Imperador do Ipiranga

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Imperador do Ipiranga
Fundação 27 de setembro de 1968 (49 anos)
Cores

Azul

Amarelo

Verde

Branco
Símbolo Coroa
Bairro Ipiranga
Presidente Eduardo de Lukas
Patrono Laerte Toporcov
Carnavalesco Eduardo Caetano
Intérprete oficial Rodrigo Atração
Juninho Berin
Diretor de carnaval Comissão de carnaval
Diretor de bateria Vitor Velloso
Rainha da bateria Viviane Rodrigues
Princesa da bateria Jessica Bueno
Mestre-sala e porta-bandeira Júnior Carraro e Suellen Aman
Coreógrafo Aysla Martins
Desfile de 2018
Enredo Solidariedade. A explícita magia de sonhar, amar e viver em prol do bem
Posição de desfile 8ª - 04:00
11 de Fevereiro
www.imperadordoipiranga.com.br

A Sociedade Escola de Samba Imperador do Ipiranga é uma escola de samba brasileira, com sede na cidade de São Paulo.

Tem este nome em homenagem a Dom Pedro I, o imperador que declarou a Independência do Brasil em relação a Portugal no que é hoje o bairro do Ipiranga, que fica no mesmo distrito que a Vila Carioca, onde a escola é sediada.

História[editar | editar código-fonte]

A Imperador do Ipiranga foi fundada em 1968 por moradores da então subdistrito de Heliópolis, da Vila Carioca e da Vila Independência, a Imperador permaneceu por muito tempo como um departamento da Sociedade Amigos das Vilas, mas tempo depois se separou, com estatuto próprio.[1] Seu fundador, Laerte Toporcov, embora com posição contrária dos dirigentes mais idosos, tinha como objetivo dar lazer às crianças pobres da favela que existia na Rua Campante e chamar a atenção das autoridades para as terríveis enchentes no bairro.

Na primeira apresentação da escola, tiveram a ideia de fazer um desfile carnavalesco de protesto com carros alegóricos imitando barcos.[1] A ideia deu certo e o desfile foi um sucesso, com muitos carros alegóricos e a participação de várias crianças pelas ruas da região.

Em 2009, a escola do Ipiranga trouxe Adriana Lessa como madrinha de bateria e teve como enredo A fé em São Jorge Guerreiro contra os dragões da maldade, voltando para o Grupo Especial, em 2010.

Em 2010, de volta ao Grupo Especial, a escola apresentou o enredo "Medicina, da antiguidade à tecnologia, a arte de salvar vidas", terminado em 13º lugar e retornando ao Grupo de Acesso.

Em 2011, a Imperador levou para o Sambódromo a história dos carnavais, tentando retornar para o Grupo Especial, mas conseguiu apenas o 4° lugar.

Em 2012 Para ajudar a escola a conseguir o campeonato, o Carnaval foi assinado pelo experiente Carnavalesco Armando Barbosa, que em 2011 conseguiu o acesso com a escola Camisa Verde e Branco. Destaque para o Diretor de Harmonia ha 17 anos Vagner Eduardo Siqueira Salum o famoso Guinê, na comunidade desde o nascimento, seu primeiro desfile foi em 1979 na ala das crianças, foi para depto de harmonia em 1989, em 1996 foi tesoureiro e voltou para a Harmonia em 1998, também é coordenador de carnaval da Liga das Escolas de Samba desde 1997, assumiu a Direção de Carnaval em 2012, passando a Direção de Harmonia para Alessandro Teixeira Costa o China, Assumindo a direção de carnaval. A partir de 2014 Adriano Barbosa assume a direção geral de Harmonia.

Depois de obter o 7° lugar em 2012, 2013 e 2015, o 6° em 2014 e o 5° lugar em 2016, a Imperador anunciou para 2017 a reedição do enredo "Ipiranga, Berço Esplêndido de Um Povo Heróico", originalmente apresentado em 2004. Para este desenvolvimento, a escola contratou o carnavalesco Mauro Xuxa, vice-campeão pela Tatuapé.

Segmentos[editar | editar código-fonte]

Presidentes[editar | editar código-fonte]

Nome Mandato Ref.
Eduardo de Lukas maio de 2010-abril de 2014
Carequinha abril de 2014-? [2]
Eduardo de Lukas ? - atualidade [3]

Diretores[editar | editar código-fonte]

Período Diretor de Carnaval Diretor geral de harmonia Mestre de bateria Ref.
2011 Comissão de Carnaval Vagner E. Siqueira "Guinê" Mestre Dentinho
2012 Vagner E. Siqueira "Guinê" Vagner E. Siqueira "Guinê" Mestre Dentinho
2013 Vagner E. Siqueira "Guinê¨" Alessandro T. Costa "China" Mestre Dentinho
2014 Vagner E. Siqueira "Guinê" Adriano Barbosa Tornado
2015 Fábio Gouveia Thiago "Chup" Clayton Tornado [4][5]
2016 Comissão de Carnaval Ulisses Ozzetti Ninão
2017- Comissão de Carnaval Comissão de Carnaval Vitor Velloso [3]

Coreógrafo[editar | editar código-fonte]

Período Nome Ref.
2015-2016 Eliana Bel [5]
2017- Aysla Martins [3]

Casal de Mestre-sala e Porta-bandeira[editar | editar código-fonte]

Período Nome Ref.
2014 Suellen Aman e José Roberto
2015 Suellen Aman e Fabiano Dourado [5]
2016- Suellen Aman e Junior Carraro [3]

Corte de bateria[editar | editar código-fonte]

Período Rainha Madrinha Musa Diva Princesa Ref.
2006 Cris Cuozzo Michelly Pettri Monique Dias
2007 Cris Cuozzo Michelly Pettri Elaine Silva [6][7][8]
2008 Luísa Mell [9][10]
2009 Adriana Lessa [11]
2010 Patrícia Cruz Adriana Lessa [11][12][13]
2011 Ana Lúcia Aguiar Adriana Lessa Adriana Ferrari [14][15]
2012 Reneé de Oliveira Sueli Sena
2013 Khawany Oliveira [16]
2014 Yasmine Tainá Fabi Frota Elaine Silva Maísa Magalhães [17][18][19]
2015 Samara Carneiro Maísa Magalhães Cris Cuozzo [5]
2016 Samara Carneiro Cris Cuozzo Márcia Andrade Alessandra Batista Jessica Bueno
2017- Viviane Rodrigues Jessica Bueno

Carnavais[editar | editar código-fonte]

Imperador do Ipiranga
Ano Colocação Grupo Enredo Carnavalesco Intérprete Ref.
1970 3º lugar 1-UESP Revivendo a Infância
1971 Campeã 1-UESP O Jangadeiro
1972 Campeã Acesso Brincando na Passarela
1973 5º lugar Especial Asas ao Homem, Glórias ao Brasil
1974 Desclassificada
1975 Não desfilou
1976 7º lugar 1-UESP A Grande Convenção de Itu
1977 Campeã 1-UESP Chico Rei, a Epopeia de um Escravo
1978 Vice-campeã Acesso Da África ao Brasil-Zambi, o Criador do Mundo
1979 10º lugar Especial Homenagem em Forma de Samba - Sílvio Santos
1980 7º lugar Especial Eternas Melodias ou Carnaval de Ontem
1981 7º lugar Especial Acaiaca-A Sacerdotisa do Sol Deril Marques
1982 8º lugar Especial Era Uma Vez...no País da Felicidade
1983 9º lugar Especial Ymembuy
1984 Campeã Acesso Sapucaia Roca-Cidade Encantada
1985 8º lugar Especial Que Rei Sou Eu Eloy Woyames
1986 7º lugar Especial Festa Para uma Rainha Negra Márcia Ynala
1987 7º lugar Especial Do Pé no Chão ao Esplendor Nelson Della Rosa
1988 11º lugar Especial Sonha Brasil Amaro Nunes
1989 6º lugar Acesso Brincando o Sete
1990 7º lugar Acesso Extra! Extra! Deu no Jornal
1991 3º lugar Acesso O Paraíso Odarahuere Lia Picci
1992 Campeã Acesso Tia Ciata Lia Picci
1993 10º lugar Especial Assombrações em Noite de Gala Hugo Bispo Serginho KT
1994 Vice-campeã Acesso Aplausos Serginho KT
1995 10º lugar Especial Alegria está no ar Valtinho Serginho KT
1996 6º lugar Acesso Muito Cacique Sem Curso de Índio Lia Picci Serginho KT
1997 5º lugar Acesso Parabéns a você Vânia da Silva Serginho KT
1998 Vice-campeã Acesso Sete, o Enigma Pero Luiz Pinotti Serginho KT
1999 11º lugar Especial Canto da Terra Pedro Luiz Pinotti Serginho KT e Maninho
2000 8º lugar Especial Imperador na República Velha Pedro Luiz Pinotti Moisés Santiago
2001 14º lugar Especial Sonhando, Brincando e Sambando. Toda Criança tem um Brinquedo no Coração Amarildo de Mello Moisés Santiago
2002 4º lugar Acesso Um Canto de Amor a Negra Mulher André Machado Moisés Santiago
2003 Vice-campeã Acesso Sorria! O Imperador da Alegria Chegou! André Machado Moisés Santiago
2004 13º lugar Especial Ipiranga, Berço Esplêndido de um Povo Heróico André Machado Moisés Santiago
2005 15º lugar Especial México - Uma Viagem Introdutória ao Paraíso dos Deuses! André Machado Moisés Santiago
2006 Campeã Acesso O sertão não virou mar, virou pomar Vaniria Nejelschi Serginho KT
2007 14º lugar Especial Siderurgia Forte Constrói um Mundo de Aço
Compositores:Cidinho Melodia, Renato Pulga, Beto Careca, Chico T., Beto Barril e Sidne
Anselmo Brito e Carlos Negri Serginho KT [1]
2008 4º lugar Acesso A salvação do planeta é o bicho Anselmo Brito Serginho KT
2009 Vice-campeã Acesso A comunidade na fé em São Jorge Guerreiro contra os Dragões da Maldade Anselmo Brito Moisés Santiago
2010 13º Lugar Especial Da Antiguidade a Tecnologia: Medicina, A Nobre Arte de Salvar Vidas Anselmo Brito Moisés Santiago
2011 4° lugar Acesso Na arte e na fantasia, no esplendor de um “Bal Masqué”, só quem é Arlequim, Pierrô e Colombina saberá entender Marcello Portella Adeilton Almeida
2012 7º lugar Acesso Tente alcançar a lua, que no mínimo alcançará as estrelas Armando Barbosa Adeilton Almeida
2013 7º lugar Acesso Ouviram do Ipiranga... Um grito de esperança Armando Barbosa Evandro Malandro
2014 6º lugar Acesso Os quatro deuses encantados sob as bênçãos de São Caetano do Sul Fernando Dias Evandro Malandro
2015 7º lugar Acesso Oxente! Cabra da Peste. A Imperador chegou para coroar a nação do Nordeste Fernando Dias Fernandinho SP [5][20]
2016 5º lugar Acesso A Imperador reluz esperança com... Don Quixote De la Mancha Fábio Gouveia Fernandinho SP
2017 7° lugar Acesso Ipiranga, berço esplêndido de um povo heróico
Compositores:Batuta e Dall'Acqua Neto.
(Reedição do carnaval de 2004)
Mauro Xuxa Adeílton Almeida [21]
2018 Acesso Solidariedade. A explícita magia de sonhar, amar e viver, em prol do bem
Compositores: Max, Grandão, Fadico, Totonho, Joadil Jr, Dudu e Luciano Costa.
Eduardo Caetano Rodrigo Atração e Juninho Berin [3]


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons

Títulos[editar | editar código-fonte]

Grupo Especial Liga e Super Liga
Grupo de Acesso 1972, 1984, 1992, 2006
Grupo 1 da UESP 1971, 1977

Referências

  1. a b c Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira. «Imperador do Ipiranga - dados artísticos». Consultado em 26 de maio de 2014 
  2. O Carnaval de SP (6 de abril de 2014). «Imperador definiu presidência para os 2 próximos carnavais». Consultado em 7 de abril de 2014 
  3. a b c d e SASP (12 de junho de 2017). «No detalhe: Veja como foi o lançamento de enredo da Imperador do Ipiranga» 
  4. O Carnaval de SP (8 de abril de 2014). «Fábio Gouveia é da Imperador para 2015» 
  5. a b c d e [1]
  6. SASP. «Imperador 2007» 
  7. «Galeria de Imagens Carnaval 2007» 
  8. Folha de S.Paulo (17 de fevereiro de 2007). «Imperador do Ipiranga apostou em rapper e na sensualidade na abertura dos desfiles das escolas de samba no sambódromo» 
  9. G1 (4 de fevereiro de 2008). «Para Luísa Mell, enredo da Imperador foi 'presente de Deus'». 05h23 
  10. Terra (14 de fevereiro de 2008). «Luisa Mell desfila fantasiada de Brigitte Bardot». 04h12 
  11. a b G1 (18 de janeiro de 2010). «Imperador do Ipiranga tem atriz como madrinha de bateria pelo segundo ano». 08h00 
  12. G1 (13 de janeiro de 2010). «Imperador do Ipiranga tem nova rainha de bateria». 10h00 
  13. G1 (12 de fevereiro de 2010). «Imperador do Ipiranga abre carnaval 2010 em São Paulo». 23h28 
  14. SP-TURIS. «IMPERADOR DO IPIRANGA 2011» 
  15. G1 (23 de fevereiro de 2011). «Confira o que o Grupo de Acesso de SP vai levar para a avenida». 07h19 
  16. Terra (11 de fevereiro de 2013). «Escola dispensa "gostosas" e leva menina de 6 anos como rainha». 03h01 
  17. O Carnaval de SP (6 de janeiro de 2014). «Fabiana Frota será Madrinha de Bateria da Imperador do Ipiranga». 23h28 
  18. Cena Pop (28 de fevereiro de 2014). «Diva da imperador come 1 kg de batata doce por dia antes do carnaval». 08h24 
  19. «Maísa Magalhães é Diva da Bateria da Imperador do Ipiranga». 24 de fevereiro de 2014 
  20. O Carnaval de SP (14 de abril de 2014). «Imperador do Ipiranga já possui Carnavalesco para o Carnaval 2015» 
  21. Redação SRZD (12 de março de 2016). «Em primeira mão: presidente da Imperador do Ipiranga anuncia reedição para o Carnaval 2017». SRZD. Consultado em 12 de março de 2016