Novo Basquete Brasil de 2019–20

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Gnome globe current event.svg
Este artigo ou seção é sobre um evento desportivo atualmente em curso. A informação apresentada pode mudar com frequência. Não adicione especulações, nem texto sem referência a fontes confiáveis. (data da marcação: 13 de novembro de 2019; editado pela última vez em 13 de novembro de 2019) Sports current event.svg
NBB 2019–20
NBB 12
{{{PAGENAME}}}
Campeonato Novo Basquete Brasil
Esporte Basquetebol
Duração 12 de outubro de 2019junho de 2020
Número de times 16
Parceiro(s) de TV Band (TV Aberta)
DAZN (Streaming)
ESPN (TV Fechada)
Fox Sports (TV Fechada)
Temporada regular
Playoffs
Temporadas NBB

O Novo Basquete Brasil de 2019–20 será uma competição brasileira de basquete organizada pela Liga Nacional de Basquete. Esta será a décima segunda edição deste campeonato, que é organizado pela LNB com a chancela da Confederação Brasileira de Basketball. O NBB garante vagas para torneios internacionais como a Champions League Américas (torneio que substitui a Liga das Américas) e a Liga Sul-Americana.[1]

Entre as novidades deste ano estão as participações do Unifacisa campeão da Liga Ouro de 2019; do São Paulo, vice campeão da Liga Ouro que entra com a franquia do Joinville/AABJ e a volta do Rio Claro, que entra com a franquia do Macaé e a estreia do Pato Basquete, que entrou com a aprovação dos clubes. Já o Vasco da Gama deixou a competição. A partir desta edição não haverá rebaixamento para a Liga Ouro, pois a mesma teve a última edição em 2019.[2][3]

Regulamento[editar | editar código-fonte]

Os times jogarão entre si em turno e returno e os 12 melhores colocados ao término da fase de classificação avançarão aos playoffs. Os quatro primeiros garantem vaga direta nas quartas de final. Já as equipes de 5º ao 12º lugares disputam as oitavas de final em melhor de três partidas. A partir das quartas, as séries vão para o formato de cinco jogos, no modelo 1-2-1-1, com os jogos 2, 3 e 5 sendo realizados na casa da equipe de melhor campanha na fase de classificação.[1]

Transmissão[editar | editar código-fonte]

O Fox Sports e a ESPN serão os canais que farão a transmissão na TV fechada. Na TV aberta, assim como no ano anterior, a exclusividade continua com a Band. Além disso, as páginas da NBB no Facebook e no Twitter também transmitirão alguns jogos. O DAZN, serviço de streaming, é a grande novidade para esta temporada. Dessa forma, a quantidade de partidas exibidas ao público será de 100%, pela primeira vez.[4][5]

Participantes[editar | editar código-fonte]

Equipe Cidade Estado Em 2018-19 Ginásio Capacidade Títulos do NBB (último)
Basquete Cearense Fortaleza Ceará CE 8º (NBB 2018-19) Centro de Formação Olímpica
Ginásio Paulo Sarasate
17 000
8 822
0 (não possui)
Bauru Bauru São Paulo SP 7º (NBB 2018-19) Panela de Pressão 2 000 1 (2016–17)
Botafogo Rio de Janeiro Rio de Janeiro RJ 4º (NBB 2018-19) Ginásio Oscar Zelaya 850 0 (não possui)
Corinthians São Paulo São Paulo SP 6º (NBB 2018-19) Ginásio Wlamir Marques 7 000 0 (não possui)
Flamengo Rio de Janeiro Rio de Janeiro RJ 1º (NBB 2018-19) Tijuca Tênis Clube
Arena Carioca 1
4 000
6 000
6 (2018–19)
Franca Franca São Paulo SP 2º (NBB 2018-19) Pedrocão 7 000 0 (não possui)
Minas Belo Horizonte Minas Gerais MG 10º (NBB 2018-19) Juscelino Kubitschek 4 000 0 (não possui)
Mogi das Cruzes Mogi das Cruzes São Paulo SP 3º (NBB 2018-19) Hugo Ramos 5 000 0 (não possui)
Paulistano São Paulo São Paulo SP 9º (NBB 2018-19) Antônio Prado Júnior 1 500 1 (2017–18)
Pinheiros São Paulo São Paulo SP 5º (NBB 2018-19) Henrique Villaboim 824 0 (não possui)
Pato Basquete Pato Branco Paraná PR 7º (Liga Ouro 2019) Ginásio do Sesi 1 000 0 (não possui)
Rio Claro Rio Claro São Paulo SP 3º (Liga Ouro 2019) Ginásio Felipe Karan 3 000 0 (não possui)
São José São José dos Campos São Paulo SP 12º (NBB 2018-19) Lineu Moura 2 620 0 (não possui)
São Paulo São Paulo São Paulo SP 2º (Liga Ouro 2019) Ginásio do Morumbi 1 900 0 (não possui)
Unifacisa Campina Grande Paraíba PB 1º (Liga Ouro 2019) Arena Unifacisa 2 000 0 (não possui)
Universo/Brasília Brasília Distrito Federal (Brasil) DF 11º (NBB 2018-19) ASCEB
Nilson Nelson
1 100
16 000
0 (não possui)[UNI]
Nota
  • UNI. ^ Depois de três anos de união com o EC Vitória, o Universo encerrou a parceira com o clube baiano e mudou-se para Brasília. A equipe não carrega consigo os resultados do antigo time brasiliense.

Primeira fase[editar | editar código-fonte]

Classificação[editar | editar código-fonte]