Yersiniose

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Yersiniose
Colônias de Yersinia enterocolitica em ágar sangue.
Classificação e recursos externos
CID-10 A04.6, A04.8
CID-9 008.44
DiseasesDB 14218
eMedicine article/970186
MeSH D015009
Star of life caution.svg Aviso médico

Yersiniose é uma zoonose bacteriana causada por cocobacilos, gram negativos, anaeróbicos facultativos causados pelo Yersinia enterocolitica e mais comum em crianças e adolescentes.[1] Quando causada por Yersinia pestis é chamada de peste bulbônica e quando causada por Yersinia pseudoturculosis é chamada pseudotuberculose.

Causa[editar | editar código-fonte]

Consumir ou manipular carne crua ou mal cozida (especialmente linguiças e salsichas), leite não pasteurizado, contato direto ou indireto com mamíferos domésticos ou água não tratada infectada com excrementos de animais domésticos, especialmente de suínos e bovinos.[2]

Sinais e sintomas[editar | editar código-fonte]

O período de incubação é em média 5 dias (variação de 1-14 dias). Os sintomas incluem[1] :

  • Febre
  • Dor abdominal baixa
  • Diarreia (pode ter sangre e persistir por várias semanas).

Casos de enterocolite com necrose foi descrita em lactentes jovens. Artrite reativa ou síndrome de Reiter em articulações dos pulsos, joelhos ou tornozelos podem ocorrer um mês após o início da diarreia, resolvendo apenas depois de 1 a 6 meses. Um eritema nodoso também pode ocorrer também, manifestando-se como lesões dolorosas roxas ao longo do tronco e das pernas, geralmente resolvendo espontaneamente no primeiro mês.[1] Raramente entra na corrente sanguínea e causa bacteriemia. Frequentemente são confundidos com apendicite.[3]

Epidemiologia[editar | editar código-fonte]

Mais casos são diagnosticados na Europa, Japão e Canadá. O risco é maior em locais temperados e meses frios.[1] Provavelmente sub-diagnosticada em países subdesenvolvido, sendo tratada como uma enterocolite não especificada.

Tratamento[editar | editar código-fonte]

Star of life caution.svg
Advertência: A Wikipédia não é consultório médico nem farmácia.
Se necessita de ajuda, consulte um profissional de saúde.
As informações aqui contidas não têm caráter de aconselhamento.

Tratamento antibiótico para a gastroenterite por Yersinia só é necessário para complicações graves, como sepse ou bacteremia. Nesses casos as drogas de escolha são a doxiciclina e um aminoglicosídeo. As alternativas incluem cefotaxima, cotrimoxazol e fluoroquinolonas como a ciprofloxacina[4] ou tetraciclinas. Geralmente são resistentes a penicilina e cefalosporina de primeira geração.[1]

  1. a b c d e http://wwwnc.cdc.gov/travel/yellowbook/2014/chapter-3-infectious-diseases-related-to-travel/yersiniosis
  2. http://www.medicinenet.com/script/main/art.asp?articlekey=17592
  3. http://www.ecdc.europa.eu/en/healthtopics/yersiniosis/Pages/index.aspx
  4. Torok E. Oxford MHandbook of Infect Dis and Microbiol, 2009