Johann Kaspar Lavater

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Johann Kaspar Lavater
Conhecido(a) por É considerado o fundador da fisiognomonia, entusiasta do magnetismo animal na Suíça e correlação com a realeza Russa.
Nascimento 15 de novembro de 1741
Zurique, Suíça
Morte 2 de janeiro de 1801
Zurique, Suíça
Nacionalidade Suíça Flag of Switzerland.svg
Ocupação Magnetizador, pastor, filósofo, poeta e teólogo
Página oficial
Portal A Wikipédia possui o
Portal sobre o Magnetismo Animal

Johann Kaspar Lavater (Zurique, 15 de novembro de 1741 - 2 de janeiro de 1801), Além de pastor ele foi filósofo, poeta, teólogo[1] e um entusiasta do magnetismo animal na Suíça. É considerado o fundador da fisiognomonia, a arte de conhecer a personalidade das pessoas através dos traços fisionômicos[2] .

Primeiros anos[editar | editar código-fonte]

Johann Kaspar Lavater nasceu em 15 de novembro de 1741 em Zurique, Suíça, foi educado num ginásio onde contava com Johann Jakob Bodmer e Johann Jakob Breitinger entre os professores.

Com pouco mais de vinte e um anos de idade, Lavater distinguiu-se por muitas denuncias, em conjunto com seu amigo Henry Fuseli o pintor, contra um juiz iníquo, que foi obrigado a fazer a restituição de ganhos obtidos de forma obtusa[3] .

Em 1769 Lavater tomou ordens sacras na Igreja Zwingliana Zurique, e ficou ordenado até sua morte, como diácono ou pastor nas igrejas em sua cidade natal. Seu fervor oratório e genuína profundidade de convicção lhe deu grande influência pessoal; Ele extensivamente foi consultado como um casuísta, e foi recebido com entusiasmo em suas viagens por toda a Alemanha[3] .

O encontro com Mesmer e sua amizade com Pestalozzi[editar | editar código-fonte]

Silhueta de Lavater

Quando Mesmer deixa Paris em 1785, em viagem a Zurique, encontra-se com o pastor Johann Kaspar Lavater e com ele troca conhecimentos sobre o Magnetyismo animal[4]

Cquote1.svg Lavater também se interessou muitíssimo, segundo seu amigo Goethe, pelo mesmerismo, tendo influenciado vários médico, que, por sua vez, espalharam, com suas curas, as idéias mesméricas[5] . Cquote2.svg
Corina Novelino

Seus escritos sobre misticismo foram amplamente popular também.

O biografo de Allan Kardec, Zeus Wantuil, comenta a ligação de Lavater com Pestalozzi com as seguintes palavras:

Cquote1.svg Esse pastor suíço, que se inclinaria ao ocultismo, distinguiu-se por uma grande tolerância (...) tendo sido para Pestalozzi um conselheiro e as vezes um protetor. Esta profunda amizade perdurou até a morte de Lavater(...)[6] . Cquote2.svg

e reafirmado pela Revista Presença Espírita:

Cquote1.svg Lavater era amigo desde a juventude, de Pestalozzi, fundador do Instituto Yverdon[7] . Cquote2.svg

Fisiognomia[editar | editar código-fonte]

Lavater é bem mais conhecido por seu trabalho no campo da fisiognomia, Physiognomische Fragmente zur Beförderung und der Menschenkenntnis Menschenliebe (1775-1778)[1] . A fama deste livro, que encontrou adeptos na França e na Inglaterra, bem como na Alemanha, repousa em grande parte sobre o o belo estilo de publicação e as ilustrações que lhes são oriunda. As duas principais fontes que Lavater, em seus estudos fisiognômicos desenvolveu, foram os escritos do italiano Giovanni Battista della Porta , e as observações feitas por Sir Thomas Browne em sua obra Religio Medici (traduzido para o alemão em 1748 por Lavater).

Cartas a Imperatriz Maria Feodorawna[8] [editar | editar código-fonte]

Lavater escreveu célebres cartas a Imperatriz Maria Feodorovna, esposa do Imperador Paulo I da Rússia[2] . Nessas cartas, Lavater expressa ideias sobre o estado da alma após a morte e coloca que o mundo invisível deve ser penetrável para a alma separada do corpo, assim como ele o é durante o sono mesmérico, que a alma aperfeiçoa em sua existência material as qualidades do corpo espiritual, veículo com que continuará a existir depois da morte e pelo qual conceberá e obrará uma nova existência, diz ainda que, o estado da alma depois da morte será fundado sempre neste princípio geral[2] :

Cquote1.svg o homem colhe o que houver plantado e que cada alma, separada do seu corpo se apresenta a si própria, depois da morte, tal como ela é na realidade, seu peso intrínseco, como que obedecendo à lei de gravitação, atraí-la-á aos abismos insondáveis ou às regiões luminosas, fluídicas e etéreas; onde o bom Espírito elevar-se-á para os bons e o perverso será empurrado para os maus, atendendo à lei das afinidades[1] . Cquote2.svg

Essas cartas, ao todo, foram escritas no período de 1796 a 1798 e enviadas de Zurique. Dezesseis anos antes, em Zurique e em Schaffhausen, Lavater teve ocasião de ser apresentado ao Conde e à Condessa do Norte, títulos usados então pelo Grão-Duque da Rússia e sua esposa em sua viagem pela Europa. Lavater estabelece nessas cartas que a alma, depois de deixar o corpo, pode inspirar ideias a qualquer pessoa que esteja apta a receber-lhe a luz, e assim fazer-se comunicar por escrito a algum amigo deixado na Terra[2] .

Ideais[editar | editar código-fonte]

Poeta[editar | editar código-fonte]

Johann Casper Lavater.jpg

Como poeta , Lavater publicou: Christliche Lieder (1776-1780) e dois épicos , Jesus Messias (1780) e Joseph von Arimatéia (1794), no estilo de Friedrich Gottlieb Klopstock. Mudando para o temperamento religioso de seu tempo de Lavater edita Aussichten in die Ewigkeit(4 volumes. 1.768-1.778), Geheimes Tagebuch von einem Beobachter seiner selbst(2 volumess., 1772-1773), e Pontius Pilatus, oder der Mensch in allen Gestalten (4 volumes., 1782-1785)[1] .

Discordâcia[editar | editar código-fonte]

De 1774 em diante, Johann Wolfgang von Goethe estava intimamente relacionado com os objetivos de Lavater, mais tarde teve uma briga com ele, acusando-o de superstição e hipocrisia.

Antagonista ao racionalismo e morte de Kaspar[editar | editar código-fonte]

Lavater teve indiferença de um místico ao histórico cristianismo[1] , e embora Considerado como um campeão da ortodoxia, era na verdade um antagonista do racionalismo . Durante seus ultimos anos, Lavater teve sua influencia diminuida, e levado a um ridículo considerável. Sua conduta durante a ocupação francesa da Suíça levou-o a sua morte. Na tomada de Zurique pelos franceses em 1799, Lavater, enquanto na tentativa de apaziguar os agressores, foi baleado por um granadeiro enfurecido. Ele morre aos 2 de janeiro de 1801 com muita firmeza. Pelo que Lavater expos em sua época ele pode ser considerado um precursor de Allan Kardec. Nessas correspondências trocadas com a Imperatriz ele encaminhou cartas recebidas de um espírito desencarnado (psicografadas). O suiço artista e ilustrador, Warja Honegger-Lavater , foi um descendentes diretos de Johann Kaspar Lavater.

Portal A Wikipédia possui o
Portal sobre o Magnetismo Animal


Obras[editar | editar código-fonte]

  • Vermischte Schriften (Escritos Mistos) (2 volumes., 1774–1781)
  • Kleinere prosaische Schriften (Escritos menores em prosa) (3 volumess., 1784–1785)
  • Nachgelassene Schriften[nota 1] (Obras póstuma) (5 volumes., 1801–1802)
  • Sämtliche Werke (Obras Completas) (Poemas; 6 volumes., 1836–1838)
  • Ausgewählte Schriften(Coletânea de escritos) (8 vols., 1841–1844).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

  1. Reunidas num único volume, as cartas foram publicadas em Petersburgo, em 1858[2] .

Referências

  1. a b c d e   "Lavater, Johann Kaspar". Encyclopædia Britannica (11th). (1911). Ed. Chisholm, Hugh. Cambridge University Press. 
  2. a b c d e DENIS, Léon, O porquê da vida - 22edição, 2006 - editora FEB
  3. a b SHOOKMAN, Ellis, The Faces of physiognomy : interdisciplinary approaches to Johann Caspar Lavater. Ellis Shookman. Columbia, SC : Camden House, 1993. (ISBN 1879751518)
  4. Rosa Cruz, Mesmer
  5. NOVELINO, Corina, ‘’Lindos casos da mediunidade de Eurípedes,1. Ed, p.14
  6. WANTUIL e Tiesen, Francisco, ‘’Allan Kardec o educador e o codificador, vol I, 2.ed.,p.76.
  7. Revista Presença Espírita, LEAL, Ed.160, março/abril de 1992.
  8. Lavater, Johann Caspar - Google Books Briefe an die Kaiserin Maria Feodorowna, Gemahlin Kaiser Pauls I. von ...
Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Johann Kaspar Lavater
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Johann Kaspar Lavater
Ícone de esboço Este artigo sobre Magnetizador é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.