Titanic: Blood and Steel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou seção está a ser traduzido (desde fevereiro de 2018). Ajude e colabore com a tradução.
Titanic: Blood and Steel
Informação geral
Formato Série
Gênero Ficção histórica
País de origem França
Itália
Canadá
Irlanda
Idioma original Inglês
Produção
Diretor(es) Ciaran Donnelly
Produtor(es) Guido de Angelis
Cinematografia James Welland
Distribuída por Tandem Communications
Roteirista(s) Mark Skeet
Matthew Faulk
Stefano Voltaggio
Alan Whiting
Francesca Brill
Elenco
Compositor da música-tema Maurizio de Angelis
Empresa(s) de produção
  • De Angelis Group
Exibição
Transmissão original 13 de maio de 2012 (2012-05-13) – 29 de julho de 2012 (2012-07-29)
N.º de temporadas 1
N.º de episódios 12

Titanic: Blood and Steel é uma série de televisão de ficção histórica em 12 capítulos sobre a construção do RMS Titanic.[1][2] Produzida pelo canal History Ásia, é um dos dois dramas com vasto orçamento que foram ao ar nas TVs em abril de 2012, o centenário do naufrágio; a outra série é Titanic.

Titanic: Blood and Steel estreou na Alemanha e Dinamarca em 15 de abril de 2012, na Itália em 22 de abril de 2012 e na França em dezembro de 2012. Parte das filmagens ocorreram na Sérvia,[3] onde a série foi ao ar em 9 de setembro de 2012. No Canadá, A transmissão se iniciou em 19 de setembro de 2012, pela CBC. Foi ao nos Estados Unidos em formato de mini-série em 6 partes com dois episódios em sequência<[4] de 8 de outubro de 2012 até 13 de outubro de 2012, pela Starz Encore.

Enredo[editar | editar código-fonte]

A série segue a vida das pessoas que fizeram o Titanic, dos trabalhadores que o construíram até seus ricos financiadores. Dr. Mark Muir, engenheiro e metalúrgico, convence o magnata americano J.P. Morgan a contratá-lo para o projeto da maior embarcação do mundo, a construção do RMS Titanic nos estaleiros da Harland and Wolff em Belfast. Mark é, na verdade, um nativo de Belfast cujo nome verdadeiro é Marcus Malone. Agora, com um novo nome e identidade, ele tenta esconder seu passado de seus empregadores, pois ele é católico e seus empregadores, a elite protestante que governa Belfast, não gosta de católicos.

Enquanto trabalhando ali, Mark se apaixona por Sofia Silvestri, uma imigrante Italiana. Entretanto, durante a construção do Titanic, as tensões crescem entre a classe mais baixa de trabalhadores e a elite rica. Mais contratempos impedem a construção: a Harland e Wolff quer economizar custos e usar materiais mais baratos, os trabalhadores desejam formar um sindicato, o movimento feminista se acende no Reino Unido enquanto o Republicanismo irlandês e o Unionismo na Irlanda se degladiam. Mark tenta negociar com estes enquanto foge de seu passado.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Personagens principais[editar | editar código-fonte]

Ator Papel
Kevin Zegers Mark Muir/Marcus Malone
Alessandra Mastronardi Sofia Silvestri
Derek Jacobi William Pirrie
Neve Campbell Joanna Yaegar
Ophelia Lovibond Kitty Carlton
Billy Carter Thomas Andrews
Branwell Donaghey Michael McCann
Martin McCann Conor McCann
Ian McElhinney Sir Henry Carlton
Valentina Corti Violetta Silvestri
Denise Gough Emily Hill
Jonathan Harden Walter Hill
Edoardo Leo Andrea Valle
Gray O'Brian J. Bruce Ismay
Michael McElhatton Albert Hatton
Liam Cunningham James Larkin
Chris Noth J. P. Morgan
Massimo Ghini Pietro Silvestri
Paul Herwig Florian von Altenberg
Liam Carney Sean Malone

Audiência segundo a Nielsen Ratings[editar | editar código-fonte]

Nos Estados Unidos, Titanic: Blood and Steel foi ao ar pela rede Encore, que não publica sua audiência calculada pela Nielsen Ratings com frequência. Devido à falta de reportagens publicadas, apenas audiências para alguns episódios estão disponíveis.[5][6]

Episódio Audiência
(18–49)
Telespectadores
(milhões)
7 0.0 0.231
8 0.0 0.229
11 0.1 0.195
12 0.1 0.253

Lançamentos em vídeo[editar | editar código-fonte]

A Lions Gate Entertainment lançou os 12 episódios da mini-série em DVD e Blu-ray Disc em 4 de dezembro de 2012.[7]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]