Francisco Maria Peixoto Vieira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Francisco Maria Peixoto Vieira foi um administrador colonial português. Foi governador de São Tomé e Príncipe e secretário geral e governador da Índia Portuguesa.

Fontes[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Amâncio de Alpoim Cerqueira Borges Cabral
Governador representante de São Tomé e Príncipe
1901
Sucedido por
Joaquim Xavier de Brito
Precedido por
Eduardo Augusto Rodrigues Galhardo
Conselheiro de Governo do Estado da Índia Portuguesa
com António Sebastião Valente, Alfredo Mendonça David e José Emílio Santana da Cunha Castel-Branco

1905
Sucedido por
Arnaldo de Novais Guedes Rebelo
Precedido por
Arnaldo de Novais Guedes Rebelo
Conselheiro de Governo do Estado da Índia Portuguesa
com Bernardo Nunes Garcia e César Augusto Rancon

1907
Sucedido por
José Maria de Sousa Horta e Costa
Precedido por
Francisco Manuel Couceiro da Costa
Governador-Geral Interino da Índia Portuguesa
1917
Sucedido por
Conselho de Governo do Estado da Índia: o próprio, Francisco Peixoto de Oliveira e Silva e Francisco Wolfgango da Silva
Precedido por
o próprio
Conselheiro de Governo do Estado da Índia Portuguesa
com Francisco Peixoto de Oliveira e Silva e Francisco Wolfgango da Silva

1917
Sucedido por
José de Freitas Ribeiro
Precedido por
Jaime Alberto de Castro Morais
Governador-Geral Interino da Índia Portuguesa
1925
Sucedido por
Mariano Martins
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.