Final Fantasy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Final Fantasy
Desenvolvedora(s) Square Enix
Editora(s) Square Enix
Criador(es) Hironobu Sakaguchi
Local de origem Japão
Gênero(s) Interpretação de papéis
Primeiro título Final Fantasy
18 de Dezembro de 1987
Último título Final Fantasy XIV (PC/Mac/PS3)
27 de Agosto de 2013
Spin-off(s) Kingdom Hearts
Seiken Densetsu
SaGa
Website http://www.square-enix.com/eu/en/title/finalfantasy/
Portal Portal de jogos eletrônicos

Final Fantasy (ファイナルファンタジー, Fainaru Fantajī?) é uma franquia criada por Hironobu Sakaguchi, desenvolvida e melhorada pela Square Enix (antiga Square). A franquia possui como elementos principais a série de jogos electrónico de interpretação de papéis, incluí também filmes, animes, livros e outros elementos. A série começou em 1987 com o videojogo Final Fantasy, produzido numa altura que a Square atravessava grandes dificuldades financeiras, pelo que pensava tratar-se do seu último jogo. Contudo, o jogo foi um sucesso, pelo que salvou a empresa da falência e deu início a uma série. Desde então, a série de videojogos estendeu-se para outros géneros como role-playing game táctico, role-playing game de acção, massively multiplayer online role-playing game, corrida e tiro em terceira pessoa.

Apesar da maioria dos títulos Final Fantasy terem enredos, lugares e elencos independentes, eles possuem elementos em comum que definem a franquia. Alguns desses elementos passam pela semelhança entre enredos, nomes das personagens e jogabilidade. Os enredos centram-se num grupo de heróis que enfrentam um grande inimigo, enquanto as personagens aprendem a lidar com os seus próprios conflitos internos e relações interpessoais. Os nomes das personagens normalmente derivam da história, línguas e mitologias de culturas de todo o mundo.

A série tem sido comercialmente bem-sucedida, vendendo mais de 97 milhões de exemplares, bem-recebida pela crítica e detém sete recordes do Guinness. A série é reconhecida pela sua inovação, os gráficos, o uso de full motion videos, personagens foto-realistas, e a música orquestrada da autoria de Nobuo Uematsu e outros compositores. Final Fantasy tem sido uma força de inovação no mercado dos videojogos, influenciado a gestão da Square e a sua relação com outras produtoras de jogos electrónicos. Também foi responsável pela introdução de vários aspecto comuns em RPGs e é acreditada pela disseminação de RPGs nos mercados ocidentais. A maior competição da série provém do Dragon Quest, outra franquia da Square Enix.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Jogos[editar | editar código-fonte]

O primeiro jogo da série foi lançado no Japão a 18 de Dezembro de 1987. Os títulos subsequentes foram numerados e possuem uma história independente dos jogos anteriores; assim, os números referem-se mais a volumes do que a sequências. Muitos jogos do Final Fantasy foram adaptados para os mercados da América do Norte, Europa e Austrália para várias consolas, PC, e smartphones. A série conta com 28 jogos,[1] incluindo os jogos da série principal, assim como as sequências directas e as spin-offs. A maioria dos títulos antigos foram refeitos ou relançados para múltiplas plataformas.

Série principal[editar | editar código-fonte]

Timeline of release years
1987 – Final Fantasy
1988 – Final Fantasy II
1989 –
1990 – Final Fantasy III
1991 – Final Fantasy IV
1992 – Final Fantasy V
1993 –
1994 – Final Fantasy VI
1995 –
1996 –
1997 – Final Fantasy VII
1998 –
1999 – Final Fantasy VIII
2000 – Final Fantasy IX
2001 – Final Fantasy X
2002 – Final Fantasy XI
2003 –
2004 –
2005 –
2006 – Final Fantasy XII
2007 –
2008 –
2009 – Final Fantasy XIII
2010 – Final Fantasy XIV

Os três primeiros jogos da série foram editados para a Nintendo Entertainment System (NES). O primeiro Final Fantasy foi lançado no Japão em 1987 e na América do Norte em 1990.[2] [3] O jogo introduziu muitos conceitos patentes dos jogos de interpretação de papéis electrónicos, e desde então tem sido refeito para várias plataformas.[3] Final Fantasy II, lançado em 1988 no Japão, tem sido lançado juntamente com o primeiro jogo em vários relançamentos.[3] [4] [5] O último jogo para a NES, Final Fantasy III, foi lançado no Japão em 1990;[6] entretanto, o jogo não foi lançado fora do Japão até o remake para a Nintendo DS em 2006.[5]

O Super Nintendo Entertainment System (SNES) também recebeu três jogos da série principal, todos relançados para várias plataformas. Final Fantasy IV foi lançado em 1991; na América do Norte, foi lançado como Final Fantasy II.[7] [8] O jogo introduziu o sistema de "Active Time Battle"[9] Final Fantasy V, lançado em 1992 no Japão, foi o primeiro jogo da série a ter uma sequela: uma curta série de anime chamada Final Fantasy: Legend of the Crystals.[3] [10] [11] Final Fantasy VI foi lançado no Japão em 1994, sendo lançado na América do Norte como Final Fantasy III.[12]

A PlayStation também teve três jogos da série principal. O jogo de 1997 Final Fantasy VII foi o primeiro jogo da série a apresentar gráficos em 3D; o jogo possuía personagens poligonais em fundos pré-renderizados. Também introduziu uma ambientação mais moderna, estilo que foi seguido no jogo seguinte.[3] Também foi o primeiro da série a ser lançado na Europa. O oitavo jogo foi lançado em 1999, sendo o primeiro a usar consistentemente personagens com proporções realísticas e ter um vocal como música tema.[3] [13] Final Fantasy IX, lançado em 2000, voltou às raízes da série ao apresentar um cenário mais tradicional à série ao invés dos mundos modernos de VII e VIII.[3] [14]

Mais três lançamentos, incluindo um jogo online, ocorreram para a PlayStation 2 (PS2). Em 2001 estreia o Final Fantasy X, inovando com áreas completamente em 3D e dobragem. Foi o primeiro a ter uma sequela directa em jogo, Final Fantasy X-2.[15] [16] Final Fantasy XI foi lançado para a PS2 e PC em 2002, seguindo-se para a Xbox 360 em 2006.[17] [18] Como o primeiro massively multiplayer online role-playing game (MMORPG) da série, introduziu as batalhas em tempo real substituindo os encontros aleatórios.[18] Final Fantasy XII, publicado em 2006, também substituiu as batalhas aleatórias pelas em tempo real em vastos campos interconectados.[19] [20]

Em 2009 a série chega à PlayStation 3 (PS3) no Japão com o Final Fantasy XIII, e no ano seguinte à América do Norte e Europa.[21] Este título é a cabeça-de-proa da colecção Fabula Nova Crystallis. Final Fantasy XIV, o segundo MMORPG da série, foi lançado mundialmente para o Windows em 2010, com uma versão para a PlayStation 3 prevista para o segundo trimestre de 2013.[22]

Sequências e spin-offs[editar | editar código-fonte]

Outras mídias[editar | editar código-fonte]

Elementos em comum[editar | editar código-fonte]

Apesar da maioria dos episódios serem independentes uns dos outros, há muitos elementos que surgem frequentemente ao longo da série. Por exemplo, o nome de armas como Excalibur e Masamune, derivados da lenda arturiana e do ferreiro japonês Masamune respectivamente, aparecem em quase todos os jogo, assim como os feitiços Holy, Meteor e Ultima. Começando com o Final Fantasy IV, a série principal adoptou o seu logo actual, em que exibe a mesma fonte tipográfica e um emblema desenhado por Yoshitaka Amano. O emblema está sempre relacionado com o enredo, e normalmente representa ou uma personagem ou um objecto da história.


Referências

  1. Lee, Garnett (2007-03-08). GDC 2007: The Long Development of Final Fantasy XII. 1UP.com. Página visitada em 2007-09-28.
  2. Final Fantasy - Release Summary. GameSpot. Página visitada em 2007-10-03.
  3. a b c d e f g Vestal, Andrew. The Main Final Fantasies. The History of Final Fantasy. GameSpot. Página visitada em 2009-03-30.
  4. Final Fantasy II - Release Summary. GameSpot. Página visitada em 2007-10-03.
  5. a b Final Fantasy Retrospective Part II. GameTrailers (2007-07-23). Página visitada em 2009-03-31.
  6. Final Fantasy III - Release Summary. GameSpot. Página visitada em 2007-10-03.
  7. Final Fantasy II (SNES) - Release Summary. GameSpot. Página visitada em 2007-10-03.
  8. In: Square Co. Final Fantasy II instruction manual. [S.l.]: Square Co, 1991. p. 74. SFS-F4-USA-1
  9. IGN Staff (2001-06-18). Final Fantasy Chronicles. IGN. Página visitada em 2007-11-16.
  10. Final Fantasy V - Release Summary. GameSpot. Página visitada em 2007-10-03.
  11. Isler, Ramsey (2007-12-17). Gaming to Anime: Final Fantasy VI. IGN. Página visitada em 2009-04-06.
  12. Final Fantasy III (SNES) - Release Summary. GameSpot. Página visitada em 2007-10-03.
  13. Final Fantasy VIII - Release Summary. GameSpot. Página visitada em 2007-10-03.
  14. Final Fantasy IX - Release Summary. GameSpot. Página visitada em 2007-10-03.
  15. Final Fantasy X - Release Summary. GameSpot. Página visitada em 2007-10-03.
  16. Final Fantasy Retrospective Part VII. GameTrailers (2007-08-28). Página visitada em 2009-04-06.
  17. Final Fantasy XI - Release Summary. GameSpot. Página visitada em 2007-10-03.
  18. a b Final Fantasy Retrospective Part VIII. GameTrailers (2007-09-04). Página visitada em 2009-04-07.
  19. Final Fantasy XII - Release Summary. GameSpot. Página visitada em 2007-10-03.
  20. Kolan, Patrick (2007-01-18). The Evolution of Final Fantasy. IGN. Página visitada em 2007-11-03.
  21. Final Fantasy XIII - PS3. Eurogamer.pt. Página visitada em 6 de Abril de 2012.
  22. Loureiro, Jorge (14 Outubro de 2011). Final Fantasy XIV PS3 está vivo. Eurogamer.pt. Página visitada em 6 de Abril de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikiquote Categoria no Wikiquote
Commons Categoria no Commons