Joias do Império do Brasil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde dezembro de 2017). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
A Fala do Trono de Pedro Américo retrata o momento em que Dom Pedro II convoca a Assembleia e o Senado em 1872, portando a Coroa e o Cetro.

As Joias do Império do Brasil são as joias utilizadas pela Família imperial brasileira até 1889, dentre elas a famosa Coroa de Dom Pedro II. Parte das joias se encontram expostas no Museu Nacional no Rio de Janeiro e outras no Museu Imperial de Petrópolis desde 1943.[1] Algumas também se encontram em Brasília.

Além de serem usadas na cerimônia de coroação do imperador Dom Pedro II, elas também foram usadas pelo mesmo durante as duas sessões parlamentares. Também fazem parte da coleção a Coroa de Pedro I, o Cetro Imperial, os Trajes Majestáticos e as Medalhas do Império, todos conservados em território brasileiro.

Referências

  1. Batista Da Silva, George (2009). Petrópolis. Joinville, SC: Clube de Autores. p. 54 
Ícone de esboço Este artigo sobre joalharia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.