João da Silva Telo e Meneses

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade (desde janeiro de 2017).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

João da Silva Telo e Meneses, 1.º Conde de Aveiras (cerca de 1600Moçambique, 1651) foi um nobre e militar português. Em 1623, foi nomeado Governador de Mazagão. Em 1625, esteve em Salvador, na Guerra da Restauração. Nomeado em 1640 como 25.º Vice-rei da Índia, onde ficou até 1644. No regresso a Portugal, foi feito Regedor das Justiças. Chegou a ser novamente nomeado Vice-rei da Índia, em 1651, mas morreu a caminho, em Moçambique.

Foi membro do Conselho de Estado e Guerra do Rei Dom Filipe III, e do Rei D. João IV. Era Comendador de Arouca na Ordem de Cristo, e de Moguelas na Ordem de Santiago.

Dados genealógicos[editar | editar código-fonte]

Era neto do seu homónimo João Telo de Menezes, senhor de Aveiras e filho de D. Margarida desse seu avô, que herdou a casa dele, e de Diogo da Silva, senhor de Vagos, a sua segunda mulher, presidente do parlamento de Lisboa[1], alcaide-mor de Lagos, comendador de Messejana e regedor das Justiças[2].

Casou com D. Maria de Castro, filha do senhores de Ulhão[3]. Com descendência.

Referências

Fontes[editar | editar código-fonte]


Precedido por
António Teles de Meneses
Vice-Rei da Índia Portuguesa
1640 — 1645
Sucedido por
Filipe de Mascarenhas