Matriz esparsa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Uma matriz é dita esparsa quando possui uma grande quantidade de elementos que valem zero[1] (ou não presentes, ou não necessários).[2]

Matrizes esparsas têm aplicações em problemas de engenharia, física (por exemplo, o método das malhas para resolução de circuitos elétricos ou sistemas de equações lineares). Também têm aplicação em computação: armazenamento de dados (e.g., planilhas eletrônicas)

A matriz esparsa é implementada através de um conjunto de listas ligadas que apontam para elementos diferentes de zero. De forma que os elementos que possuem valor zero não são armazenados.

Referências

  1. «SciPyPackages/Sparse». Consultado em 23 de agosto de 2012. Arquivado do original em 8 de julho de 2012 
  2. Weisstein, Eric W. «Matriz esparsa» (em inglês). MathWorld 


Ícone de esboço Este artigo sobre matemática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.