Liga Progressista

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Liga Progressista
Presidente Nabuco de Araújo
Fundação 6 de junho de 1864
Dissolução 16 de julho de 1868
Ideologia Conservadorismo
Liberalismo clássico
Espectro político Centro
Religião Católica romana[nota 1]
Antecessor Partido Liberal (1864)
Sucessor Partido Liberal (1868)
País Império do Brasil Império do Brasil
Presidentes do Conselho de Ministros
(1847 - 1889)
3 / 32
Política do Brasil

Partidos políticos

Eleições

Liga Progressista ou Partido Liberal Progressista foi um partido político do Império do Brasil. Surgiu a partir de liberais descontentes com o domínio do Partido Conservador, e contou com o apoio alguns conservadores dissidentes, como Nabuco de Araújo.

O programa da liga foi lançado oficialmente no dia 6 de junho de 1864 por Silveira Mota no Senado, sendo a liga dissolvida em 16 de julho de 1868 pelo imperador D. Pedro II, detentor do Poder Moderador. Dentre os seus integrantes, destacou-se a figura do Conselheiro Zacarias de Góis e Vasconcelos.

Para José Murilo de Carvalho, [1] o Partido Progressista, como grupo político organizado e conciliador, dominou a cena política entre 1862-1868. A liga surgiu em 1862 e o consequente Partido Progressista, dois anos depois, em 1864, permanecendo atuante até 1868, quando então, com a queda de seu maior representante, Zacarias de Góis e Vasconcelos, acabou por dissolver-se. Parte de seus integrantes, formou o Partido Liberal e outra parte ingressaria no recém fundado (em 1873) Partido Republicano.

No Segundo Reinado (1840-1889), outros foram os partidos de peso na vida pública e decisões políticas de então: o Partido Liberal (1831), o Partido Conservador (1837), o Partido Progressista (1862), o Partido Liberal-radical (1868), o Partido Liberal (1869), o Partido Republicano (1873), etc. e movimentos como a Reunião Popular no Recife para deliberar-se sobre o juramento do Projeto de Constituição e o Manifesto do Centro Liberal.

Presidentes do Conselho de Ministros[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Gabinete (Brasil)
Nome Retrato Origem Período dos mandatos
Zacarias de Góis Zacarias.jpg Bahia 24 de maio de 1862 - 30 de maio de 1862
Pedro de Araújo Lima
Marquês de Olinda
Marquis of Olinda 1860.jpg Pernambuco 30 de maio de 1862 - 15 de janeiro de 1864
Zacarias de Góis Zacarias.jpg Bahia 15 de janeiro de 1864 - 31 de agosto de 1864

Notas

  1. Art. 5º: A Religião Católica Apostólica Romana continuará a ser a religião do Império. Todas as outras religiões serão permitidas com seu culto doméstico, ou particular, em casas para isso destinadas, sem forma alguma exterior de templo.[2]

    Art. 95: Todos os que podem ser eleitores são hábeis para serem nomeados deputados.

    Excetuam-se:

    3°) Os que não professarem a religião do Estado.[3]

Referências

  1. CARVALHO, José Murilo de. Construção da Ordem - Teatro das Sombras
  2. Constituição Imperial de 1824, p. 1 e 3
  3. Constituição Imperial de 1824, p. 12

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • BLAKE, Sacramento. Diccionario bibliographico brazileiro. Rio de Janeiro : Typ. Nacional, 1883-1902. v.1, p. 71-72.
  • LANGRAF PICCOLO, Helga Iracema. A política rio-grandense no Segundo Império (1868-1882). Gabinete de Pesquisa de História do Rio Grande do Sul, 1974, 155 páginas
  • LOMBARDI FERNANDES, Maria Fernanda. A esperança e o desencanto: Silva Jardim e a república. Humanitas, 2008 - 268 páginas (ISBN 978-85-7232-079-0)
  • SCHULZ, John. O Exército na política: origens da intervenção militar, 1850-1894- São Paulo: EdUSP, 01/01/199 - 224 páginas (ISBN 8531401887) (ISBN 9788531401886)
  • CORDEIRO, Celeste. Antigos e modernos: no Ceará provincial. Annablume Editora, 01/01/1997 - 299 páginas - (ISBN 85-85596-95-3)
  • COSTA, Milton Carlos. Joaquim Nabuco entre a política e a história - Annablume Editora, 2003 - 235 páginas - (ISBN 8574193887) (ISBN 9788574193885)
Ícone de esboço Este artigo sobre política ou um cientista político é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.