Copa Sul-Americana de 2011

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Copa Bridgestone Sul-Americana de 2011
X Copa Sudamericana
CONMEBOL
Dados
Participantes 39
Organização CONMEBOL
Local de disputa Flags of the Union of South American Nations.gif América do Sul
Período 2 de agosto14 de dezembro
Gol(o)s 175
Jogos 76
Média 2,3 gol(o)s por partida
Campeão Chile Universidad de Chile (1º título)
Vice-campeão Equador LDU Quito
Melhor marcador ChileCHI Eduardo Vargas (Universidad de Chile) – 11 gols
Maior goleada
(diferença)
Vasco da Gama Brasil 8 – 3 Bolívia Aurora
Estádio São JanuárioRio de Janeiro
26 de outubro, oitavas-de-final
Premiações
Melhor jogador
ChileCHI Eduardo Vargas (Universidad de Chile)
◄◄ CONMEBOL 2010 Soccerball.svg 2012 CONMEBOL ►►

A Copa Sul-Americana de 2011, oficialmente Copa Bridgestone Sudamericana por motivos de patrocínio,[1] foi a décima edição do torneio de futebol realizado no segundo semestre de cada ano pela Confederação Sul-Americana de Futebol (CONMEBOL). Equipes das dez associações sul-americanas participam do torneio.

Universidad de Chile e LDU Quito, do Equador, fizeram a final dessa edição. Ambos os jogos foram vencidos pelos chilenos (1–0 em Quito e 3–0 em Santiago), que conquistaram o título de forma invicta e tendo sofrido apenas dois gols ao longo da competição.[2]

Como campeão, a Universidad de Chile se classificou para a Copa Libertadores da América de 2012 e enfrentará o vencedor da Copa Libertadores da América de 2011 na decisão da Recopa Sul-Americana de 2012, além de participar da Copa Suruga Bank de 2012, contra o campeão da Copa da Liga Japonesa de 2011.

Equipes classificadas[editar | editar código-fonte]

País Equipe Classificação
 Argentina
(6 vagas + atual campeão)
Independiente Campeão da Copa Sul-Americana de 2010
Vélez Sársfield Melhor pontuação acumulada na temporada 2010–2011
Estudiantes 2ª melhor pontuação acumulada na temporada 2010–2011
Godoy Cruz 3ª melhor pontuação acumulada na temporada 2010–2011
Lanús 4ª melhor pontuação acumulada na temporada 2010–2011
Arsenal de Sarandí 5ª melhor pontuação acumulada na temporada 2010–2011
Argentinos Juniors 7ª melhor pontuação acumulada na temporada 2010–2011
 Bolívia
(3 vagas)
Aurora 3º colocado no Torneio Clausura de 2010
The Strongest 4º colocado no Torneio Apertura de 2010
San José Vice-campeão do Torneio de Inverno de 2010
 Brasil
(8 vagas)
Atlético Paranaense 5ª colocação no Campeonato Brasileiro Série A de 2010
Botafogo 6ª colocação no Campeonato Brasileiro Série A de 2010
São Paulo 9ª colocação no Campeonato Brasileiro Série A de 2010
Palmeiras 10ª colocação no Campeonato Brasileiro Série A de 2010
Vasco da Gama 11ª colocação no Campeonato Brasileiro Série A de 2010
Ceará 12ª colocação no Campeonato Brasileiro Série A de 2010
Atlético Mineiro 13ª colocação no Campeonato Brasileiro Série A de 2010
Flamengo 14ª colocação no Campeonato Brasileiro Série A de 2010
 Chile
(3 vagas)
Deportes Iquique Campeão da Copa Chile de 2010
Universidad Católica Vencedor da primeira fase do Campeonato Chileno de 2011
Universidad de Chile Vencedor da partida para a Copa Sul-Americana
 Colômbia
(3 vagas)
Santa Fe 2ª melhor pontuação no Campeonato Colombiano de 2011
Deportivo Cali Campeão da Copa Colômbia de 2010
La Equidad 3ª melhor pontuação na Campeonato Colombiano de 2011
Equador
(3 vagas)
Emelec Vencedor da primeira fase do Campeonato Equatoriano de 2011
LDU Quito 2º colocado na primeira fase do Campeonato Equatoriano de 2011
Deportivo Quito 3º colocado na primeira fase do Campeonato Equatoriano de 2011
Paraguai
(3 vagas)
Libertad Melhor pontuação do Campeonato Paraguaio de 2010
Nacional 2ª melhor pontuação no Campeonato Paraguaio de 2010
Olimpia 3ª melhor pontuação no Campeonato Paraguaio de 2010
 Peru
(3 vagas)
Universitario 2ª melhor pontuação no Campeonato Peruano de 2010
Universidad César Vallejo 3ª melhor pontuação no Campeonato Peruano de 2010
Juan Aurich 4ª melhor pontuação no Campeonato Peruano de 2010
Uruguai
(3 vagas)
Nacional Campeão do Campeonato Uruguaio de 2010–2011
Fénix 4ª melhor pontuação no Campeonato Uruguaio de 2010–2011
Bella Vista 5ª melhor pontuação no Campeonato Uruguaio de 2010–2011
 Venezuela
(3 vagas)
Trujillanos Campeão da Copa Venezuela de 2010
Deportivo Anzoátegui Vencedor dos play-offs para a Copa Sul-Americana com melhor pontuação
Yaracuyanos Vencedor dos play-offs para a Copa Sul-Americana com pior pontuação

Sorteio[editar | editar código-fonte]

O sorteio dos confrontos da primeira fase seria em 14 de junho no Centro de Convenções da CONMEBOL, em Luque, Paraguai.[3] . Posteriormente foi adiada para 16 de junho, devido a erupção de um vulcão em Puyehue no Chile,[4] mas como a erupção persistia, foi adiada novamente, para 21 de junho, devido a impossibilidade do tráfego aéreo.[5] Finalmente, a CONMEBOL remarcou o sorteio para 28 de junho, em Buenos Aires, na Argentina.[6]

Primeira fase[editar | editar código-fonte]

A primeira fase foi disputada pelas 16 equipes classificadas em segundo e terceiro lugar de cada país (exceto as equipes da Argentina e Brasil) divididas em oito chaves.

Chave Equipe 1 Total Equipe 2 Ida Volta
A San José Bolívia 0–1 Paraguai Nacional 0–0 0–1
B Universidad César Vallejo Peru 1–3 Colômbia Santa Fe 1–1 0–2
C Universidad de Chile Chile 1–0 Uruguai Fénix 1–0 0–0
D Deportivo Quito Equador 1–2 Venezuela Deportivo Anzoátegui 1–0 0–2
E Olimpia Paraguai 3–2 Bolívia The Strongest 2–0 1–2
F La Equidad Colômbia 4–1 Peru Juan Aurich 2–0 2–1
G Bella Vista Uruguai 1–4 Chile Universidad Católica 1–1 0–3
H Yaracuyanos Venezuela 1–2 Equador LDU Quito 1–1 0–1

Segunda fase[editar | editar código-fonte]

A segunda fase será disputada pela equipes classificadas em primeiro lugar de cada país, além das equipes da Argentina e do Brasil e os oito que avançaram da primeira fase. São 16 chaves com partidas de ida e volta, sendo que o Independiente avança diretamente as oitavas-de-final por ser o campeão do ano anterior.

Chave Equipe 1 Total Equipe 2 Ida Volta
O1 Argentinos Juniors Argentina 0–4 Argentina Vélez Sársfield 0–0 0–4
O2 Universidad de Chile Chile 3–0 Uruguai Nacional 1–0 2–0[a]
O3 Vasco da Gama Brasil 3–3 (gf) Brasil Palmeiras 2–0 1–3
O4 La Equidad Colômbia 0–2 Paraguai Libertad 0–1 0–1
O5 Argentina Independiente diretamente classificado às oitavas-de-final
O6 Deportivo Anzoátegui Venezuela 1–4 Peru Universitario 1–2 0–2
O7 Arsenal de Sarandí Argentina 2–1 Argentina Estudiantes 2–0 0–1
O8 Santa Fe Colômbia 2–2 (6–5 p) Colômbia Deportivo Cali 1–1 1–1
O9 Atlético Mineiro Brasil 1–3 Brasil Botafogo 1–2 0–1
O10 Olimpia Paraguai 4–2 Equador Emelec 2–1 2–1
O11 Lanús Argentina 2–2 (gf) Argentina Godoy Cruz 2–2 0–0
O12 LDU Quito Equador 5–1 Venezuela Trujillanos 4–1 1–0
O13 Ceará Brasil 2–4 Brasil São Paulo 2–1 0–3
O14 Nacional Paraguai 3–6 Bolívia Aurora 1–1 2–5
O15 Flamengo Brasil 2–0 Brasil Atlético Paranaense 1–0 1–0
O16 Universidad Católica Chile 2–1 Chile Deportes Iquique 2–1 0–0

Fase final[editar | editar código-fonte]

Oitavas de final Quartas de final Semifinais Final
 28 de setembro a 26 de outubro  1 a 17 de novembro  23 a 30 de novembro  8 e 14 de dezembro
                                                 
 Chile Universidad Católica 0 1 1  
 Argentina Vélez Sársfield 2 1 3  
   Argentina Vélez Sársfield 1 3 4  
   Colômbia Santa Fe 1 2 3  
 Brasil Botafogo 1 1 2
 Colômbia Santa Fe 1 4 5  
   Argentina Vélez Sársfield 0 0 0  
   Equador LDU Quito 2 1 3  
 Equador LDU Quito 2 0 2  
 Argentina Independiente 0 1 1  
   Equador LDU Quito (pen) 1 0 1 (5)
   Paraguai Libertad 0 1 1 (4)  
 Brasil São Paulo 1 0 1
 Paraguai Libertad 0 2 2  
   Equador LDU Quito 0 0 0
   Chile Universidad de Chile 1 3 4
 Brasil Flamengo 0 0 0  
 Chile Universidad de Chile 4 1 5  
   Chile Universidad de Chile 2 3 5
   Argentina Arsenal de Sarandí 1 0 1  
 Paraguai Olimpia 0 2 2
 Argentina Arsenal de Sarandí 0 3 3  
   Chile Universidad de Chile 1 2 3
   Brasil Vasco da Gama 1 0 1  
 Argentina Godoy Cruz 1 1 2 (2)  
 Peru Universitario (pen) 1 1 2 (3)  
   Peru Universitario 2 2 4
   Brasil Vasco da Gama 0 5 5  
 Bolívia Aurora 3 3 6
 Brasil Vasco da Gama 1 8 9  


Final[editar | editar código-fonte]

Jogo de ida
8 de dezembro LDU Quito Equador 0 – 1 Chile Universidad de Chile Estádio La Casa Blanca, Quito
19:15 (UTC−5)
Relatório E. Vargas Gol marcado aos 43 minutos de jogo 43' Árbitro: ArgentinaARG Diego Abal
Jogo de volta
14 de dezembro Universidad de Chile Chile 3 – 0 Equador LDU Quito Estádio Nacional, Santiago
21:15 (UTC−3)
E. Vargas Gol marcado aos 2 minutos de jogo 2', Gol marcado aos 86 minutos de jogo 86'
Lorenzetti Gol marcado aos 79 minutos de jogo 79'
Relatório Árbitro: BrasilBRA Wilson Seneme

Premiação[editar | editar código-fonte]

Copa Sul-Americana de 2011
Flag of Chile.svg
Universidad de Chile
Campeão
(1º título)

Artilheiros[editar | editar código-fonte]


Referências

  1. Bridgestone é a nova patrocinadora da Copa Sul-Americana (em português). FutebolMarketing.com.br (28 de junho de 2011). Página visitada em 28 de junho de 2011.
  2. La U derrota a LDU novamente e é campeã invicta da Sul-Americana. GloboEsporte.com (15 de dezembro de 2011). Página visitada em 15 de dezembro de 2011.
  3. Sorteo Copa Sudamericana el 14 de junio (em espanhol). CONMEBOL.com (30 de maio de 2011). Página visitada em 3 de junho de 2011.
  4. Postergado el Sorteo de la Copa Sudamericana 2011 para el jueves 16 de junio (em espanhol). CONMEBOL.com (9 de junho de 2011). Página visitada em 9 de junho de 2011.
  5. Postergado nuevamente el Sorteo de la Copa Sudamericana 2011: será el martes 21 de junio (em espanhol). CONMEBOL.com (14 de junho de 2011). Página visitada em 14 de junho de 2011.
  6. Copa Sudamericana 2011: Sorteo el martes 28 de junio en Buenos Aires (em espanhol). CONMEBOL.com (15 de junho de 2011). Página visitada em 19 de junho de 2011.

Nota[editar | editar código-fonte]

  • A. ^ Partida suspensa ao início do segundo tempo após um objeto atingir o árbitro assistente Milcíades Peña.[1] A CONMEBOL multou o Nacional pelos incidentes no estádio e confirmou a vitória da Universidad de Chile no momento da paralisação.[2]

Referências

  1. Nacional (U) vs Universidad de Chile: suspendido por agresión a un línea (em inglês). CONMEBOL (21 de setembro de 2011). Página visitada em 22 de setembro de 2011.
  2. Nacional (URU) y Emelec (ECU), multados con 10.000 dólares por incidentes (em inglês). CONMEBOL (23 de setembro de 2011). Página visitada em 24 de setembro de 2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]