Antiquário

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde outubro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Antiquário Renné Behar, nos Jardins, em São Paulo, Brasil.

Antiquário é um aficionado ou estudante de antiguidades ou coisas do passado ou uma loja que vende artigos antigos, como por exemplo livros raros, obras de arte, móveis, entre outras coisas. Este tipo de lojas é muito procurado por pesquisadores e colecionadores. Também é assim que se denomina a pessoa que trabalha com coleções de objetos antigos ou de uma determinada época ou de grupos de artistas ou fabricantes.

Na França a atividade profissional tem como organização um sindicato nacional. Na Inglaterra existem várias sociedades que organizam feiras e outros eventos como leilões de antiguidades e objetos de arte. No Brasil existe a Associação Brasileira de Antiquários, fundada em 1970 e em Portugal existe a Associação Portuguesa dos Antiquários, fundada em 1990. A maior organização internacional de antiquários e negociantes de obras de arte é a Confederação Internacional dos Negociantes de Obras de Arte - CINOA na qual a entidade lusitana faz parte e a brasileira não.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre uma profissão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.