Polar the Titanic Bear

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Polar the Titanic Bear é um livro infantil escrito por Margaretta "Daisy" Corning Spedden (nascida Stone) (19 de novembro de 1872 – 10 de fevereiro de 1950). Spedden era uma herdeira americana que sobreviveu ao naufrágio do RMS Titanic, e seu relato da viagem da família e o eventual desastre, escrito como um conto para entreter seu filho de 7 anos de idade, foi publicado por volta de 45 anos depois de sua morte. A estória é contada do ponto de vista de um urso de pelúcia.[1]

Como a estória foi escrita[editar | editar código-fonte]

Spedden nasceu em Morristown, New Jersey e viveu com seu marido Frederic e filho Robert Douglas em Tuxedo Park, Nova Iorque. A família viajava frequentemente, e ela mantinha diários detalhados de suas viagens.

Em abril de 1912, a família Spedden reservou uma passagem no Titanic. Depois do naufrágio do navio, Daisy foi resgatada pelo RMS Carpathia.[2] Todos os membros da comitiva dos Speddens sobreviveram ao desastre embarcando no bote número 3.[3] No ano seguinte, Spedden escreveu e ilustrou um livro em que contava a estória da viagem, do naufrágio e do resgate do ponto de vista do urso de pelúcia de Douglas.[4] Ela deu o livro de estórias para Douglas como presente de Natal.[5] Dois anos depois, Douglas morreu em um acidente automobilístico.[6] Daisy morreu em 10 de fevereiro de 1950, e o livro permaneceu entre as posses da família pelos próximos quarenta anos.[7]

Publicação[editar | editar código-fonte]

Depois de muitos anos, o livro foi encontrado em um baú de Leighton H. Coleman III, um parente de Spedden, e ele decidiu ter aquilo publicado. A estória foi editada por Hugh Brewster da Madison Books em Toronto, Ontário, e a artista canadense Laurie McGaw foi escolhida para ilustrar o livro em aquarela.[8] Coleman escreveu uma introdução explicando como a estória ocorreu.[1] Algumas das fotografias de Spedden e imagens dos souvenirs do Titanic foram também usadas como ilustrações. A Madison Books publicou a primeira edição em 1994.

Edições:

O livro também foi traduzido para o alemão, espanhol, holandês e japonês.[8]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Polar the Titanic Bear venceu inúmeras premiações para livros infantis, incluindo:

  • Silver Birch Award da Ontario Library Association[12]
  • 1998 BILBY Award (Categoria Jovens Leitores) (Austrália)[13]
  • Society of School Librarians' Award por Melhor Livro Internacional para crianças até 6 anos
  • Finalista do Governor General's Award (Canadá) de 1994, pelas ilustrações de Laurie McGaw
  • 1995 - Children's Choice Award[14]

Referências

  1. a b Eugene L. Rasor (1 de janeiro de 2001). The Titanic: Historiography and Annotated Bibliography. [S.l.]: Greenwood Publishing Group. pp. 87–. ISBN 978-0-313-31215-1 
  2. "Mrs Margaretta Corning Spedden (née Stone)", encyclopedia titanica
  3. Titanic Titanic.com
  4. Barbara Stoodt (1996). Children's Literature. [S.l.]: Macmillan Education AU. pp. 281–. ISBN 978-0-7329-4012-6 
  5. "Tuxedo Historical Society to raffle Steiff Titanic bear, book". Record Online.
  6. Dunaief, Daniel. "Long Islanders voyaged on Titanic, the ship of dreams" Arquivado em 2014-08-16 no Archive.is. Long Islander, 11 de abril de 2012.
  7. Carole Marsh (1 de setembro de 1998). Gigantic Titanic Trivia for Kids!. [S.l.]: Carole Marsh Books. pp. 62–. ISBN 978-0-7933-8985-8 
  8. a b c Gail Edwards; Judith Saltman (2010). Picturing Canada: A History of Canadian Children's Illustrated Books and Publishing. [S.l.]: University of Toronto Press. p. 159. ISBN 978-0-8020-8540-5 
  9. "Polar the Titanic Bear". Looking Glass Reviews
  10. Bette DeBruyne Ammon; Gale W. Sherman (1996). Worth a Thousand Words: An Annotated Guide to Picture Books for Older Readers. [S.l.]: Libraries Unlimited. pp. 136–. ISBN 978-1-56308-390-7 
  11. "Vintage Review: Polar the Titanic Bear". Kids Book Review
  12. Library and Archives Canada, Award Winning Books
  13. «Children's Book Council of Australia, Books I Love Best Yearly». Consultado em 22 de fevereiro de 2018. Arquivado do original em 21 de outubro de 2014 
  14. Wendy Killeen (3 de maio de 1998). «Children's author guest in Wenham». The Boston Globe (Boston, MA). The New York Times Company. Consultado em 16 de agosto de 2014 – via HighBeam Research. (pede subscrição (ajuda)) 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]