Biblioteca Carlos Benjamin de Lyra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Biblioteca Carlos Benjamin de Lyra
Tipo biblioteca, biblioteca acadêmica, biblioteca universitária
Inauguração 1970 (50 anos)
Parte de Instituto de Matemática e Estatística da Universidade de São Paulo, Universidade de São Paulo
Acervo 231 162
Geografia
Coordenadas 23° 33' 33.228" S 46° 43' 52.612" O
Localização São Paulo
País Brasil
Website oficial

A Biblioteca Carlos Benjamin de Lyra, é a Biblioteca do Instituto de Matemática e Estatística da Universidade de São Paulo (IME). Sua inauguração ocorreu no ano de 1970[1] . A biblioteca do IME-USP é uma das 48 bibliotecas universitárias que compõe o Sistema Integrado de Bibliotecas da Universidade de São Paulo, atualmente chamado de Agência USP de Gestão da Informação Acadêmica (AGUIA)[2].

Além do amplo número de obras que tratam os diferentes ramos da matemática, a Biblioteca conta com um acervo especializado em matemática aplicada, estatística, ciência da computação e ensino da matemática. Com aproximadamente 230.300 itens, seu acervo é composto por livros, teses e dissertações, fascículos de periódicos, relatórios técnicos, CDs e DVDs. A Biblioteca do IME presta seus serviços à comunidade USP, e em particular aos alunos, docentes e funcionários do IME-USP. É aberta ao público em geral para consultas ao acervo e uso de seus espaços para estudos.[3]

Serviços oferecidos[editar | editar código-fonte]

Entre os principais serviços oferecidos para os inscritos na Biblioteca, destacam-se:[3]

  • empréstimo domiciliar, renovações e reservas online;
  • localização de artigos em bases de dados, repositórios e bibliotecas digitais;
  • obtenção de cópias de materiais em outras bibliotecas do Brasil (Comut);
  • empréstimo entre bibliotecas EEB (USP Interior, UNESP, UNICAMP e outras bibliotecas conveniadas);
  • orientação para trabalhos acadêmicos, referências e citações;
  • elaboração de ficha catalográfica;
  • treinamentos para uso dos recursos informacionais (bases de dados, revistas eletrônicas, e-books);
  • promoção de visitas guiadas e workshops;
  • registro de toda a produção científica IME-USP.[4]
Piso inferior - Biblioteca do IME-USP.jpg


Consultas ao acervo[editar | editar código-fonte]

Para consultar o acervo físico da Biblioteca do IME e das demais Bibliotecas da USP é necessário acessar o catálogo online DEDALUS e o Portal de Busca Integrada USP.

Apoio ao Pesquisador[editar | editar código-fonte]

A Biblioteca oferece atendimento personalizado para o pesquisador do IME auxiliando-o na busca por artigos de periódicos, levantamentos bibliográficos, criação de identificadores digitais de autor, entre outros, por meio do serviço de referência ao usuário realizado por bibliotecários.[5]

A AGUIA, antigo SIBi – Sistema Integrado de Bibliotecas da Universidade de São Paulo, possui uma área em seu portal destinada a apoiar as atividades dos pesquisadores, onde traz informações sobre escrita científica, bases de dados, identificação do pesquisador, agências e oportunidades de financiamento, prevenção do plágio, gerenciadores de referências, entre outros. Para saber mais consulte a página do SIBiUSP.[6]

Referências

  1. Universidade de São Paulo. Instituto de Matemática e Estatística (1988). Biblioteca Carlos Benjamin de Lyra. São Paulo: USP/IME. 
  2. Cruz, Adriana (9 de outubro de 2019). «USP cria agência para fazer a gestão da informação acadêmica». Jornal da USP. Consultado em 18 de maio de 2020 
  3. a b «Biblioteca - Instituto de Matemática e Estatística». www.ime.usp.br. Consultado em 15 de agosto de 2018 
  4. IME-USP (13 de setembro de 2019). «Regulamento da Biblioteca - Portaria IME 1802 de 13-09-2019» (PDF). www.imprensaoficial.com.br. Diário Oficial do Estado de São Paulo. Consultado em 18 de maio de 2020 
  5. «Apoio ao Pesquisador». Biblioteca do IME-USP. Consultado em 18 de maio de 2020 
  6. «Apoio ao Pesquisador - SIBiUSP - Sistema Integrado de Bibliotecas da Universidade de São Paulo.». SIBiUSP - Sistema Integrado de Bibliotecas da Universidade de São Paulo. Consultado em 15 de agosto de 2018 

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]