Frederic Kimber Seward

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Frederic Kimber Seward
Seward em 1925
Nascimento 23 de março de 1878
Wilmington, Delaware, Estados Unidos
Morte 7 de dezembro de 1943 (65 anos)
Nova Iorque, Nova Iorque, Estados Unidos
Progenitores Mãe: Christina Kimber
Pai: Samuel S. Seward II

Frederic Kimber Seward (Wilmington, Delaware, 23 de março de 1878Nova Iorque, 7 de dezembro de 1943) foi um advogado corporativo proeminente na cidade de Nova Iorque.[1] Ele foi um dos passageiros do RMS Titanic, e mais tarde presidiu um comitê de sobreviventes que homenagearam o navio de resgate RMS Carpathia.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Seward nasceu em 23 de março de 1878 em Wilmington, Delaware, filho do reverendo Samuel S. Seward II e Christina Kimber.[1] Ele teve um irmão, John Perry Seward, um médico homeopata.[2] Formou-se na Universidade Columbia em 1899 e foi membro do Glee Club.[3] Ele teve três filhos: Frederick Kimber Seward, Jr. (1904-1967); Katharine Seward (1908-?) e Samuel S. Seward III (1910-1989).[1][4][5] Em 1908, ele começou a trabalhar no escritório de advocacia Curtis, Mallet, Prevot & Colt, na cidade de Nova Iorque.[1][6] Ele serviu no conselho de administração do Museu Nacional do Índio Americano em 1916.[5]

Seward morreu de insuficiência cardíaca em 7 de dezembro de 1943 na cidade de Nova Iorque.[5]

O desastre do Titanic[editar | editar código-fonte]

Seward, que retornou da Europa durante uma viagem de negócios, estava a bordo do RMS Titanic quando o navio atingiu um iceberg e afundou na noite de 14 de abril de 1912. No momento do impacto, ele estava jogando cartas com William T. Sloper e Dorothy Gibson no salão da primeira classe.[7] Seward sobreviveu ao naufrágio, embarcando no bote salva-vidas Nº 7, o primeiro a ser lançado pelo navio.[8][9][10] Assim como outros sobreviventes, Seward apresentou um processo contra a White Star Line; ele próprio foi advogado de outro sobrevivente, John Montgomery Smart, e trabalhou na liquidação de sua propriedade.[11] Ele também atuou como presidente de uma comissão para honrar a bravura do capitão Arthur Rostron e sua equipe do RMS Carpathia.[12]

Referências

  1. a b c d Frederic Kimber Seward. [S.l.]: Who's Who in New York (city & state, 1917–1918); Knox, Leonard, Mohr & Holmes; 1918. p. 960. Frederic ... Samuel S. and Christina F (Kimber) Seward; grad. Columbia, AB, 1899; NY Law Sch.; m. Aug. ... 
  2. «John Perry Seward». Consultado em 7 de julho de 2010. ... was born in Philadelphia, Pennsylvania, December 20, 1868, son of Samuel S. and Chrissie (Kimber) Seward. ... 
  3. Catalogue of officers and graduates. [S.l.]: Universidade Columbia. 1900. p. 188 
  4. «Her Marriage to Donald W. Gardner in St. Luke's Church, Forest Hills Gardens, Oct. 31.». New York Times. Consultado em 7 de julho de 2010. Mr. and Mrs. Frederic Kimber Seward of Forest Hills Gardens, L. I., have sent out invitations for the marriage of their daughter Miss Katharine Seward to Donald Wati Gardner of Philadelphia, son of Mr. and Mrs. E.W. Gardner of Brockton ... 
  5. a b c «F. K. Seward Dead. Lawyer 40 Years». New York Times. 9 de dezembro de 1943 
  6. «Frederick K. Seward». New York Times. 16 de abril de 1912. Consultado em 7 de julho de 2010. Frederick K. Seward is a member of the firm of Curtis, Mallet, Prevot & Colt of 30 Broad Street, and had been to Europe on business for his firm. He was graduated from Columbia University in 1899, bring a prominent member of the Glee Club during his college days. He is married and lives at 542 West 112th Street. He is a brother of Dr. J. Perry Seward of this city. 
  7. Daniel Allen Butler (2002). Unsinkable: The Full Story of the RMS Titanic. [S.l.]: Da Capo Press. p. 92. ISBN 0-306-81110-3. Their bridge companions of the evening, Frederick Seward and William Sloper, were persuaded to join them. ... 
  8. «Frederick K. Seward». Encyclopedia Titanica. Consultado em 7 de julho de 2010 
  9. Variously identified in documents as Frederic or Frederick
  10. His obituary in the New York Times makes no reference to him surviving the sinking of the Titanic
  11. «Estate of Titanic Victim Cannot Be Settled Until They Have Been Notified.». New York Times. 14 de julho de 1912. Consultado em 7 de julho de 2010. Frederick K. Seward, counsel for J. Montgomery Smart, one of the victims of the Titanic disaster, is still searching the world for Mr. Smart's two children. The search has now been going on for several months without the slightest clue having been obtained as to their whereabouts. 
  12. Locomotive firemen's magazine. [S.l.]: Brotherhood of Locomotive Firemen. The chairman of the committee, Mr. Frederick K. Seward, then addressed the crew in part as follows ...