Ben-hur Luttembarck Batalha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde agosto de 2014). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Ben-hur Luttembarck Batalha
Nascimento 26 de julho de 1943
Caratinga
Morte 2 de maio de 2000 (56 anos)
São Paulo
Cidadania Brasil
Ocupação servidor público

Ben-Hur Luttembarck Batalha (Caratinga, 26 de julho de 1943[1]São Paulo, 2 de maio de 2000) foi um engenheiro, sanitarista e ambientalista brasileiro.

Foi secretário do Meio Ambiente do Brasil no governo José Sarney, de 1988 a 1989.

Filho de Noêmia Luttembarck Batalha e Francisco Batalha.

Publicações[editar | editar código-fonte]

  • Batalha, Ben-hur Luttembarck (Org). Curso de Controle da Poluição na Mineração: Alguns Aspectos. Brasília : Departamento Nacional de Produção Mineral, 1986.
  • Batalha, Ben-hur Luttembarck. Glossário de engenharia ambiental. 3ª ed. Rio de Janeiro : Ministério das Minas e Energia, 1987.
  • Batalha, Ben-hur Luttembarck. Fossa séptica. São Paulo : Cetesb, 1989.
  • Batalha, Ben-hur Luttenbarck. Água, saúde e desinfecção. São Paulo: CETESB, 1994.
  • Batalha, Ben-hur Luttembarck e Hanan, Samuel Assayag. Amazônia: Contradições no Paraíso Ecológico. Manaus : Cultura, 1995.
  • Batalha, Ben-hur Luttembarck. Controle da qualidade da água para consumo humano: bases conceituais e operacionais. São Paulo : CETESB, 1998.

Referências

Precedido por
Prisco Viana
Secretário do Meio Ambiente da Presidência da República do Brasil
1988 — 1989
Sucedido por
José Lutzenberger
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.