João de Mendonça Furtado

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade (desde setembro de 2015).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
João de Mendonça Furtado
Retrato de João de Mendonça Furtado. In Ásia portuguesa de Manuel de Faria e Sousa. Lisboa 1674
Governador da Índia Flag of Portugal (1521).svg
Período 1564
Antecessor(a) Francisco Coutinho, 3.º Conde de Redondo
Sucessor(a) Antão de Noronha
Dados pessoais
Nascimento 1530
Morte 1578 (48 anos)
Batalha de Alcácer-Quibir
Progenitores Mãe: D. Isabel de Noronha e Castro
Pai: António de Mendoça Furtado

João de Mendonça Furtado (1530Batalha de Alcácer-Quibir, 4 de Agosto de 1578) foi um militar português.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Foi o 21.º Governador da Índia. Rumou para a Índia ainda em 1547, sendo nomeado comandante da Fortaleza de Chaul e depois, Capitão de Malaca. Em 1564, foi nomeado Governador da Índia, de forma interina entre fevereiro e setembro daquele ano.[1]. Exerceu igualmente o cargo de "General da armada do reino". Esteve ao lado de Dom Sebastião na batalha de Alcácer-Quibir.

Dados Genealógicos[editar | editar código-fonte]

Filho de:

Casado com:

Pais de:

  • Nuno de Mendoça, 1º conde de Vale de Reis, que foi da Chave dourada do Cardeal Alberto e seu Gentil-homem da Câmara, Comendador de Armamar na Ordem de Cristo, Capitão General em Tanger e Governador desse "Reino". Casou com Guiomar da Silva Teles de Menezes, filha de Luís da Silva, Alcaide-mor de Moura e Comendador de Campanhã na Ordem de Cristo.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Referências

Precedido por
Francisco Coutinho, 3.º Conde de Redondo
Governador da Índia Portuguesa
1564
Sucedido por
Antão de Noronha