Super Smash Bros. (série)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Super Smash Bros.
Desenvolvedora(s) Hal Laboratory, Inc.
Sora
Game Arts
Editora(s) Nintendo
Criador(es) Masahiro Sakurai
Local de origem Japão
Primeiro título Super Smash Bros.
1999
Último título Super Smash Bros. Brawl
2008
Portal Portal de jogos eletrônicos

Super Smash Bros. (大乱闘スマッシュブラザーズ, Dairantou Sumasshu Burazāzu?, que significa - Grande Batalha Estrondosa entre Irmãos) é uma série de jogos de luta e ação, um crossover na qual o jogador controla os persongens da franquia de jogos eletrônicos da Nintendo, onde se enfrentam em batalhas frenéticas. Pode ser jogado nos modos single-player e multiplayer, com até quatro jogadores simultâneos.

O jogo tem como objetivo de arremessar os adversários para fora da arena, em qualquer uma das 4 direções possíveis: para cima, para baixo, para direita e para esquerda. O dano de cada jogador é representado com porcentagens mostrado na interface. Quanto mais alto for o nível de dano, mais distância um mesmo golpe irá provocar, até fazer com que o personagem seja colocado de fora da tela, perdendo uma vida.

O jogo difere da maioria dos jogos de luta tradicionais, que representam a energia dos jogadores em barras, e tem como objetivo subjugar o adversário.

Durante as partidas, caem itens ligados às séries dos jogos representados pelos personagens presentes no jogo, que podem ser usados por qualquer um que esteja na arena.

Depois do grande sucesso do primeiro jogo da série, a Nintendo produziu os novos jogos conforme foram saindo os novos consoles da empresa.

Jogos da série[editar | editar código-fonte]

Super Smash Bros.

Super Smash Bros. (1999)[editar | editar código-fonte]

Super Smash Bros. foi introduzido em 1999 para o Nintendo 64. Foi lançado em todo o mundo depois de vender mais de um milhão de cópias no Japão. O jogo possui 12 personagens, dos quais 8 estão disponíveis desde o início, e outros 4 personagens destraváveis​​, todos eles de fraquias da Nintendo ou de suas desenvolvedoras.

Até quatro pessoas podem jogar no modo multiplayer (Versus), com as regras específicas de cada partida a ser determinada pelos jogadores. Existem dois tipos diferentes que podem ser escolhidas: Tempo, onde o jogador com o maior número de KO's no final do tempo programado vence, e Estoque, onde cada pessoa tem uma quantidade de vidas, e quando eles se acabam, o jogador é eliminado. Há 9 fases jogáveis ​​no modo Versus, 8 baseadas em cada um dos personagens iniciais e uma fase secreta, que o jogador deve liberar.

Existe um modo de jogo single player em que um jogador é incluído em um modo de aventura que o jogador enfrenta uma série de adversários, com a possibilidade de mudar a dificuldade de acordo com a preferêcia do jogador. Existem outros modos single player, como treinamento e vários mini-jogos.

Super Smash Bros. Melee

Super Smash Bros. Melee (2001)[editar | editar código-fonte]

Super Smash Bros. Melee foi lançado 21 novembro de 2001, no Japão, 03 de dezembro de 2001, na América do Norte, 24 de maio de 2002, na Europa e 31 de maio de 2002, na Austrália para o GameCube. Ele tinha um orçamento maior e a equipe de desenvolvimento do Super Smash Bros., e foi bem recebido com avaliações muito melhores que seu antecessor entre os críticos e consumidores. Desde o seu lançamento, Super Smash Bros. Melee já vendeu mais de 7 milhões de cópias e foi o jogo mais vendido do GameCube.

Super Smash Bros. Melee apresenta 25 personagens, dos quais 15 estão disponíveis inicialmente, duas vezes mais que o número de personagens de seu antecessor. Há também 18 fases disponívels inicialmente e mais 11 fases secretas, totalizando 29 fases.

Ele introduziu dois novos modos single-player ao lado do modo clássico: modo aventura e modo All-Star. Modo de aventura tem plataformas de segmentos semelhantes ao original "Race to the Finish" mini-jogo, e All-Star é uma luta contra cada personagem jogável no jogo, permite que o jogador apenas uma vida em que o dano é acumulado ao longo de cada batalha e um número limitado de itens de cura entre as batalhas.

Super Smash Bros. Brawl

Super Smash Bros. Brawl (2008)[editar | editar código-fonte]

Apesar de um terceiro jogo do Super Smash Bros. tinha sido anunciado muito antes da E3 2006, a Nintendo revelou a sua primeira informação na forma de um trailer em 10 de maio de 2006, e o jogo foi chamado Super Smash Bros. Brawl. O trailer apresentando Solid Snake, de Metal Gear, da Konami, marcando a primeira vez que um personagem de terceiros tinha sido introduzido como um personagem jogável na série Super Smash Bros.; um segundo personagem de terceiros também foi confirmado como um personagem jogável e foi Sonic da Sega, do ex-rival da Nintendo, apresentado em 10 de outubro de 2007. Super Smash Bros. Brawl foi lançado no Japão em 31 de janeiro de 2008, na América do Norte em 9 de março de 2008, na Austrália em 26 de junho de 2008, e na Europa em 27 de junho de 2008. Brawl é também o primeiro jogo da franquia que apoia o jogo on-line, através da ligação Nintendo Wi-Fi e oferecem a possibilidade para os jogadores para construirem suas próprias fases originais.

Brawl também apresenta compatibilidade com quatro tipos de controladores (o Wii Remote de lado, o Wii Remote e o Nunchuk combinados, o classic controller, e o controle de Gamecube), enquanto seus antecessores utilizava o controlador projetado para o determinado sistema. O jogador também tem a capacidade de alterar a configuração dos controles e do tipo de controlador.

Super Smash Bros. Brawl possui um modo de aventura novo intitulado Super Smash Bros. Brawl: The Subspace Emissary. Este modo apresenta histórias de personagens únicos, juntamente com os níveis secundários numerosos chefes de rolagem e múltiplos inimigos para lutar, assim como cenas de CG cortadas que explicam o enredo. The Subspace Emissary apresenta um novo grupo de antagonistas do chamado Exército Subspace, que são guiados pelo Ministro Antigo. Alguns desses personagens inimigos apareceu em jogos anteriores da Nintendo, como Petey Piranha da série Mario e um esquadrão de Robs baseado no clássico hardware da Nintendo. The Subspace Emissary também possui um número de inimigos originais, como o roader, um monociclo robótico, o Bytan, uma criatura de olhos bola-like, que pode se replicar, se deixados sozinhos, e o Primid, os inimigos que vêm em muitas variações. Embora primeiramente um modo single-player, The Subspace Emissary permite multiplayer cooperativo. Há cinco níveis de dificuldade para cada estágio, e não há um método de aumentar o poder dos personagens durante o jogo. Isto é feito colocando adesivos coletados na parte inferior do troféu de um personagem entre as fases para melhorar vários aspectos de um lutador.

Super Smash Bros. para Nintendo 3DS e Wii U (2014)[editar | editar código-fonte]

Atualmente a Nintendo está trabalhando em um novo titulo da série com a empresa Sora Ltd e juntamente com a empresa Namco Bandai com alguns dos membros da equipe de desenvolvimento da série Tekken que será lançado para Wii U e pela primeira vez o jogo vai chegar para o portátil da Nintendo, no caso o Nintendo 3DS. O produtor de Tekken, Katsuhiro Harada, afirmou que gostaria de adicionar personagens da série Tekken nos novos titulos de acordo com a vontade dos jogadores. A Namco Bandai e a Sora Ltd. dividiram o feedback em dois lados no primeiro lado existe um grupo de jogadores que concordam com Katsuhiro Harada e querem os personagens de Tekken e de Soul Calibur nos novos títulos, e do outro existe um grupo que discordam e não querem a presença dos personagens de Tekken. Então existem dois lados diferentes e fica difícil para as empresas Sora Ltd. e Namco Bandai escolherem uma delas. Então, Harada disse que os jogadores não devem se preocupar.Já foram confirmados muitos personagens, por enquanto são esses: Meta Knight, Robin (Mulher/Homem),Lucina, Captain Falcon, Pac-Man,Ike, Palutena, Charizard (Sozinho),Yoshi, Mii Fighter, Zero Suit Samus, Greninja, Diddy Kong, lucario, little Mac, King Dedede, Rosalina e Luma, Marth, Sonic The Hedgehog, Toon Link, Princesa Peach, Luigi, Pikmins e Olimar, Mario, Villager (Animal Crossing), Donkey Kong, Link, Mega Man, Samus Aran, Kirby, Wii Fit Trainer, Fox, Pikachu, Bowser, Pit.

Personagens da série[editar | editar código-fonte]

Os personagens que compõem o elenco da série são da Nintendo, desde os jogos clássicos da empresa até os jogos mais recentes. Mas desde o terceiro jogo da série, Super Smash Bros. Brawl, personagens de outras empresas que fizeram sucesso nos consoles da Nintendo, começaram a fazer parte do jogo.[1]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Comentários sobre a série Super Smash Bros são geralmente positivos. Muitas críticas encontradas no jogo original e em Melee foram feitas à Melee e Brawl também.

Super Smash Bros tem recebido elogios pelo seu modo multiplayer. Nintendo Power listou a série como sendo uma das maiores experiências para vários jogadores da história da Nintendo.[2] Houve críticas, no entanto, como a pontuação do jogo sendo difícil de seguir.[3] Além disso, o modo para um jogador foi criticado por sua dificuldade e pela falta de recursos.

Super Smash Bros. Melee recebeu geralmente uma recepção positiva dos revisores, a maioria dos quais creditaram em Melee a expansão de características de jogabilidade de Super Smash Bros. Focando os recursos adicionais, GameSpy comentou que "Melee realmente pontua grande no departamento de 'nós adicionamos toneladas de grande material extra'". Os revisores compararam o jogo favoravelmente ao Super Smash Bros.

Fran Mirabella III da IGN declarou que estava "em uma liga completamente diferente da versão do N64". Miguel Lopez da GameSpot, elogiou o jogo pelo "modo clássico" evoluído em comparação ao seu antecessor, e descreveu o Modo Aventura como "realmente uma experiência de ganho-ou-perda." Apesar de uma avaliação mista para os modos single-player, a maioria dos comentadores expressou o modo multiplayer do jogo como o ponto forte do jogo. Em sua análise do jogo, a GameSpy afirmou que "será difícil encontrar uma experiência multiplayer mais agradável em qualquer outro console."

Super Smash Bros. Brawl recebeu uma pontuação perfeita da revista japonesa Famitsu. Os revisores elogiaram o variedade e profundidade do conteúdo single-player,[4] a imprevisibilidade dos Final Smashes e os estilos de combate dinâmicos dos personagens. Thunderbolt Games deu ao jogo nota 10 de 10, chamando-o de "uma entrada bastante melhorada na venerável série". Chris Slate da Nintendo Power também concedeu a Brawl uma pontuação perfeita em sua edição de março de 2008, chamando-o de "um dos melhores jogos que a Nintendo já produziu". Crítico IGN Matt Casamassina, em seu podcast Wii-k in Review de 11 de fevereiro, observou que, embora Brawl seja um "lutador sólido", tem "algumas questões que precisam ser reconhecidas", incluindo "longos tempos de carregamento" e repetição em The Subspace Emissary.

Referências

  1. Official Site – Super Smash Bros. for Nintendo 3DS and Wii U.
  2. Nintendo Power 250th issue!. South San Francisco, CaliforniaFuture US, 2010. p. 47. Visitado em 2010-07-24.
  3. Game Critics Review gamecritics.com.
  4. Perfect Score for Smash Bros. IGN (January 16, 2008). Visitado em 2008-01-29.