Instituto de Química da Universidade de São Paulo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cidade Universitária. Do lado esquerdo, em destaque, o Instituto de Química
Instituto de Química

O Instituto de Química da Universidade de São Paulo ou (IQ-USP) é uma instituição pública de ensino superior localizada na cidade de São Paulo. Ainda que só tenha sido oficializado na reforma universitária de 1970, mais precisamente em 27 de fevereiro[1], desde 1966 já conta com prédio e professores próprios. Desde então é composto por dois departamentos: o de Química Fundamental e o de Bioquímica.

História[editar | editar código-fonte]

Até a década de 1970, a Química e a Bioquímica existiam como disciplinas espalhadas em várias Faculdades e Escolas. Entre elas, destacavam-se o Departamento de Química da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras e a Escola Politécnica.

Já no que diz respeito à Bioquímica, nas faculdades em que seus cursos eram ministrados, havia um Departamento ou Cátedra dedicado a essa área do conhecimento.

Foi apenas em 1970, com a reforma universitária, que foi fundado o Instituto de Química da USP. Junto com ele constituiram dois departamentos: o de Química Fundamental e o de Bioquímica. Estes ganharam força com a adesão de docentes que até então estavam dispersos nos antigos locais onde se lecionavam Química e Bioquímica na Universidade.

Desde 2010, o cargo de direção do IQ-USP é ocupado por Fernando Rei Ornellas e a vice-direção é ocupada por Maria Júlia Manso Alves.[2]

Cursos de graduação[editar | editar código-fonte]

O ingresso nos cursos de graduação do IQ-USP ocorre pelo exame vestibular aplicado pela FUVEST. Nesse momento, o aluno pode optar pelos seguintes cursos:

  • Bacharelado em Química e Licenciatura (período integral, 60 vagas, 8 semestres de duração);
  • Bacharelado em Química Ambiental (período noturno, 30 vagas, 9 semestres de duração);
  • Licenciatura em Química (período noturno, 30 vagas, 9 semestres de duração).

Após o término dos quatro primeiros semestres, caso seja feita opção pelo Bacharelado em Química e Licenciatura, o aluno pode escolher a estrutura curricular de sua preferência. São oferecidas as seguintes possibilidades:

  • Bacharelado;
  • Bacharelado com atribuições tecnológicas;
  • Bacharelado com atribuições biotecnológicas;
  • Licenciatura;
  • Bacharelado com ênfase em bioquímica e biologia molecular.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Paschoal Senise, Origem do Instituto de Química da USP, São Paulo: Instituto de Química da USP, 2006, págs. A13 a A16
  2. Sobre o Instituto de Química

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre educação ou sobre um educador é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.