Queijo de Idanha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde fevereiro de 2014). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Queijo de Idanha

O Queijo de Idanha, uma variante do Queijo da Serra, tem uma história que tradicionalmente se remonta a época anterior à ocupação romana da Lusitânia.

Os campos da região eram um dos locais de migração sazonal dos rebanhos de ovelhas oriundos dos pastos das vertentes da serra da Estrela, na época do Inverno. Esse fenômeno, em demografia chamado de transumância, propiciou o contato entre as populações locais e os pastores da serra, com o consequente domínio das técnicas artesanais de produção de queijo. Estas evoluíram na região da Idanha de maneira própria, incorporando novos sabores, texturas e cores.

O queijo da Idanha é produzido, tradicionalmente, em três modalidades:

  • o de ovelha,
  • o de mistura, a partir da mistura entre o leite de ovelhas e o de cabras; e
  • o picante, condimentado.
Ícone de esboço Este artigo sobre culinária é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.