Matriz antissimétrica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde novembro de 2013). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Uma matriz antissimétrica é aquela cuja matriz transposta coincide com sua matriz oposta, isto é, [1]

Equivalentemente, os termos satisfazem:

Disso decorre que os termos da diagonal principal obrigatoriamente devem ser nulos (exceto no caso de matrizes sobre um anel com característica dois) pois:

Exemplo[editar | editar código-fonte]

Matriz B antissimétrica

Os elementos diagonais da matriz B3 são zeros e os elementos simétricos têm sinal oposto

Referências

  1. Callioli 1990, p. 24

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Callioli, Carlos A.; Hygino H. Domingues; Roberto C. F. Costa (1990). Álgebra Linear e Aplicações 6 ed. São Paulo: Atual. ISBN 9788570562975 
  • Lipschutz, S ; Lipson, M (2011). Álgebra Linear - Col. Schaum 4 ed. Porto Alegre : Bookman. ISBN 9788540700413


Ícone de esboço Este artigo sobre matemática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.