Estrela do Terceiro Milênio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Estrela do Terceiro Milênio
Fundação 5 de maio de 1998 (20 anos)
Escola-madrinha Rosas de Ouro[1]
Cores
Símbolo Coruja
Bairro Grajaú
Presidente Gilberto Rodrigues (Giba)
Presidente de honra Milton Leite
Patrono Alexandre Leite
Desfile de 2020
Enredo No coração da floresta nascem estrelas que brilham no meu Carnaval

O Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba Estrela do Terceiro Milênio é uma escola de samba de São Paulo. A escola está situada na região do Grajaú - Parque América - Zona Sul de São Paulo (extremo Sul). Tendo como suas cores principais o azul, o branco, o vermelho e o verde.

História[editar | editar código-fonte]

A escola foi criada após algumas reuniões realizadas na casa de shows Corujão, que mais tarde tornaria o local dos primeiros ensaios da agremiação e, por causa disso, inspirou a ideia da ave coruja como símbolo.[2] Seu nome deu-se alusivamente à virada do milênio em 2001 e as cores escolhidas para representar seu pavilhão foram:vermelha, azul, banco e verde. Para apadrinhar a escola de samba que representaria o samba no extremo Sul da capital foi escolhida a tradicional agremiação Sociedade Rosas de Ouro, então presidida pelo seu fundador Eduardo Basílio, grande incentivador da criação da Estrela do 3° Milênio.

Em 2001, o Corujão foi vendido e a diretoria, presidida por Silvio Antônio de Azevedo, conseguiu o espaço ao lado do campo de futebol CDM Dr. Tancredo Neves, no Parque América, Grajaú, para que a agremiação continuasse com suas atividades, onde permanece até hoje e, em novembro de 2018, a nova diretoria, encabeçada por Gilberto Rodrigues, realizou uma grande reforma no local que hoje abriga cerca de 3 mil pessoas. A mudança de endereço, as melhores condições para ensaios e uma grande reformulação na jovem escola de samba resultou uma uma melhor performance e, no ano seguinte (2002), a Estrela do Terceiro Milênio apresentou-se oficialmente pela primeira vez no carnaval de São Paulo, no grupo aspirante da UESP, União das Escolas de Samba de São Paulo. Em 2004, com o enredo “Boa noite.com” a escola conseguiu ascender ao Grupo -3 da UESP, após conquistar a 4ª colocação. Os dois anos seguintes ainda foram de muito trabalho para se consolidar na UESP e, em 2006, com o tema "Ainda Há Tempo... E Se Chover Vai Melhorar" a escola inicia uma nova jornada de conquistas e sagra-se vice-campeã do grupo de Espera e conquista novamente um lugar no Grupo - 3 da UESP, chegando a ser campeã em 2007, com o tema "Guarapiranga, 100 Anos", que garantiu a vaga no Grupo -2 do mesmo grupo e, em 2008, com "Feijoada, das Sobras ao prato principal" novamente campeã subindo para o Grupo-1.

De 2009 a 2011 a Milênio se manteve no Grupo - 1 da UESP com os temas "1, 2, 3... Abracadabra! Além da Mágica", "Óxente Cabra da peste, São Paulo, capital do Nordeste" e " Deus perdoa, a natureza castiga! Protocolo de Kyoto, um alerta pela vida", respectivamente e, aos 13 anos, chegou ao Grupo de Acesso da Liga das Escolas de Samba de São Paulo.

Nos três anos seguintes, a agremiação realizou belíssimos carnavais permanecendo no grupo de Acesso da Liga SP conquistando 4° e 3°, em 2012 e 2013 e, em 2014, o 8° lugar que resultou no inesperado rebaixamento ao Grupo - 1 da UESP. Os temas desses anos foram respectivamente: "Quem sabe muitas vezes não diz. Quem diz muitas vezes não sabe. Sabedoria é o segredo da vida!", que exaltou a sabedoria e seu símbolo maior que o mesmo da escola, a coruja; "Reluz na constelação da Terceiro Milênio uma maravilha de estrela chamada Elke" e "Xirê! Louvação aos orixás" foram os temas dos desfiles.

Em 2015 a Estrela do 3° Milênio inicia uma nova era de acensão sendo vice-campeã com "Deus aponta a estrela que vai brilhar" e 2016 conquista novamente o campeonato do Grupo - 1 da UESP com "Na alegria e na tristeza, na saúde e na doença amando-te e respeitando-te!", voltando ao grupo de Acesso da Liga SP. Porém, por uma questão técnica, a Milênio novamente volta ao Grupo 1 da UESP em 2017 com "Para bom entendedor um pingo é letra e o símbolo uma palavra"

Em 2017 acontece uma mudança na estrutura do carnaval e o Grupo 1 da UESP passa a integrar a Liga SP como grupo de Acesso 2 e, em 2018 com o enredo "Na força da coruja, deixe a lenda de guiar" a Milênio chega ao vice-campeonato e se mantém no novo grupo. Em 2019, vai disputar a única vaga para o grupo de Acesso 1 com o tema "Coragem! Somos nós que fazemos a vida", no dia 4 de março, segunda-feira, às 22h30, quarta escola a entrar na avenida.

Segmentos[editar | editar código-fonte]

Presidentes[editar | editar código-fonte]

Nome Mandato Ref.
Silvio Antônio de Azevedo maio de 1998-2001 [2]
Alexandre Almeida 2002 - 2009 [2]
Alberto Souza Miranda 2009 - 2016 [3]
Gilberto Rodrigues 2016 - atual

Intérpretes[editar | editar código-fonte]

Carnavais Intérprete oficial Referências
2002-2004 Marcão CA, Marquinho e Edinho
2005-2006 Marcão CA e Edinho
2007 Toninho Penteado, Marquinhos e Edinho
2008-2009 Wagnão da Sul
2010 Wagnão da Sul e André Pantera
2011-2014 André Pantera
2015-2016 Fabinho Pires
2017-2018 Vaguinho
2019-presente Vaguinho e Serginho do Porto

Diretores[editar | editar código-fonte]

Período Diretor de Carnaval Diretor geral de harmonia Mestre de bateria Ref.
2014 Silvio Azevedo Comissão Diego [3]
2015 Silvio Azevedo Wilson Costa Diego [4]
2016 Mercadoria e Everton Coelho Diego
2017 Mercadoria e Carlos Pires Wilson Costa Diego
2018-2019 Carlos Pires, Mercadoria, Devair Francisco e Rogério Deienno de Oliveira Wilson Costa Diego
2020- Vitor Veloso [5]

Coreógrafo[editar | editar código-fonte]

Período Nome Ref.
2014 Fábio Rocha [6]
2015 Chris Rabello
2016-2019 Silvia Cristina Conti
2020- Paula Gasparini [5]

Casal de Mestre-sala e Porta-bandeira[editar | editar código-fonte]

Período Nome Ref.
2014 Everson Cantídio e Edilaine Campos [3]
2015-2016 Alex e Edilaine Campos [4]
2017-2018 Kawe Lacorte e Nathalia Silva
2019-atual Daniel Vitro e Edilaine Campos [5]

Corte da Bateria[editar | editar código-fonte]

Período Rainha de Bateria Ref.
2012 Sabrina Boing Boing [7][8]
2013 – atualㅤ Elaine de Abreu [9][4]

Carnavais[editar | editar código-fonte]

Estrela do Terceiro Milênio
Ano Colocação Grupo Enredo Carnavalesco Ref
2002 6º lugar Avaliação Acredite, se quiser! Cláudio Ramos [10]
2003 Vice-Campeã Avaliação Manjar dos Deuses, do Cacau ao Chocolate Cláudio Ramos [11]
2004 4º lugar Espera Boanoite.com Cláudio Ramos [12]
2005 10º lugar 3-UESP Ó Pátria Amada, Idolatrada, SOS... Comissão de Carnaval [13]
2006 Vice-Campeã Espera Ainda Há Tempo... E Se Chover Vai Melhorar Comissão de Carnaval
2007 Campeã 3-UESP Guarapiranga, 100 Anos Comissão de Carnaval
2008 Campeã 2-UESP Feijoada, das Sobras ao prato principal Comissão de Carnaval
2009 7º lugar 1-UESP 1, 2, 3... Abracadabra! Além da Mágica Comissão de Carnaval
2010 9º lugar 1-UESP Óxente Cabra da peste, São Paulo, capital do Nordeste Anselmo Brito
2011 Campeã 1-UESP Deus perdoa, a natureza castiga! Protocolo de Kyoto, um alerta pela vida Eduardo Félix
2012 4º lugar Acesso Quem sabe muitas vezes não diz. Quem diz muitas vezes não sabe. Sabedoria é o segredo da vida! Eduardo Félix
2013 3º lugar Acesso Reluz na constelação da Terceiro Milênio uma maravilha de estrela chamada Elke Eduardo Félix
2014 8° lugar Acesso Xirê! Louvação aos orixás
Compositores: Edimar do Salgueiro, Wesley Rios, Cássio de Oliveira, Ronaldo Brás, Edson Salim, Wagninho Sempre Soube e Lucas Mascarenhas.
Eduardo Félix [3]
2015 Vice-campeã 1-UESP Deus aponta a estrela que vai brilhar Eduardo Félix [14][4]
2016 Campeã 1-UESP Na alegria e na tristeza, na saúde e na doença amando-te e respeitando-te! Eduardo Félix
2017 8° lugar Acesso Para bom entendedor um pingo é letra e o símbolo uma palavra
Compositores: Ricardo Neto, Maradona, Turko, Rafa do Cavaco, Leandro flecha e Lucas Mascarenhas
Eduardo Félix
2018 Vice-campeã Acesso 2 Na força da Coruja. Deixe a lenda te guiar
Compositores: Marcelo Casa Nossa e Darlan Alves
Murilo Lobo [15][16]
2019 Campeã Acesso 2 Coragem! Somos nós que fazemos a vida1
Compositores: Rodrigo Schumacker, Maurício Pito, Felipe Mendonça, Matheus Nassar e Darlan Alves.
Murilo Lobo [17]
2020 Acesso No coração da floresta nascem estrelas que brilham no meu carnaval Murilo Lobo [5]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. SASP. «Institucional». Consultado em 20 de maio de 2014. Arquivado do original em 20 de maio de 2014 
  2. a b c «História». Consultado em 20 de maio de 2014. Arquivado do original em 20 de maio de 2014 
  3. a b c d «Carnaval 2014». Consultado em 20 de maio de 2014. Arquivado do original em 20 de maio de 2014 
  4. a b c d «Cópia arquivada». Consultado em 27 de novembro de 2015. Arquivado do original em 8 de dezembro de 2015 
  5. a b c d SRZD-SP (9 de abril de 2019). «Estrela do Terceiro Milênio levará ao Anhembi uma homenagem aos artistas e história de Parintins» 
  6. [1]
  7. SRZD-SP (6 de fevereiro de 2012). «Sabrina Boing Boing será rainha da Terceiro Milênio». 13h24 
  8. EGO (19 de fevereiro de 2012). «Sabrina Boing Boing desfila com seios pintados» 
  9. SRZD-SP (15 de abril de 2014). «Terceiro Milênio confirma Elaine de Abreu como rainha em 2015». 02h34 
  10. SASP. «Carnaval 2002». Consultado em 23 de julho de 2011. Arquivado do original em 19 de abril de 2014 
  11. SASP. «Carnaval 2003». Consultado em 23 de julho de 2011. Arquivado do original em 4 de fevereiro de 2009 
  12. SASP. «Carnaval 2004». Consultado em 23 de julho de 2011. Arquivado do original em 4 de fevereiro de 2009 
  13. SASP. «Carnaval 2005». Consultado em 23 de julho de 2011. Arquivado do original em 4 de fevereiro de 2009 
  14. SRZD-SP (4 de junho de 2014). «Estrela do Terceiro Milênio: veja a sinopse do enredo para 2015». 01h47. Consultado em 4 de junho de 2014. Arquivado do original em 6 de junho de 2014 
  15. Amantes do Carnaval SP (11 de julho de 2017). «'Na força da coruja': veja o enredo da Estrela». 13h26 
  16. Folia do Samba (11 de julho de 2017). «Com grande festa, 3º Milênio lança enredo para 2018». 14h42 
  17. Liga SP (9 de fevereiro de 2019). «Estrela 2019»