e [2]
  4. a b c d e Sasp. «Carnaval 2014». Consultado em 31 de maio de 2014. Cópia arquivada em 31 de maio de 2014 
  5. a b [3]
  6. [4]
  7. «Grupo 2». UESP. Consultado em 25 de janeiro de 2018 
  8. «Central do Carnaval 2019». SASP. Consultado em 25 de janeiro de 2019 
  9. «Central do Carnaval 2020». SASP. Consultado em 17 de fevereiro de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]