Universidade de São Paulo em Ribeirão Preto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
A entrada do campus da USP em Ribeirão Preto.

Na Universidade de São Paulo em Ribeirão Preto são oferecidos 24 cursos, totalizando 1 300 vagas oferecidas anualmente.[1] O campus também conta a estrutura desejada para seu pleno funcionamento, como, por exemplo, uma coordenadoria,[2] centrais de tratamento odontológico, bibliotecas e o Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto - esse último vinculado à Faculdade de Medicina.

História[editar | editar código-fonte]

O campus da USP em Ribeirão Preto teve origem na década de 1940, o governo desapropriou a fazenda onde fica o campus para "fins educacionais". Assim como aconteceu no campus da USP em Pirassununga, o interventor Fernando Costa criou em Ribeirão Preto uma Escola Prática de Agricultura. Em janeiro de 1942 foi lançada a pedra fundamental da escola, dando início à construção dos prédios, como o Prédio Central da Faculdade de Medicina. Desativada no final dos anos 1940, a escola acabou ocupada pela Faculdade de Medicina, que foi criada em 1948 e começou a funcionar em 1952.[3]

Faculdades e unidades[editar | editar código-fonte]

Entidades e Organizações Estudantis[editar | editar código-fonte]

O Campus de Ribeirão Preto apresenta uma forte presença de entidades estudantis, exclusivas ou não a faculdades e cursos específicos. Em relação ás organizações que permitem a presença de qualquer estudante do campus, temos:

  • Gaming Club
  • iTeam USP-RP
  • Insertus Business Club
  • Enactus
  • Núcleo de Empreendedores
  • Nexos Gestão Pública
  • Centro de Voluntariado Universitário
  • Liga de Estudos de Gênero e Sexualidade
  • Coletivo Negro
  • Neuron DSAI
  • Projeto Extensão Solidária
  • Fire Flyers Cheerleading

Neuron DSAI[editar | editar código-fonte]

A Neuron - Data Science and Artificial Intelligence ou Neuron DSAI é uma entidade criada por estudantes da USP Ribeirão Preto no início do ano de 2018[4], e tem seu nome em homenagem aos neurônios artificiais utilizados na ciência de dados.

Com o objetivo de transformar o Brasil em um país competitivo e capaz de atuar nas áreas de Ciências de Dados e Inteligência Artificial, suas atividades vão desde treinamentos em programação, Machine Learning, Data Science, Análise de Dados até serviços de consultoria com a formulação e aplicação de modelos preditivos para aprimoramento nas tomadas de decisão.

O grupo conta com pessoas de diferentes áreas/interesses como membros voluntários, dentro e fora da Universidade de São Paulo, permitindo uma grande troca experiências, e frequentemente desenvolve eventos em parceria com organizações do campus, como Data Science AGRO[5] e o Papo DEV.

Data Girls[editar | editar código-fonte]

A extensão do grupo Neuron, criada em 2019[6], é uma organização para empoderamento de mulheres na área de Data Science e Inteligência Artificial, fortalecendo uma comunidade ativa a partir de mulheres voluntárias de todo o país.

Referências

  1. Universidade de São Paulo - Campus Ribeirão Preto. «USP Riberão Preto». Consultado em 20 de março de 2011 
  2. Coordenadoria do Campus de Ribeirão Preto. «CCRP On-line». Consultado em 20 de março de 2011 
  3. USP (ed.). «Campus». Consultado em 2 de novembro de 2017 
  4. «Neuron - Data Science and Artificial Intelligence». www.fearp.usp.br. Consultado em 18 de abril de 2021 
  5. «Data Science Agro II». www.facebook.com. Consultado em 18 de abril de 2021 
  6. «Sobre - Data Girls, Linkedin». Consultado em 18 de abril de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Universidade de São Paulo em Ribeirão Preto