Copa do Brasil de Futebol Feminino de 2013

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Copa do Brasil Feminino de 2013
VII Copa do Brasil de Futebol Feminino
Dados
Participantes 31
Organização CBF
Local de disputa  Brasil
Período 2 de fevereiro4 de maio
Gol(o)s 192
Jogos 54
Média 3,56 gol(o)s por partida
Campeã São Paulo São José (2º título)
Vice-campeã Pernambuco Vitória das Tabocas
Melhor marcadora Giovania (São José) – 8 gols
Maior goleada
(diferença)
Genus Rondônia 0 – 12 Maranhão Internacional
RenascerAriquemes
16 de fevereiro, primeira fase
◄◄ Brasil 2012 Soccerball.svg 2014 Brasil ►►

A Copa do Brasil de Futebol Feminino de 2013 foi a sétima edição da competição de futebol feminino organizada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Como a edição anterior, aconteceu no primeiro semestre, entre 2 de fevereiro e 4 de maio.[1]

Sistema de disputa[editar | editar código-fonte]

O sistema de disputa foi semelhante ao da Copa do Brasil de futebol masculino, com jogos eliminatórios (mata-mata) até a decisão do título. A equipe que somou o maior número de pontos ganhos ao final das duas partidas disputas, dentro do próprio grupo, em cada fase, foi classificada para compor os grupos das fases seguintes. As equipes iniciaram cada fase com zero pontos, ou seja, os resultados da fase anterior foram descartados na fase seguinte.

Na primeira fase as equipes foram dispostas em grupos regionalmente (grupos 1 a 8 - região Norte e Nordeste; grupos 9 a 16 - Centro-Oeste, Sul e Sudeste) para facilitar o deslocamento das equipes. Nas primeira e segunda fases (oitavas-de-final), caso a equipe visitante vencesse a primeira partida por três gols ou mais de diferença, estaria automaticamente classificada.

Nas três primeiras fases, as equipes se enfrentaram em jogos de ida e volta (exceto se o jogo de volta fosse eliminado por vitória do visitante por um placar superior a 3 gols), sendo o mandante do jogo de volta a equipe com a melhor classificação no ranking CBF de futebol feminino. Caso as duas equipes não estivessem no ranking, o mandante seria a equipe pertencente à federação melhor posicionada no ranking da CBF de federações de futebol feminino.

Critérios de desempate[editar | editar código-fonte]

Os critérios de desempate, caso existisse igualdade em pontos ganhos ao final das duas partidas de cada grupo, em cada fase, foram os seguintes, aplicáveis à fase, nessa ordem:

  • Maior saldo de gols (diferença entre os gols marcados e sofridos)
  • Maior número de gols marcados nas partidas em que o mando de campo foi do clube adversário
  • Cobrança de pênaltis, de acordo com os critérios adotados pela International Board (essa disputa, quando aplicável, deverá ser iniciada 10 minutos após o término da partida)

Participantes[editar | editar código-fonte]

Campeonatos estaduais e seletivas estaduais[editar | editar código-fonte]

UF Clube Forma de Classificação
Acre. Acre Assermurb Indicado pela Federação
Alagoas. Alagoas CESMAC Campeão do Estadual 2012
Amapá. Amapá Calçoene Indicado pela Federação
Amazonas. Amazonas Iranduba Campeão da Seletiva do AM 2012
Bahia. Bahia São Francisco Campeão do Estadual 2012
Ceará. Ceará Caucaia Campeão do Estadual 2012
Distrito Federal. Distrito Federal CRESSPOM Campeão de Brasília 2012
Espírito Santo. Espírito Santo Comercial Campeão do Estadual 2012
Goiás. Goiás Clube Jaó Campeão do Estadual 2012
Maranhão. Maranhão Internacional Campeão do Estadual 2012
Mato Grosso. Mato Grosso Serra Campeão do Estadual 2012
Mato Grosso do Sul. Mato Grosso do Sul Comercial Campeão do Estadual 2013
Minas Gerais. Minas Gerais Nacional Campeão do Estadual 2012
Pará. Pará ESMAC Campeão do Estadual 2012
Paraíba. Paraíba Kashima Campeão do Estadual 2012
Paraná Paraná Foz Cataratas Campeão do Estadual 2012
Novo Mundo Vice-campeão do Estadual 2012
Pernambuco. Pernambuco Vitória das Tabocas Campeão do Estadual 2012
Sport Vice-campeão do Estadual 2012
Piauí. Piauí Tiradentes Campeão do Estadual 2012
Rio de Janeiro. Rio de Janeiro Vasco da Gama Campeão do Estadual 2012
Duque de Caxias Vice-campeão do Estadual 2012
Rio Grande do Norte. Rio Grande do Norte Força e Luz Campeão do Estadual 2012
Rio Grande do Sul. Rio Grande do Sul Cruzeiro Campeão do Estadual 2012
Rondônia. Rondônia Genus Campeão da Seletiva de RO 2012
Roraima. Roraima Atlético Roraima Campeão do Estadual 2012
São Paulo. São Paulo São José Campeão do Estadual 2012
Centro Olímpico Vice-campeão do Estadual 2012
Portuguesa 3º colocado do Estadual 2012
Santa Catarina. Santa Catarina Kindermann Campeão do Estadual 2012
Sergipe. Sergipe Sergipe Campeão do Estadual 2012
Tocantins. Tocantins Intercap Campeão do Estadual 2012

Confrontos[editar | editar código-fonte]

  • Em itálico, os times que possuíam o mando de campo no primeiro jogo do confronto
Primeira fase Oitavas-de-final Quartas-de-final Semifinal Final
 
 Alagoas CESMAC 0
 Pernambuco Vitória das Tabocas 9
 Pernambuco Vitória das Tabocas 2 2
 Ceará Caucaia 0 2
 Acre Assermurb 0 1
 Ceará Caucaia 2 4
 Pernambuco Vitória das Tabocas 1 2
 Pernambuco Sport 0 0
 Paraíba Kashima 1 0
 Pernambuco Sport 0 5
 Pernambuco Sport 2 2
 Amazonas Iranduba 1 0
 Roraima Atlético Roraima 0 2
 Amazonas Iranduba 2 2
 Pernambuco Vitória das Tabocas 1 1
 São Paulo Centro Olímpico 1 0
 Piauí Tiradentes 0
 Bahia São Francisco 3
 Bahia São Francisco 2 6
 Rio Grande do Norte Força e Luz 0 0
 Sergipe Sergipe[SER]
 Rio Grande do Norte Força e Luz
 Bahia São Francisco (gf) 1 2
 Maranhão Internacional 1 2
 Amapá Calçoene 0 0
 Pará ESMAC 1 6
 Pará ESMAC 0 0
 Maranhão Internacional 0 2
 Maranhão Internacional 5 12
 Rondônia Genus 0 0
 Pernambuco Vitória das Tabocas 1 0
 São Paulo São José 1 4
 Mato Grosso Serra 1 0
 São Paulo São José 3 5
 São Paulo São José 1 4
 Distrito Federal (Brasil) CRESSPOM 1 0
 Distrito Federal (Brasil) CRESSPOM 6 5
 Minas Gerais Nacional-MG 1 1
 São Paulo São José 3 4
 Rio de Janeiro Duque de Caxias 2 2
 Goiás Clube Jaó 1
 Rio de Janeiro Duque de Caxias 4
 Rio de Janeiro Duque de Caxias 3 0
 Paraná Foz Cataratas 0 0
 Espírito Santo (estado) Comercial 0 0
 Paraná Foz Cataratas 1 0
 São Paulo São José 3 3
 Bahia São Francisco 0 0
 Paraná Novo Mundo 1 0
 São Paulo Centro Olímpico 2 1
 São Paulo Centro Olímpico 6
 São Paulo Portuguesa 0
 Rio Grande do Sul Cruzeiro-RS 0
 São Paulo Portuguesa 5
 São Paulo Centro Olímpico 6 3
 Santa Catarina Kindermann 0 1
 Tocantins Intercap 1 0
 Rio de Janeiro Vasco da Gama 2 2
 Rio de Janeiro Vasco da Gama 1 1
 Santa Catarina Kindermann 0 5
 Mato Grosso do Sul Comercial-MS 0
 Santa Catarina Kindermann 7
  • SER. ^ A equipe do Sergipe desistiu de participar da competição.[2]

Maiores públicos[editar | editar código-fonte]

Esses são os dez maiores públicos:[3]

Público Mandante Placar Visitante Estádio Data Fase
1 1 987 São Paulo São José 4–0 Pernambuco Vitória das Tabocas Martins Pereira 4 de maio Final
2 621 Santa Catarina Kindermann 5–1 Rio de Janeiro Vasco da Gama Carlos Alberto Costa Neves 3 de março Oitavas-de-final
3 612 Tocantins Intercap 1–2 Rio de Janeiro Vasco da Gama Pereirão 2 de fevereiro Primeira fase
4 570 Rondônia Genus 0–12 Maranhão Internacional Renascer 16 de fevereiro Primeira fase
5 540 Pernambuco Vitória das Tabocas 1–1 São Paulo São José Carneirão 27 de abril Final
6 503 São Paulo São José 3–0 Bahia São Francisco Martins Pereira 7 de abril Semifinais
7 473 Maranhão Internacional 2–2 Bahia São Francisco Nhozinho Santos 16 de março Quartas-de-final
8 375 Maranhão Internacional 2–0 Pará ESMAC Nhozinho Santos 2 de março Oitavas-de-final
9 373 Piauí Tiradentes 0–3 Bahia São Francisco Albertão 1 de fevereiro Primeira fase
10 370 Pernambuco Vitória das Tabocas 1–1 São Paulo Centro Olímpico Carneirão 7 de abril Semifinais
  • i. ^ Considera-se apenas o público pagante

Artilharia[editar | editar código-fonte]

Fonte: [4]

Gols Jogador Time
10 Brasil Giovania São Paulo São José
8 Brasil Ketlen Pernambuco Vitória das Tabocas
7 Brasil Cheles Bahia São Francisco
6 Brasil Monique Maranhão Internacional
Brasil Patricia Santa Catarina Kindermann
Brasil Priscila São Paulo São José
5 Brasil Larissa Rio de Janeiro Duque de Caxias
4 Brasil Kelly Rio de Janeiro Duque de Caxias
Brasil Michele São Paulo São José
Brasil Nilda Distrito Federal (Brasil) CRESSPOM
Brasil Debora São Paulo Centro Olímpico
Brasil Erika Amazonas Iranduba
Brasil Moara Maranhão Internacional
Brasil Gabi Ceará Caucaia
3 7 jogadoras
2 14 jogadoras
1 53 jogadoras

Premiação[editar | editar código-fonte]

Copa do Brasil de Futebol Feminino de 2013
São Paulo
SÃO JOSÉ
Bicampeão
(2º título)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Calendário 2013 da CBF [ligação inativa] (em português) CBF (28 de agosto de 2012). Página visitada em 30 de agosto de 2012.
  2. Sergipe desiste de participar da Copa do Brasil Feminina de 2013 (em português) CBF (1 de fevereiro de 2013). Página visitada em 5 de maio de 2013.
  3. Copa do Brasil Feminina 2013 - Tabela (em português) CBF. Página visitada em 5 de maio de 2013.
  4. Copa do Brasil Feminina 2013 - Artilharia (em português) CBF (2 de maio de 2013). Página visitada em 5 de maio de 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]