Pipe-let

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Pipelet, ou Pipe-let, é uma ópera com libreto escrito por Machado de Assis e música de Ermanno Wolf-Ferrari. Era baseada em The Mysteries of Paris de Eugène Sue.[1] Machado escreveu para divulgá-la:

"Abre-se segunda-feira, a Ópera Nacional com o Pipelet, ópera em actos, música de Ferrari, e poesia do Sr. Machado de Assis, meu íntimo amigo, meu alter ego, a quem tenho muito affecto, mas sobre quem não posso dar opinião nenhuma."[2]

A ópera não recebeu projeção, tampouco agradou crítica ou público.[3] Gioacchino Giannini, que dirigiu a orquestra, sentiu-se contrariado com os músicos e escreveu num artigo: "Não falaremos do desempenho de Pipelet. Isso seria enfadonho, horrível e espantoso para quem o viu tão regularmente no Teatro de São Pedro."[4]

Referências

  1. Délio Freire dos Santos, Cabrião (UNESP, 2000), p.xxvii. ISBN 8571393311
  2. Revista Época. "Texto raro de Machado de Assis, publicado no livro Minoridade Crítica". Acesso: 4 de agosto, 2010.
  3. Luís Antônio Giron, Opera e o teatro nos folhetins da corte, 1826-1861 (Ediouro Publicações SA, 2004), p.196. ISBN 8500013745
  4. "Chronica Theatral - domingo 19 de fevereiro de 1860." Revista Theatral, Rio de Janeiro, 19/02/1960. p.45