Códigos de fome Indiano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Os Códigos de fome Indiano, desenvolvidos pelo governo colonial Britânico na década de 1880, é uma das primeiras escalas de insegurança alimentar. Os códigos de fome eram definidos como três níveis de insegurança alimentar: quase escasso, escasso e fome. "Escassez" era definida como três anos sucessivos de falha de colheita, produção agrícola em 1/3 ou 1/2 do normal, e grandes populações em agonia. A definição de "Fome" também inclui um aumento nos preços dos alimentos em 140% do "normal", o movimento de pessoas em busca de alimentos, e mortalidade generalizada.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • L. Brennan, ‘The development of the India Famine Codes: personalities, policies and politics’, in B. Currey and G. Hugo (eds), Famine as a geographical phenomenon (1984)