Torre dos Ventos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A torre dos ventos

Torre dos Ventos , também chamada de Horologion of Andronikos, é uma torre de mármore de planta octogonal, existente na ágora de Atenas. Foi provavelmente construída por Andronicus de Ciros por volta do ano 50 a.C..[1]

Com doze metros de altura por oito de diâmetro, era coberta antigamente por um cata-vento com o desenho de um Tritão, que indicava a direção do vento. No friso, relevos representavam as oito divindades gregas para o vento, segundo sua direção: Bóreas (N), Kaikias (NE), Eurus (E), Apeliotes (SE), Noto (S), Lips (SO), Zéfiro (O) e Siroco (NO). No interior da torre havia ainda um relógio de água (clepsidra), movido pela água que vinha da acrópole.[2] [3]

Nos primeiros tempos do cristianismo, a torre foi usada como campanário de uma igreja bizantina anexa, destruída por um incêndio. A torre dos ventos estava semi-enterrada e chamuscada quando foi escavada e restaurada por arqueólogos no século XIX.[4]

Referências

  1. Amir D. Aczel. Bússola: A invenção que mudou o mundo. [S.l.]: Zahar, 2001. 38 pp. ISBN 978-85-7110-687-1 GB
  2. Vicri Leon. Meu Chefe E Um Senhor de Escravos. [S.l.]: Globo, 2007. 222 pp. ISBN 978-85-250-4296-5 GB
  3. Janina K. Darling. Architecture of Greece. [S.l.]: GreenWood Press, 2004. 216 pp. ISBN o-313-32152-3 GB
  4. Mogens Herman Hansen. Sources for the Ancient Greek City-State. [S.l.]: Royal Danish Academy, 1985. 207 pp. ISBN 87-7304-267-6 GB

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Torre dos Ventos