Manuel António Vassalo e Silva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Manuel António Vassalo e Silva
Nascimento 8 de janeiro de 1899
Torres Novas
Morte 11 de agosto de 1985 (86 anos)
Lisboa
Nacionalidade Portugal Português
Ocupação militar, administrador colonial

Manuel António Vassalo e Silva OAComAGOAOMAI (Torres Novas, 8 de janeiro de 1899[1]Lisboa, 11 de agosto de 1985) foi um general do Exército Português e o último governador do Estado Português da Índia.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Irmão mais novo de Maria Lamas.

Quando ainda capitão, foi feito oficial da Ordem Militar de Avis a 25 de fevereiro de 1928, tendo sido elevado a Comendador da mesma Ordem a 29 de setembro de 1951, feito Oficial da Ordem Civil do Mérito Agrícola e Industrial Classe Industrial a 2 de novembro de 1954 e elevado a Grande-Oficial da Ordem Militar de Avis a 4 de dezembro de 1958.[2]

Caiu, junto com a guarnição portuguesa em Goa, aquando da invasão indiana do território, em 1961.

Vassalo e Silva, com cerca de três mil homens em armas, teve de se render (e ficaram temporariamente prisioneiros) perante as forças indianas, que contavam com cerca de 40 mil soldados.

Teve, no entanto, ordem de Oliveira Salazar para que não se rendessem e lutassem até à morte. Como Vassalo e Silva «decidiu» a rendição, em face das circunstâncias, foi expulso das Forças Armadas Portuguesas, tendo sido reintegrado após o 25 de Abril de 1974. Ganhou o epíteto de Vacila e Salva.

Desde 2014, por proposta da Associação Nacional dos Prisioneiros de Guerra[1], o seu nome está consagrado na toponímia de Lisboa através da Rua General Vassalo e Silva, situada entre as Olaias e a Picheleira, na freguesia do Beato. É também homenageado em ruas da Charneca da Caparica, concelho de Almada, de Linda-a-Velha, concelho de Oeiras, e de Torres Novas, sua terra natal.[3][4]

Referências

  1. a b Boletim Municipal de Lisboa nº 1053, 2º Suplemento
  2. «Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "Manuel António Vassalo e Silva". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 5 de abril de 2013 
  3. Câmara Municipal de Lisboa (CML) - Toponímia de Lisboa
  4. A Rua General Vassalo e Silva, que se rendeu na Índia em dezembro de 1961 Toponímia de Lisboa, 6.2.2017

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Paulo Bénard Guedes
Governador-Geral da Índia Portuguesa
1958 — 1961
Sucedido por
Unificação da República da Índia