Manuel de Portugal e Castro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Manuel de Portugal e Castro
Nascimento 5 de novembro de 1787
Campo Grande, Olivais, hoje em Lisboa
Morte 13 de julho de 1854 (66 anos)
Lisboa
Nacionalidade Portugal Português
Ocupação Administrador colonial

D. Manuel Francisco Zacarias de Portugal e Castro[1] (Campo Grande, Olivais, hoje em Lisboa, 5 de novembro de 1787Lisboa, 13 de julho de 1854) foi um administrador colonial português.

Filho de Afonso Miguel de Portugal e Castro, 4.º marquês de Valença com Maria Teresa Teles da Silva, filha do 6.º Conde de Vilar Maior e da 2.ª Marquesa de Penalva, sendo portanto irmão de José Bernardino de Portugal e Castro, 5.º Marquês de Valença. Não se casou nem deixou descendência.[2]

Foi governador-geral da capitania de Minas Gerais, de 1814 a 1821. Depois, foi nomeado governador da Ilha da Madeira, cargo que exerceu durante alguns meses de 1826, quando foi nomeado 84.º Governador da Índia (até 1830) e 50.º Vice-Rei da Índia, até 1835. Após o fim de seu vice-reinado, houve revoltas na Índia com a nomeação de Bernardo Peres da Silva como governador, e dessa forma voltou a governar por breves dias.[3]

Encontra-se sepultado no Cemitério dos Prazeres no jazigo de nº 927 da rua 35.

Referências

  1. Na grafia arcaica, Manuel Francisco Zacharias de Portugal e Castro, também encontrado como apenas Manuel Francisco de Portugal e Castro, quando se refere a ele como Vice-Rei da Índia Portuguesa.
  2. João Carlos Feo Cardoso de Castello Branco e Torres e Manuel de Castro Pereira [de Mesquita] (1838). Resenha das familias titulares do reino de Portugal. Acompanhada das noticias biographicas de alguns individuos das mesmas familias. [S.l.]: Imprensa Nacional. pp. 250 e 251 
  3. Manoel José Gabriel Saldanha (1990). História de Goa: História política 2.ª ed. [S.l.]: Asian Educational Services. pp. 246 a 261. ISBN 9788120605909 


Precedido por
Francisco de Assis Mascarenhas
Governador de Minas Gerais
1814 — 1821
Sucedido por
Visconde de Caeté
Precedido por
Manuel Maria Gonçalves Zarco da Câmara
Governador e Capitão-Geral da Índia Portuguesa
1826 — 1830
Sucedido por
o próprio
Precedido por
Manuel Maria Gonçalves Zarco da Câmara
Vice-Rei e Capitão-Geral da Índia Portuguesa
1826 — 1835
Sucedido por
Bernardo Peres da Silva
Precedido por
Bernardo Peres da Silva
Governador da Índia Portuguesa
1835
Sucedido por
Joaquim Manuel Correia da Silva e Gama